Com mulher da roça assanhada pelo vizinho, Facas nas Galinhas mostra revolução do conhecimento

Facas nas Galinhas mostra triângulo amoroso no mundo rural - Foto: João Caldas/Divulgação

Por Miguel Arcanjo Prado

A horta do vizinho é sempre melhor que a nossa. Além disso, tal qual aconteceu com Adão e Eva no Paraíso, o conhecimento traz consigo forte dose de revolução e, às vezes, desastre. Todas estas ideias estão no espetáculo Facas nas Galinhas, da Cia. Barracão Cultural.

A peça encerra temporada no próximo domingo (28), no Espaço Elevador, na Bela Vista, em São Paulo.

O celebrado texto do escocês David Horrower conta a história de um casal de agricultores (Eloisa Elena e Cláudio Queiroz) que é perturbado pela lábia do moleiro (Thiago Andreuccetti) vizinho da vila, responsável pela trituração dos grãos colhidos pelos moradores e único leitor voraz naquele fim de mundo de gente ignorante.

No jogo de palavras propostas pelo moleiro-serpente, a mulher-Eva é seduzida pelo conhecimento e influenciada por este. Num perigoso jogo, ela redescobre, a cada contato, uma nova forma de enxergar a situação em que está, já que o moleiro está bem além da da possibilidade intelectual do marido-Adão, um verdadeiro brutamontes.

O diretor Francisco Medeiros encontrou uma forma carregada de poesia para contar a história do triângulo.

Para tanto, contou com a colaboração do cenógrafo Marco Lima, também responsável pelos figurinos, que criou um cenário artesanal de madeira, em forma de círculo, que transporta o espectador para o mundo rústico e rural, onde as ideias são básicas e tudo é de uma repetição sem fim.

O mesmo faz Marisa Bentivegna ao construir uma luz cheia de personalidade, que vai construindo o clima de tensão e suspense que paira sob a história.

Eloisa transita bem no caminho de sua personagem, ao atravessar o abismo que separa ignorância do saber. Mas quem se destaca no elenco é Andreuccetti, com uma construção dúbia do personagem detonador do conflito entre o casal, o temido moleiro.

Facas nas Galinhas é um espetáculo que deixa no ar a ideia de que a busca pelo saber pode ser positiva ou negativa. Tudo depende do ponto de vista. Porque uma coisa é fato: o conhecimento traz consequências irreversíveis.

Facas nas Galinhas
Avaliação: Bom
Quando: Sábado, 21h; domingo, 19h. 80 min. Até 28/10/2012
Onde: Espaço Elevador (r. Treze de Maio, 222, Bela Vista, São Paulo, tel. 0/xx/11 3477-7732)
Quanto: R$ 10 (preço único para todos)
Classificação: 12 anos

Leia também:

Fique por dentro do que rola no mundo teatral

Descubra tudo o que as misses aprontam

Você pode gostar...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *