Morre ator Paulo de Tharso aos 52 anos em SP

 

O ator e músico Paulo de Tharso morreu aos 52 anos em São Paulo – Foto: Bob Sousa

Por Miguel Arcanjo Prado
Foto de Bob Sousa

Morreu, em São Paulo, nesta terça (14), o ator Paulo de Tharso, aos 52 anos.

O artista foi encontrado, pelo pai, morto em seu apartamento, na avenida São Luís, na região central de São Paulo, apurou o R7.

A família não divulgou a causa da morte.

O artista integrava a Cia. Cemitério de Automóveis, de Mário Bortolotto.

Emocionado, Bortolotto falou ao R7 sobre a perda do amigo e colega de trabalho.

— É uma perda para mim, como amigo, incomensurável. É difícil até falar. E, para o teatro, é uma perda irreparável. O Paulo era um ator brilhante. Antes de ser ator, era músico, era compositor e cantor de rock. Mas vi que ele era um ator nato e o convidei para trabalhar comigo. Tinha um carisma incrível. Era um grande artista.

O ator Sérgio Guizé, protagonista do próximo remake de Saramandaia na Globo, também falou ao R7 sobre o amigo, por telefone, do Projac, os estúdios da Globo, onde grava o folhetim nesta quarta (15).

— Foi um choque saber da morte dele. O Paulo de Tharso era uma das pessoas mais talentosas que eu conheci. Ele não era ator de formação, mas atuava com uma maestria e genialidade. Era um brilho realmente. É uma pena, é muito triste a partida dele, porque ainda tinha muita coisa a nos oferecer.

Guizé contou que, durante uma viagem a Barra do Una, no litoral paulista, ouviu em uma mesa de bar que ele precisava ler o livro de um tal de Paulo de Tharso. Ao que, para surpresa de todos na mesa, revelou que era amigo do autor.

— Ainda bem que tive a oportunidade de contar essa história para ele. Na última vez que estive em São Paulo, antes de ir para o Rio gravar, eu me encontrei com ele. Era sempre um grande presente vê-lo.

O ator Gabriel Pinheiro também lamentou a partida do amigo, a quem definou “artista genial”.

— Infelizmente, poucas tiveram acesso ao trabalho dele. Talvez, agora, as pessoas comecem a entender a dimensão que ele teve como poeta, como cantor, como compositor, como artista. Era um cara genial, que fazia poesia no nível dos grandes poetas.

O corpo de Paulo de Tharso será velado na tarde desta quarta, na sede da Cia. Cemitério de Automóveis, na rua Frei Caneca, 384, na região central de São Paulo.

Depois, o corpo será cremado.

Curta nossa página no Facebook!

Leia também:

Fique por dentro do que rola no mundo teatral

Descubra tudo o que as misses aprontam

Tudo que você quer ler está em um só lugar. Veja só!

Você pode gostar...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *