Baianos causam furor com amor gay em Curitiba

Inspirado em Jean Genet, o espetáculo baiano chamou a atenção dos curitibanos – Foto: Ernesto Vasconcelos/Clix

Por Miguel Arcanjo Prado
Enviado especial do R7 ao Festival de Curitiba
Fotos de Ernesto Vasconcelos/Clix

Os baianos da Ateliê Voador Companhia de Teatro, com sede em Salvador, causaram furor nos dois últimos dias do Festival de Teatro de Curitiba.

Em tempos de polêmica pelo deputado Marcos Feliciano ocupar a presidência da Comissão de Direitos Humanos da Câmara dos Deputados, eles  apresentaram a peça O Diário de Genet. A obra tem base no dramaturgo francês Jean Genet, que colocou em primeiro plano as relações homossexuais, antes relegadas ao submundo.

O diretor Djalma Thürler não fez por menos e encheu a peça de cenas homoeróticas, protagonizadas pelos atores Duda Woyda e Rafael Medrado, que exibiram o corpo em excelente forma.

Veja as imagens do espetáculo:

O Diário de Genet encerrou mostra oficial do Festival de Curitiba – Fotos: Ernesto Vasconcelos/Clix

*O jornalista Miguel Arcanjo Prado viajou a convite do Festival de Curitiba.

Curta nossa página no Facebook!

Veja a cobertura completa do R7 do Festival de Curitiba

Leia também:

Fique por dentro do que rola no mundo teatral

Descubra tudo o que as misses aprontam

Tudo que você quer ler está em um só lugar. Veja só!

Você pode gostar...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *