Peça desvenda o homem Kurt Cobain

Vida do homem Kurt Cobain é tema de monólogo no centro paulistano - Foto: Zé Carlos Barreta/Divulgação

Por Miguel Arcanjo Prado

O suicídio de Kurt Cobain, aos 27 anos, em 1994, o transformou em mito do rock contemporâneo. Contudo, além de sua música, feita com a banda Nirvana, o homem Kurt ainda é algo envolto em mistério.

E é exatamente buscar quem foi este Kurt, de personalidade frágil e sensível, o que pretende o espetáculo Aberdeen – Um Possível Kurt Cobain, em cartaz na Galeria Olido, que fica ao lado da Galeria do Rock, no centro paulistano.

O texto é assinado pelo renomado dramaturgo Sergio Roveri, que escolheu o formato monólogo, interpretado pelo ator Nicolas Trevijano, idealizador do projeto. Tudo surgiu quando o ator viu um filme sobre o cantor.

— Senti que havia chegado a hora de fazer meu primeiro monólogo. A figura do Kurt sempre me atraiu. E creio que as angústias, dúvidas e inquietações que ele tinha tornam o cantor próximo a cada um de nós.

Para isso, o texto de Sergio Roveri pretende ir além da camisa de flanela xadrez que virou marca registrada do cantor nascido em Aberdeen, na costa oeste norte-americana.

Roveri conta que o espetáculo marca a estreia na direção do ator José Roberto Jardim, da Cia. Os Fofos Encenam. Jardim conta que a proximidade com Trevijano é antiga.

— Conheço o Nicolas desde a infância, mas acabamos trabalhando juntos apenas uma vez. No ano passado, ele me chamou para fazer a peça, que acabou virando uma ação entre amigos, para mostrar o homem e não o mito Kurt Cobain.

Roveri revela que a montagem não tem vontade de ser uma biografia nem um musical.

—Procuramos, por meio da liberdade que a ficção oferece, viajar pela mente do músico. Imaginamos o que ele poderia ter dito diante de determinadas situações. Nosso Kurt é, ao mesmo tempo, particular e múltiplo.

Aberdeen – Um Possível Kurt Cobain
Quando: Sábado, às 21h, e domingo, às 20h. Até 29/7/2012
Onde: Galeria Olido (av. São João, 473, São Paulo, tel.: 0/xx/11 3331-8399)
Quanto: Grátis (são distribuídos 50 ingressos antes de cada sessão)
Classificação: 14 anos

Satyros’ Satyricon faz túnel sexual no submundo

Sérgio Ricardo assina musical do Nós do Morro

SP Escola de Teatro apresenta novidades no palco

O Canto de Gregório coloca o homem em xeque

Por trás do pano – Rapidinhas teatrais

Malu Mader aplaude amiga Maria Luisa Mendonça

Nando Viana mostra stand-up gaúcho em São Paulo

Saiba quem já concorre ao Prêmio Shell no Rio e SP

Em mês olímpico, atores correm 42 km no palco

Surdos ganham linguagem de sinais nos teatros

Véspera tem filosofia de botequim em meio ao caos

Descubra agora o segredo de cada miss

Viva Zélia Gattai!

O Retrato do Bob: o charme de Giordano Castro

Conheça a musa e o muso do teatro de junho

Você pode gostar...

1 Resultado

  1. Angela disse:

    Parecer ser muito interessante essa peça .

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *