Beatriz Segall domina Conversando com Mamãe

Por Miguel Arcanjo Prado

Beatriz Segall é uma atriz de personalidade tão forte quanto o tamanho de seu talento.

E isso fica mais do que evidente no espetáculo Conversando com Mamãe, em cartaz no Teatro Renaissance, em São Paulo.

Contracenando com Herson Capri, ela domina a cena em absoluto.

Ele apenas é uma escada para ela brilhar.

O texto é uma adaptação do espanhol Jordí Galcerán para o roteiro do filme argentino homônimo, dirigido por Santiago Carlos Oves em 200.

O texto, dirigido por Susana Garcia (que é mulher de Capri), conta a história de um difícil encontro entre uma mãe e um filho já maduro, no que termina sendo uma comovente lição de amor materno.

A direção prioriza o trabalho de Segall, como uma grande homenagem à atriz de 85 anos.

Capri apenas deixa a estrela brilhar.

O que faz muito bem. Afinal de contas, Beatriz Segall é diva. E ponto.

Conversando com Mamãe
Avaliação: muito bom
Quando: sexta e sábado, 21h30; domingo, 19h. Até 15/4/2012
Onde: Teatro Renaissance (al. Santos, 2233, Cerqueira César, São Paulo, tel. 0/xx/11 3069-2286)
Quanto: R$ 70 (sexta) e R$ 80 (sábado e domingo)
Classificação: 12 anos

Leia também:

Silvio Santos quer ir escondido ver o neto Tiago Abravanel interpretando Tim Maia

A História de Nós 2 faz plateia rir e se identificar com casamento fracassado

Carol Puntel é a nova princesinha dos musicais

Com sete horas de duração, espetáculo O Idiota propõe experiência (quase) sem fim

Você pode gostar...

2 Resultados

  1. Giovana de Sá disse:

    Adorei esse blog…parabéns R7!

  2. hadassa disse:

    Não sei, porque mais gosto desse ator Herson Capri,acho ele tem uma masculinidade dominante olha tem idade para ser meu pai não gosto de homem mais velho ele sei lá mexe comigo kkkkk. Beijos Miguel!!!!!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *