Festival de Curitiba abre no Dia Mundial do Teatro

Espanhóis contam vida de Picasso em Los Pájaros Muertos, que abre o Festival de Curitiba - Divulgação

Não teria data melhor para ser dado o pontapé no maior festival teatral do Brasil. Começa nesta terça-feira (27), Dia Mundial do Teatro, a 21ª edição do Festival de Curitiba.

A grande festa de abertura está marcada para começar às 20h, no largo da Ordem, no centro histórico curitibano.

O espetáculo de rua espanhol Los Pájaros Muertos dará início ao evento, com a vida e obra do gênio espanhol Pablo Picasso. A peça será reapresentada, no mesmo horário, também nesta quarta (28).

Até o dia 8 de abril, serão mostrados cerca de 400 espetáculos. Serão 29 peças na mostra principal e 365 na mostra paralela Fringe, das quais 59 peças terão entrada gratuita. Uma média de 30 peças por dia.

Isso sem contar nos espetáculos de humor do Risorama e a programação dedicada às crianças, o Guritiba. Oito espetáculos nacionais e três internacionais fazem suas estreias no País.

O Festival de Curitiba quer reunir 200 mil pessoas em 13 dias de evento, como contou em entrevista ao blog o diretor do evento, Leandro Knopfholz.

Leandro Knopfholz, diretor do Festival de Curitiba, em dois momentos: à esquerda, ao lado da coordenadora executiva do evento, Ana Hupfer; à dir., no discurso de abertura - Fotos: Daniel Sorrentino/Clix

Veja, abaixo, as peças da Mostra Principal do Festival de Curitiba:

Wii Previsto e Nos Outros, de Lara Pinheiro;
Judy Garland – O Fim do Arco-Íris, de Möeller & Botelho;
Hécuba, de Gabriel Vilela;
Gargólios, de Gerald Thomas;
Namíbia, Não!, de Lázaro Ramos;
Nem Um Dia Se Passa Sem Notícias Suas, de Gilberto Gawronski;
Palácio do Fim, de José Wilker;
O Libertino, de Jô Soares;
Júlia, de Christyane Jatahy;
Deus é um Dj, de Marcelo Rubens Paiva
Obituário Ideal, de Thiare Maia e Rodrigo Nogueira;
Luis Antônio – Gabriela, de Nelson Baskerville;
Equus, de Alexandre Reineke;
Essa Febre Que Não Passa, de André Brasileiro e Marcondes Lima;
Fausto ComPacto, de Marcos Azevedo;
Rosa, de Ana Paz;
Estamira Beira Mundo; de Beatriz Sayad;
Aquilo Que Meu Olhar Guardou Para Você, do Grupo Magiluth e Luiz Fernando Marques;
O Idiota, de Cibele Forjaz;
O Jardim, de Leonardo Moreira;
O Casamento, de Os Fodidos Privilegiados;
Escravas do Amor, de Os Fodidos Privilegiados;
Eclipse, do Grupo Galpão;
Licht + Licht, de Caetano Vilela;
• A Peça do Casamento, de Pedro Brício;
• De Verdade, de Márcio Abreu;
• Ah, A Humanidade! e Outras Exclamações, da Pausa Companhia;
• Caravana – Memórias de Picadeiro, do Circo Roda

Você pode gostar...

3 Resultados

  1. Sofia disse:

    Acho que o Festival de Curitiba deveria abrir mais espacos para pecas iniciantes e nao dar apoio só para pecas de globais!

  1. Março 28, 2012

    […] Festival de Curitiba abre no Dia Mundial do Teatro […]

  2. Março 28, 2012

    […] Festival de Curitiba começa no Dia Mundial de Teatro Espalhe por aí: […]

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *