Por trás do pano – Rapidinhas teatrais

Espetáculo Get Out!, de Assis Benevenuto, faz curta temporada em BH – Foto: Divulgação

Por Miguel Arcanjo Prado

Foi por medo de avião…
O ator mineiro Assis Benevenuto estreia o espetáculo solo Get Out! na próxima sexta (5), na Funarte Minas Gerais (r. Januária, xxx). Além de atuar, ele assina texto e direção. O enredo mostra um homem que não consegue embarcar no avião com medo de um acidente aéreo. A peça é a terceira do grupo Quatroloscinco. Fica em cartaz até 14 de julho, sempre sexta e sábado, 20h, e domingo, 19h. O ingresso é baratíssimo: R$ 10 a inteira e R$ 5 a meia-entrada.

Agenda Cultural da Record News

Encontro
Cissa Guimarães faz coletiva de imprensa para divulgar a temporada paulistana de seu espetáculo Doidas e Santas na próxima segunda (1º), no Hotel Quality da Bela Cintra. Estreia em 5 de julho no Teatro das Artes, no shopping Eldorado. Foi vista por 130 mil no Rio.

A novidade
Regina Braga já fechou a data de estreia de seu novo espetáculo. Será em 26 de julho, no Museu da Imagem e do Som, em São Paulo. A obra se chama Desarticulações. O texto é da argentina Sylvia Molly. Isabel Teixeira assina a direção. O cenário, de Marcos Pedroso, que fez história no Teatro da Vertigem, é uma verdadeira instalação que interage com o público do museu. Vai dar o que falar.

Teatro político 1
A turma do teatro ficou revoltada com a tal da “cura gay”, vergonha da Comissão de Direitos Humanos da Câmara dos Deputados. Ed Moraes, ator que não tem papas na língua, divulgou uma singela forma de grafar o nome do político mais odiado dos últimos tempos: Felix ci anus. Vai pegar.

Teatro político 2
Artistas do palco de Belo Horizonte estiveram presentes na manifestação que parou Minas Gerais na última quarta-feira (26). Os atores Alexandre de Sena e Gustavo Bones foram alguns dos que deram as caras. A classe artística mineira tem ficado boquiaberta com a violência policial em BH.

Teatro político 3
Ainda sobre a onda de protestos que move o País, disse o diretor Rodolfo García Vázquez, do grupo Os Satyros: “A velha política, não só do Brasil, mas do mundo inteiro, não está entendendo nada. Claro. São mundos paralelos. Os velhos são todos analógicos. E as ruas dos manifestantes são digitais.” Eita.

Teatro político 4
Kil Abreu, curador de teatro do Centro Cultural São Paulo e dos mais renomados críticos do País, também chamou a atenção sobre uma palavrinha que não sai das manchetes: “É fácil verificar que o conceito de vandalismo muda da noite para o dia na nossa imprensa. Depende muitíssimo das circunstâncias. Você, tratado como o cidadão consciente de hoje, pode ser o vândalo de amanhã. Ou vice-versa.” Kil sabe das coisas.

Acabando
Este sábado (28) acontece a última apresentação da peça Caso 6457. No Satyros 1, às 23h59. É a última chance, gente.

Cena de Krisis: brasileiros fazendo bonito em Atenas, na Grécia – Foto: Cesar Meier

Para grego ver
Os meninos da Companhia Nova de Teatro, que já tem 12 anos de estrada, estão a todo vapor em Atenas, na Grécia. Eles apresentam por lá, na próxima quarta (3), Krisis – Work in Progress, no Attis Theatre. A obra, dirigida por Lenerson Polonini, é inspirada em fragmentos de tragédias e trata da crise na qual está mergulhado o homem contemporâneo. Após a parada grega, o espetáculo aporta em São Paulo no dia 18 de julho. A viagem teve apoio do Edital de Intercâmbio e Difusão Cultural do Ministério da Cultura. Eduardo Brito e Carina Casuscelli assinam a dramaturgia. No elenco, estão Carina Casuscelli, Rosa Freitas, Marcelo Jacob, Cléo Moraes e Milena Faria. Coisa fina.

Jogue as tranças, mina!
O Grupo Gattu reestreia no próximo sábado (6), a peça infantil Rapunzel. Eloisa Vitz dirige o texto de Tito Sianini. Ficará no Teatro do Corinthians, sábado e domingo, às 16h. Haja trança…

Experimentos
A SP Escola de Teatro apresenta, em suas sedes do Brás e da Roosevelt, os experimentos cênicos de fim de semestre neste sábado, a partir das 9h. A entrada é gratuita. Saiba mais.

Intercâmbio
Baseada na obra de João Cabral de Melo Neto, a peça O Rio, do Teatro Didático da Unesp, estreia no Tusp nesta sexta (28), às 21h. Fica em cartaz até 14 de julho. Vai, gente!

O Livro do Bob
Já está em fase final o livro de retratos teatrais de Bob Sousa. O lançamento, no segundo semestre, promete ser um arraso. A coluna será a primeira da fila de autógrafos, é claro.

Sem marmelada
Fique esperto! Estão abertas até a próxima sexta (5) as inscrições para o 6º Festival Paulista de Circo. O evento acontece entre 12 e 15 de setembro, em Piracicaba, no interior de São Paulo. São duas modalidades de inscrição: números circenses com 8 a 15 minutos de duração, a serem apresentados em lona ou ao ar livre, e espetáculos de 50 a 90 minutos, para lona. Mais informações no site oficial.

Mexe, mexe
Começa nesta sexta (28) a Mostra Sesc de Teatro de Animação 2013. O evento vai até 7 de julho e tem 21 companhias, sendo 10 nacionais, representando seis Estados, duas coproduções brasileiras, com Franca, Estados Unidos e Canadá, e nove internacionais, vindas da França, Inglaterra, Itália, Holanda, Espanha, Argentina, Chile e Austrália. São 18 espetáculos e 5 intervenções, em 90 sessões para crianças e adultos, além de oficinas, encontros e vivências. Saiba a programação completa!

Cabaret: Rita Gutt vive a lendária personagem Sally Bowles, que já foi de Liza Minelli – Foto: Arquivo pessoal

Cabaret 1
Estreia na próxima terça (2), no Teatro Ruth Escobar (rua dos Ingleses, 209, Bela Vista, SP), uma versão intimista do musical Cabaret. A direção é de André Latorre, com estudantes de teatro da Faculdade Paulista de Artes. Rita Gutt, dona de bocarra à la Angelina Jolie, protagoniza a montagem, como a célebre personagem Sally Bowles. Lembrando que a personagem foi defendida no cinema por ninguém menos do que Liza Minelli, a quem este vosso colunista já entrevistou no tumultuado aeroporto de Guarulhos, diga-se de passagem. No elenco, ainda estão Gabriel Ivanoff, Anderson D’Kássio e Juan Manuel Tellategui. E o melhor: ninguém paga nada. Tem sessão todo o mês de julho, segunda, terça e quarta, às 19h e às 21h. Vai lotar. Então, chegue cedo para garantir. Depois, não diga que não avisei…

Cabaret 2
O clima de cabaré também invadiu a turma 62 da Escola de Arte Dramática da USP. Os jovens artistas apresentam o espetáculo Escada da Madame B. até 14 de julho. De quarta a sábado, às 21h30, e domingo, as 20h30, no Teatro Laboratório da Escola de Comunicações e Artes da USP, na Cidade Universitária. A entrada é gratuita, mas é bom chegar pelo menos uma hora antes para garantir seu ingresso. Porque todo mundo vai.

Gente de Teatro
Frederico Paula é jornalista e assessor dos mais tarimbados do mercado teatral. Dirige o escritório Nossa Senhora da Pauta. Pelo nome, já se percebe que o cara tem bom humor. É ligado a grupos de pesquisa, de teatro de raiz. Costuma assessorar espetáculos que têm respeito imediato da classe artística e dos críticos. E Fred, como os amigos o chamam, é sempre educadíssimo com todos. Um doce, como diriam os mineiros. E completamente apaixonado por teatro, pelo qual sempre batalha. Por isso, merece estar aquí. Frederico Paula é gente de teatro!

Gente de Teatro: Frederico Paula é jornalista e assessor de imprensa teatral – Foto: Arquivo pessoal

 

Curta nossa página no Facebook!

Leia também:

Fique por dentro do que rola no mundo teatral

Descubra tudo o que as misses aprontam

Tudo que você quer ler está em um só lugar. Veja só!

Você pode gostar...

1 Resultado

  1. Felipe disse:

    1. Repito que o efeito mais nocivo dessa lavagem cerebral da tal cura “gay” é o conceito embutido de que homossexualidade é doença. Isso é homofobia!
    2. O livro de Bob certamente deverá ficar muito bonito de se ver.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *