Por trás do pano – Rapidinhas teatrais

Os atores Marcelo Marcus Fonseca e Taianá Paim em cena da peça Baal – O Mito da Carne: Teatro do Incêndio inaugura sede na Bela Vista, em São Paulo, nesta sexta (7) – Foto: Bob Sousa

Por Miguel Arcanjo Prado

Pegando fogo
São Paulo ganha uma nova sala para as artes cênicas. Os meninos da Cia. Teatro do Incêndio inauguram sua sede nesta sexta (7), com a apresentação da peça Baal – O Mito da Carne. A montagem, que é o primeiro texto de Bertolt Brecht, entrou em cartaz pela primeira vez em 1996 e é o maior sucesso da trupe dirigida por Marcelo Marcus Fonseca. “São 27 anos de teatro; a gente não podia mais existir sem ter endereço”, diz o diretor à coluna. Ele enfatiza que o grupo “está cheio de gente jovem”. A peça conta a história de um poeta que volta à condição primitiva do homem e acaba devastando tudo o que vê pela frente. No elenco, estão Ana Cecília Moretto, Anderson Barreto, Bárbara Santos, Diego Freire, Lilian Regina, Marcelo Marcus Fonseca, Paula Micchi, Roseli Castro, Taianá Kretzer, Vinicius Pimentel, Walter Della Costa e Ygor Fiori. O Teatro do Incêndio fica na rua Santo Antônio, 723, na Bela Vista. A peça será apresentada sexta e sábado, 21h, e domingo, 19h. Na sexta, o ingresso é R$ 25. Já no sábado e no domingo, R$ 40. Eles aguardam você.

Lume mergulha na cultura caipira em apresentação no Sesc São José dos Campos – Divulgação

Ê, trem bão, sô
Olha a turma do Lume Teatro toda serelepe para se apresentar neste sábado (8), às 20h, no Sesc São José dos Campos, interior de São Paulo. Eles levam para lá o espetáculo Café com Queijo, que mergulha na cultura interiorana. Sabe aquele chá de ervas medicinais que sua avó sabia fazer? Ou os causos de como seu avô conquistou sua avó na quermesse? Estará tudo na divertida montagem que é apresentada desde 1999. A peça integra o projeto Um Pouco de Prosa e Viola: Nuances da Cultura Regional Caipira, que vai durar todo o mês de junho. O ingresso vai de R$ 5 a R$ 20.

Números
O Lume, sediado em Campinas (SP), tem quase 30 anos de história e já se apresentou em 26 países. Dos mais de 20 espetáculos que criou, mantém 14 em repertório. Coisa boa.

Agenda Cultural da Record News

Tusp abre vagas
O Teatro da USP, o Tusp, está com inscrições abertas para a seleção de espetáculos para o Circuito Tusp de Teatro que será realizado no segundo semestre de 2013. Os interessados têm até 22 de julho para se inscrever e enviar o material pedido no edital. Os selecionados apresentarão seus espetáculos entre 23 de setembro e 27 de outubro de 2013 em Bauru, Piracicaba, Ribeirão Preto, São Carlos e São Paulo. Leia o edital.

Espetáculo Cuidado: Garoto Apaixonado é inspirado em livro que vendeu 200 mil exemplares – Divulgação

Amor adolescente
O espetáculo jovem Cuidado: Garoto Apaixonado quer mostrar o que acontece com um menino que ama. Porque as meninas, linguarudas, costumam compartilhar seus sentimentos com todo mundo, mas os rapazes são mais reservados. Estreia neste sábado (8), no Teatro Sérgio Cardoso, em São Paulo. O texto é de Toni Brandão e a direção, de Flávia Garrafa. O espetáculo é baseado no livro homônimo que vendeu mais de 200 mil exemplares. No elenco, o Muso do Teatro R7 Luis Gustavo Luvizotto interpreta Eros, o deus do amor. Uma graça. Fica em cartaz até 4 de agosto, sempre sábados, às 19h, e domingos, às 17h. O ingresso custa R$ 20 a inteira e R$ 10 a meia-entrada. Leva aquele seu primo adolescente, vai…

Turnê

O musical New York, New York, protagonizado por Alessandra Maestrini e Juan Alba e dirigido por José Possi Neto, vai circular as capitais brasileiras no segundo semestre.

Xexeo: jornalista e dramaturgo – Divulgação

Profecia
O jornalista e escritor Artur Xexéo, responsável pelo roteiro dos quatro novos episódios de Sai de Baixo para o canal Viva ao lado de Miguel Falabella, contou à coluna que a série/espetáculo teatral foi profética em seu tempo: “O Sai de Baixo anunciava a decadência da classe média brasileira”.

Dupla função
Xexéo ainda disse à coluna que pretende agora conciliar a vida de jornalista com a de dramaturgo. Boa sorte.

Serelepe
O teatro paulistano tem nova frequentadora assídua: a jornalista Carla Vilhena. Ela contou à coluna que, com sua saída da bancada do Bom Dia São Paulo, agora consegue fazer programas noturnos culturais ao lado do maridão, o advogado Carlos Monnerat. Os dois foram à gravação do Sai de Baixo, no Teatro Procópio Ferreira, na última terça (4). Pareciam apaixonadíssimos. Que beleza.

Na plateia
Outra jornalista que adora ir ao teatro é Luciana Liviero, repórter especial do Jornal da Record.

Batente
Ed Moraes, nosso grande ator e produtor da Cia. dos Inquietos, trabalhou nos bastidores da gravação de Sai de Baixo.

Luis Melo está no espetáculo solo Ausência, que estreia neste sábado (8) em SP – Foto: Renato Mangolin

Melo futurista
O ator Luis Melo estreia neste sábado (8), às 21h, seu mais novo trabalho, no Teatro do Sesc Ipiranga, em São Paulo. A peça se chama Ausência e é ambientada em uma Nova York futurista, mergulhada no caos e na escuridão. O solo de teatro gestual é assinado pela companhia franco-brasileira Dos à Deux, dirigida por André Curti e Artur Ribeiro. A obra já foi apresentada na França e no Brasil, nas cidades de Porto Alegre, Brasília e Rio. Merda.

Desejo
O ator mineiro radicado em São Paulo Laerte Késsimos tem um só desejo ultimamente: ser ator de um filme em preto e branco. Aviso dado.

Aos Nossos Filhos: temática gay nos palcos – Divulgação

Em família
As relações homoafetivas de hoje geram famílias diferentes do que era usual. O espetáculo Aos Nossos Filhos olha justamente para este fenômeno social. A obra estreia nesta sexta (7), às 21h, no Sesc Santana. No elenco, Laura Castro, que assina o texto, e Maria de Medeiros. João das Neves dirige a montagem, que se passa em uma noite na qual a filha conta à mãe que terá um bebê. Só que este será gerado por sua companheira. Um espetáculo necessário.

Cardíaca
Estreia no CIT-Ecum, em São Paulo, o espetáculo solo Discurso do Coração Infartado. É na próxima terça (11), às 21h. A peça tem dramaturgia e direção de Silvana Stein.

Acabando
Esio Magalhães, do Barracão Teatro, avisa que este é o último fim de semana da peça WWW para Freedom no CIT-Ecum. A coluna vai.

No fundo da foto: Phedra está na página da produção dos Satyros no Fringe Hollywood – Reprodução

Hollywood
Ivam Cabral já está junto à trupe dos Satyros em Los Angeles. Eles apresentam A Filosofia da Alcova no festival Fringe Hollywood. Phedra D. Córdoba, a diva cubana, não foi, por conta do passaporte da ilha de Fidel Castro, como a coluna já informou. Mas ela está presente. Como? É ela quem aparece na foto que ilustra a obra na página oficial do evento. Phedra tem estrela, meu bem.

Dica do Bob Sousa
“Nunca. Jamais. Em tempo algum. Sob nenhuma hipótese. Nem que o mundo desabe em cima da sua cabeça, peça pra ver como ficou a foto. Dica pra sua vida inteira.” Um adendo da coluna: só rola fazer isso com aquela tia que costuma cortar as cabeças dos parentes nas fotografias, tá?

Em tempo
A mesma dica serve para quem gosta de pedir a jornalistas para ler a matéria antes de ela ser publicada. Não rola, gente.

Cuidado Cão Bravo: após ser apresentada na Romênia, peça está em cartaz no Tusp – Divulgação

Direto do leste europeu
Vai até 23 de junho ta temporada do espetáculo Cuidado Cão Bravo no Tusp, em São Paulo. De quinta a sábado, 21h, e domingo, 19h. A inteira é R$ 20. A peça mostra cinco pessoas confinadas em uma casa, com texto inspirado na obra do espanhol Fernando Arrabal. O espetáculo representou o Brasil entre as 16 delegações do World Festival of Theatre Schools, realizado nas cidades de Bucareste e Sinaia, na Romênia, em 2012. O evento acontece a cada dois anos e tem organização do International Theatre Institute Chair da UNESCO.  Chiquérrimo. Com direção de Luiza Torres e dramaturgia de Denise Schnyder. No elenco, estão Carla Zanini, Felipe Rocha, Gabriela Segato, Marô Zamaro e Ivan Montanari. Os meninos querem lotar o Tups. Vamos colaborar, minha gente.

Nova temporada
A peça Universos volta ao Teatro do Núcleo Experimental, na Barra Funda, nesta sexta (7). Agora, fará temporada aos fins de semana.

Livros na Roosevelt
O pessoal da SP Escola de Teatro vai levar parte de seu acervo de mais de 1.000 livros ao parquinho infantil da praça Roosevelt, no centro paulistano, neste sábado (8), entre 11h e 15h. Mas as obras serão só para consulta. O cenário da ação foi projetado por Telumi Hellen.

Última chance
As inscrições para o curso gratuito de formação de atores do NAC, o Núcleo de Artes Cênicas do Centro da Cultura Judaica de São Paulo, vai só até o dia 14. Quem coordena o projeto é o nosso grande ator Lee Taylor. Para saber mais, clique aqui.

Gabriela Alves: vestido exclusivo para pré-estreia no Teatro Folha – Foto: Paulo Barbagli

Eu nasci assim…
A atriz Gabriela Alves pediu para a amiga estilistas Dri Toledo criar um vestido especialmente para a pré-estreia da comédia musical Pour Elise, no Teatro Folha, na última terça (4). Ela ainda usou sapatos da loja Carmen Steffens. O texto é de Flávio de Sousa e Claudio Goldman, com direção de Pamela Duncan.

Sinhá Zózima: últimas apresentações em São Paulo – Divulgação

Zózima no busão
Atenção: esta semana agora é a última chance de ver a peça Dentro É Lugar Longe, da Trupe Sinhá Zózima. O espetáculo acontece dentro de um ônibus que sai na próxima terça (11) e quarta (12), às 20h, do bloqueio norte do Terminal Parque Dom Pedro II, na região central de São Paulo.  É de graça, e a distribuição de ingressos acontece uma hora antes. É bom chegar cedo porque são só 28 lugares. Enquanto os atores contam lembranças afetivas de suas vidas, o coletivo circula por pontos turísticos de São Paulo como o Theatro Municipal, a praça da Sé, o Bom Retiro, a as estações de trem da Luz e Júlio Prestes. Vale a pena ir. É um espetáculo cheio de poesia e vida.

Simpatia
Francisco Cuoco, que vai completar 80 anos em 29 de novembro deste ano, foi um show de simpatia no encontro com a imprensa na última quarta (5), em São Paulo. Ele estreia na próxima sexta (14) a peça A Vida no Teatro, no Teatro Vivo, com direção de Alexandre Reinecke. Ele contracena com Angelo Paes Leme. A pré-estreia para convidados será na quinta (13). A coluna vai.

Os seis atores do Grupo Magiluth são aplaudidos de pé pelo público do Teatro Santa Isabel – Foto: Victor Jucá

Glória em casa
Os seis artistas do Grupo Magiluth, os Novos Pernambucanos do Teatro, foram ovacionados de pé pela plateia lotada do Teatro Santa Isabel, o mais tradicional de Recife, no último fim de semana. Apresentaram Viúva, porém Honesta, de Nelson Rodrigues. A peça estará em São Paulo em breve. A gente mal pode esperar. Leia a crítica.

Valmir Martins com Sara (à esq.) e Jack (à dir.): as víboras são doces – Reprodução/Arquivo pessoal

Olha a cobra!
O ator Valmir Martins causou rebuliço na internet ao surgir em imagens demonstrando muita coragem ao segurar duas cobras. O nome das serpentes são Sara e Jack, ele informou. Quem ficou preocupado se Valmir pode morrer envenenado ou levar uma mordida dos ofídios, ele conta que os animais não fazem mal a ninguém. As víboras são uns verdadeiros doces. Ah, tá.

Uma frase
O livro A Crítica de João Apolinário é obrigatório.

Dança-teatro
Estreia em 12 de junho, pleno Dia dos Namorados, no Sesc Pompeia, o espetáculo de dança-teatro Origem Animal de Deus. Fica até dia 28 de junho, quarta, quinta e sexta, às 21h, com ingresso a R$ 20. A peça é inspirada na obra de Flávio de Carvalho, com concepção, direção e coreografia de Lu Brites. Estão todos convidados.

Origem Animal de Deus: três semanas de temporada no Sesc Pompeia – Divulgação

Curta nossa página no Facebook!

Leia também:

Fique por dentro do que rola no mundo teatral

Descubra tudo o que as misses aprontam

Tudo que você quer ler está em um só lugar. Veja só!

Você pode gostar...

3 Resultados

  1. Felipe disse:

    1. A foto de BAAL – O MITO DA CARNE está “pegando fogo” mesmo. Mais um acerto do Bob Sousa!
    2. Não adianta a má vontade com o Diamante Phedra. Embora lamentavelmente haja uma política de exclusão com os portadores de nacionalidade cubana por conta do embargo (que coisa mais ultrapassada, gente!), Phedra foi destaque nas terras ianques, com foto no “Hollywood Fringe”. Ha ha ha. Realmente Diamante Phedra tem estrela. Na verdade, ELA é a própria estrela!
    3. Valmir Martins está causando frisson com as tais cobras. Por que Sara? Deveria ser Fabíola, em homenagem à querida blogueira, jornalista das celebridades. Seria uma homenagem divertida. Talvez alguém tenha essa ideia. Comente depois com ela e deem boas gargalhadas!:)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *