Teatro de Bonecos para adultos mostra o drama de um religioso que duvida da própria fé

Grupo Sobrevento monta peça de poeta e filósofo Miguel Unamuno (Foto: Divulgação)

Por Bruna Ferreira, do R7

Mesmo com a missão de fortalecer a fé das pessoas, Dom Manuel é um padre que passa a questionar a existência de Deus e a vida após a morte.

Seu drama começa quando ele está prestes a ser beatificado. Ao seu lado estão Ângela, uma mulher que admira Dom Manuel, e Lázaro, irmão dela, que só deseja ir embora da pequena cidade onde, em suas palavras, “as mulheres mandam nos homens e os padres mandam nas mulheres”.

A peça São Manuel Bueno, Mártir foi escrita em 1930 pelo poeta e filósofo Miguel Unamuno (1864-1936), conhecido pelos ataques que fazia à monarquia espanhola e a fé, que não o deixava perder o senso crítico.

O drama dos personagens é encenado pelo teatro de bonecos para adultos do Grupo Sobrevento, que tem a missão de usar uma técnica direcionada, erroneamente, apenas ao público infantil, para transmitir uma mensagem que faça o público refletir e aceitar os próprios questionamentos e angústias.

No espetáculo, Maurício Santana, Sandra Vargas e Luiz Cherubini — este último, atuando e dirigindo — dão vida aos bonecos de madeira estáticos que ocupam uma mesa redonda, representando o mundo. Confeccionados pelo escultor Mandy, são 30 bonecos que representam os personagens da trama na pequena cidade

O espetáculo tem entrada franca. É bom reservar lugar antes.

São Manuel Bueno, Mártir
Quando: Quintas e sextas, às 21h; sábados e domingos, às 20h. 1h10 min. Até 31/3/2013.
Onde: Espaço Sobrevento (r. Coronel Albino Bairão, 42, São Paulo, tel. 0/xx/11 4328-3589 e 11 96337-5013)
Quanto: Entrada franca
Classificação etária: 16 anos

Leia também:

Fique por dentro do que os atores fazem nos bastidores

Descubra agora tudo o que as belas misses aprontam

Tudo que você quer ler está em um só lugar. Veja só!

Você pode gostar...

1 Resultado

  1. marcia disse:

    Esse espetáculo não é uma comédia e esse comentário desse jabanael não se aplica ao belíssimo espetáculo do Grupo Sobrevento.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *