Vera Holtz conduz atriz em reencontro com o pai

Sara Antunes coloca recortes de sua memória afetiva em Sonhos para Vestir

Por Miguel Arcanjo Prado

No ar na TV em Avenida Brasil, como Lucinda, Vera Holtz não tira os pés do teatro.

A atriz dirige o espetáculo solo Sonhos para Vestir, com texto e interpretação de Sara Antunes.

A atriz e dramaturga é formada em filosofia e pela Escola de Arte Dramática da USP (Universidade de São Paulo).

A obra volta ao cartaz no Rio no Parque das Ruínas, em Santa Teresa, a partir do próximo dia 14, a preço popular, com ingresso a R$ 5.

A peça é uma verdadeira união artística, já que, além da proposta de cenário em forma de instalação assinado por Analu Prestes, traz música ao vivo, composta e executada pelo pianista Daniel Valentini.

Analu tem relação íntima com a obra, já que Sara se inspirou ao ver a exposição Memórias para se Vestir da amiga. Ela criou uma ambientação que transforma as paredes de tecido leve e transparente em lugar de memórias.

A montagem participou do Festival de Curitiba de 2011, quando chamou a atenção da imprensa especializada. O texto parte da relação afetiva da atriz com seu pai, morto há cinco anos, com quem trocava cartas com frequência, apesar de habitarem a mesma casa.

Pensamentos filosóficos e poéticos dão o tom dos escritos.

Com participação do público, o espetáculo tem um roteiro que é construído a cada apresentação. A luz é assinada por Paulo Cesar Medeiros, e o figurino, por Kabila Aruanda.

Sara sempre esteve envolvida com o teatro de pesquisa. Foi fundadora do Grupo Tablado de Arruar e também do Grupo XIX de Teatro, em São Paulo. Agora, sozinha no palco, divide com a plateia parte dos sonhos de seu passado.

Sonhos para Vestir
Quando: Sábado e domingo, às 19h. Até 5/8/2012
Onde: Parque das Ruínas (r. Murtinho Nobre, 169, Santa Teresa, Rio, tel. 0/xx/21 2224-3922)
Quanto: R$ 5
Classificação: 12 anos

Nando Viana mostra stand-up gaúcho em São Paulo

Saiba quem já concorre ao Prêmio Shell no Rio e SP

Em mês olímpico, atores correm 42 km no palco

Surdos ganham linguagem de sinais nos teatros

Véspera tem filosofia de botequim em meio ao caos

Descubra agora o segredo de cada miss

Viva Zélia Gattai!

O Retrato do Bob: o charme de Giordano Castro

Conheça a musa e o muso do teatro de junho

Coluna do Miguel Arcanjo nº 182: A cartinha da Zizi

Veja dicas da Agenda Cultural do Record News SP e programe o seu fim de semana

Por trás do pano – Rapidinhas teatrais

Você pode gostar...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *