Ator decadente resolve contar podres da TV na comédia Biografia Não Autorizada em SP

Marcos Oliveira e Tiago Robert protagonizam peça Biografia Não Autorizada, de Daniel Torrieri Baldi e Maristela Bueno, em SP – Foto: Francisco Júnior

Por Miguel Arcanjo Prado

A profissão de ator costuma ser recheada de altos e baixos. Um dia a mesma estrela de tempos de outrora pode se tornar um artista desconhecido do novo público, sobretudo em um país sem memória como é o Brasil.

O espetáculo Biografia Não Autorizada propõe exatamente esta discussão, claro que calcado em muito humor. A peça estreia em São Paulo nesta sexta-feira (1º), no Teatro MuBE Nova Cultural.

Marcos Oliveira, o Beiçola de A Grande Família (Globo), vive este ator, Modesto Valadares, que vive em um pequenino apartamento, onde estão entulhados os restos de seu passado glorioso. O personagem desconta no álcool suas frustrações profissionais.

O ator revela que seu personagem é uma representação de casos muito comuns em nosso País.

— Muitos atores passam pelo auge e depois chegam ao fundo do poço. A peça questiona essa instabilidade. É muito fácil você ter reconhecimento e depois não ter mais; é nesse momento que a gente começa a lidar com os nossos sonhos e pesadelos.

Para vingar seu ostracismo, resolve contar todos os podres da TV em um livro biográfico. Mas, vai sofrer um embate com sua consciência, interpretada por Tiago Robert, ator que foi destaque do musical Garota Glamour, de Wolf Maya.

O texto foi escrito a quatro mãos, em uma parceria dos dramaturgos Daniel Torrieri Baldi e Maristela Bueno. A direção é de Jair Assumpção. Para ele, “a peça representa o tragicômico da vida do ponto de vista de um ator que teve os holofotes da televisão ao seu favor e, na velhice, se vê relegado ao terceiro plano”.

— Este texto revela o saber irônico da comédia da vida com sua dor física, moral e emocional. O público vai se identificar com a humanidade da personagem que traz a comédia nas memórias absurdas e a visão cômica do real.

Os figurinos são assinados por Paula Sabbatini. Já o desenho de luz é de Salsicha. Mônica Nassif fez a direção de arte; Fábio Sá, a sonoplastia, e Nara Marques, a assistência de direção.

Biografia Não Autorizada
Quando: Sexta, 21h30; sábado, 21h; domingo, 19h. 70 min. Estreia em 1º/3/2013. Até 5/5/2012.
Onde: Teatro MuBE Nova Cultural (rua Alemanha, 221, Jardim Europa, São Paulo, tel. 0/xx/11 4301-7521)
Quanto: R$ 40 ( sessões beneficentes nos dias 2 e 3/3 (sábado e domingo) e dias 7 e 14/3 (sessões extras, quintas-feiras, 21h) o ingresso será trocado por 1 kg de alimento não perecível)
Classificação etária: Livre

Leia também:

Fique por dentro do que os atores fazem nos bastidores

Descubra agora tudo o que as belas misses aprontam

Tudo que você quer ler está em um só lugar. Veja só!

Você pode gostar...

1 Resultado

  1. Felipe disse:

    Se o texto é do Daniel Torrieri Baldi, certamente deve ser bom. Ele é talentoso e uma pessoa agradável e atenciosa.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *