Crítica: Sublime, atriz coreana JaRam Lee vira a grande estrela do Festival de Curitiba 2013

Aplaudida de pé por mais de cinco minutos: intérprete pontente e cantora ímpar, JaRam Lee é a sensação do Festival de Curitiba 2013 – Foto: Ernesto Vasconcelos/Clix

Por Miguel Arcanjo Prado*
Enviado especial do R7 a Curitiba

O Festival de Curitiba 2013 já tem sua grande estrela. Ela é coreana, se chama JaRam Lee e protagoniza o espetáculo Pansori Brecht UKchuk-ga. Vinda da Coreia do Sul, a obra é a sensação do maior evento teatral brasileiro.

A montagem leva a peça Mãe Coragem, de Brecht, para o gênero teatral coreano pansori, baseado na canção narrativa acompanhada por percussão. Tal composição é o exercício da prática teatral levao ao estilo sublime.

Com talento, domínio técnico e carisma absurdo, JaRam Lee deixa o público em estado de suspensão. Ela é capaz de preencher o enorme Teatro Positivo, com 2.00o lugares. Diante da força da atriz no palco, o espectador entra em transe, em catarse. E a acompanha, atento, pelas duas horas e meia da montagem.

Apesar da mescla de gêneros, a obra reúne todos os elementos do teatro épico de Brecht, para contar a história da comerciante que cria os três filhos em meio à guerra. Guerra esta que lhe dá sustento e vai, aos poucos, tirando seus filhos.

A  integração acontece até de forma inesperada. Até as legendas, necessárias pelo espetáculo ser falado e cantado em coreano, têm um quê de Brecht. Lembram os cartazes que ele fazia em seu teatro, nomeando as cenas ou dando indicações.

Além da potente cantora e atriz que interpreta todos os personagens de Mãe Coragem (e dá composição única de corpo e voz para cada um), o espetáculo tem três sensíveis músicos em companhia da diva: Hyuck Joe Jang, HyangHa Lee e HongSig Kim dialogam o tempo todo com a atriz, respeitando sua respiração com precisão única.

Juntos, integram um grupo coeso de artistas fenomenais, que merecem todos os aplausos de pé que duraram mais de cinco minutos na sessão desta sexta (29).

O Festival de Curitiba tem uma só grande paixão. E ela se chama JaRam Lee.

Pansori Brecht Ukchuk-ga (Coreia do Sul)
Avaliação: Ótimo

Coreana JaRam Lee interpreta todos os personagens de Mãe Coragem – Foto: Ernesto Vasconcelos/Clix

Leia também:

Fique por dentro do que rola no mundo teatral

Descubra tudo o que as misses aprontam

Tudo que você quer ler está em um só lugar. Veja só!

Leia também:

Fique por dentro do que rola no mundo teatral

Descubra tudo o que as misses aprontam

Tudo que você quer ler está em um só lugar. Veja só!

Você pode gostar...

1 Resultado

  1. Felipe disse:

    Diva internacional.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *