Livro registra teatro alternativo de SP dos anos 70

Nos embalos dos anos 70 - o ator Tito dá aquela mordida gostosa na colega Aizita Nascimento; a bela imagem faz parte do livro de fotos de Madalena Schwartz lançado pelo IMS/Divulgação

Como diz o amigo do blog Manoel Carlos, o teatro costuma ser o “primo pobre” no mundo das artes. Por isso, qualquer registro que se faça sobre ele é sempre digno de aplausos.

O Instituto Moreira Salles lançou nesta segunda (21), na Livraria Cultura do Conjunto Nacional, em São Paulo, o livro Crisálidas.

A obra traz cem fotografias de Madalena Schwartz (1921-1993), que registrou a cena alternativa de seu tempo.

A maioria das fotos são da década de 1970, quando a arte underground passou a ser forma de resistir em pleno ápice da repressão da ditadura militar.

Destaques para as imagens que representavam a libertação sexual tão em voga, como os registros da banda Secos & Molhados e do grupo teatral Dzi Croquettes, que revolucionou a maneira de se fazer um espetáculo.

Madalena nasceu em Budapeste, a cidade às margens do azul Danúbio, na Hungria. Ainda na infância, após a morte da mãe, foi viver com o pai na Argentina. Aos 39 anos, mudou-se com o marido e dois filhos para o centro de São Paulo. Apaixonou-se tanto pela cidade que ficou por aqui até sua morte.

Paulo Bacellar (Paulette) e Carlinhos, do grupo Dzi Croquettes - Foto: Madalena Schwartaz/IMS

Veja o vídeo sobre o filme do grupo Dzi Croquettes:

[r7video http://entretenimento.r7.com/videos/dzi-croquettes/idmedia/6072d269e15635705ec4e407ff92dfda.html]

O Retrato do Bob

Por trás do pano – Rapidinhas teatrais

Descubra agora os segredos de toda miss

Você pode gostar...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *