Atriz Bruna de Moraes homenageia 40 anos de disco de Elis Regina com ensaio exclusivo para o R7

Bruna de Moraes (à dir.) faz ensaio em homenagem a Elis Regina (à esq.) – Fotos: Divulgação e Eduardo Enomoto

Por Miguel Arcanjo Prado
Fotos de Eduardo Enomoto
Make up de Nina Rodrigues

Em julho de 1973, há exatos 40 anos, a cantora gaúcha Elis Regina lançou o álbum que a colocou definitivamente no posto de uma das maiores do mundo. O disco se chamou Elis, e trazia, em sua maioria, composições de Gilberto Gil e da dupla João Bosco e Aldir Blanc, nomes que marcariam para sempre sua carreira. Como o blog é fã confesso de Elis Regina, resolveu prestar uma homenagem à artista que nos deixou precocemente, aos 36 anos, em 1982. Neste ensaio especial, realizado pelo fotógrafo Eduardo Enomoto e protagonizado pela atriz santista Bruna de Moraes, celebramos a nossa Pimentinha.

Depois que cortou o cabelo curtinho, a atriz Bruna de Moraes é comparada com Elis Regina – Foto: Eduardo Enomoto

Foi no bar do Satyros, na praça Roosevelt, frenesi teatral paulistano, que Bruna de Moraes tomava cerveja com amigos e foi automaticamente escalada para este ensaio. Seu jeitinho na mesa lembrou o de Elis. A atriz conta que as comparações começaram quando, corajosa, ela resolveu raspar o cabelo.  “Ele foi crescendo, as pessoas foram comparando… Tanto amigos como desconhecidos, tanto no teatro como no supermercado [risos]”. Bruna revela que fica satisfeita quando o comentário acontece por aí: “Ah, eu acho a Elis linda, então fico feliz, né?!”

Bruna de Moraes foi escalada para fazer o ensaio em um bar da praça Roosevelt – Foto: Eduardo Enomoto

O disco Elis é um dos preferidos da atriz, que costuma ouvir a cantora em qualquer lugar, a qualquer momento. A relação é tão antiga que ela nem se lembra quando ouviu Elis pela primeira vez. Elis já á parte de tudo. Sempre. Sobre o disco quarentão, o dobro de sua idade, Bruna tem opinião certeira: “Acho que o álbum tem uma crítica sutil [ao regime militar, vigente então no Brasil]. Eu gosto muito. Dita bem o  estilo musical dela. Com as músicas do Gil principalmente… A minha favorita do disco é Ladeira da Preguiça, uma delícia!”

Bruna de Moraes adora duas músicas cantadas por Elis: Arrastão e Águas de Março – Foto: Eduardo Enomoto

Apesar da importância do álbum do qual é fã, Bruna revela ao R7 que suas músicas preferidas da cantora estão em outros discos. São Arrastão, de Edu Lobo e Vinicius de Moraes, a canção que a lançou, em 1965, e Águas de Março, de Tom Jobim, que ela gravaria em 1974 no álbum Elis e Tom, consagrado internacionalmente com o encontro de nosso maior músico com nossa maior cantora. Bruna sabe da importância que a artista teve na história: “Elis foi um marco na música popular brasileira. Uma cantora e intérprete única.”

Bruna de Moraes já ganhou uma música de Elis de presente de um amigo: 20 Anos Blues – Foto: Eduardo Enomoto

Bruna gosta de ver entrevistas da cantora e também documentários sobre Elis. E espera ler em breve o livro Furacão Elis, de Regina Echeverria, a jornalista e amiga da cantora que escreveu sua biografia definitiva. Apesar de seus 20 anos completos em 20 de fevereiro de 2013, Bruna conta que uma música de Elis já marcou sua vida: “Foi 20 Anos Blues, que recebi de ‘presente’ de um amigo”. A atriz ficou emocionada em realizar o ensaio em homenagem à artista tão emblemática de nossa história. “Homenagear a Elis é um privilégio, assim como ter algo dela e poder reproduzir fotos tão conhecidas e marcantes”.

Bruna de Moraes tem a voz de Elis Regina sempre presente em seu cotidiano – Foto: Eduardo Enomoto

Assim como faz parte do cotidiano de muita gente no Brasil e no mundo afora, a voz potente da cantora Elis Regina também acompanha o dia a dia da atriz Bruna de Moraes. Sempre que pode, ela coloca o som da cantora Pimentinha para acompanhar a sua vida. E resume o motivo pelo qual faz isso com enorme perspicácia: “A Elis sempre tem a música certa para o momento certo”. Sabe de tudo, Bruna. Afinal, a força da cantora é única e incomparável. E é por isso que Elis é o mito sempre presente.

Um olhar inesquecível: “Homenagear Elis é privilégio”, define a atriz Bruna de Moraes – Foto: Eduardo Enomoto

 

Curta nossa página no Facebook!

Leia também:

Fique por dentro do que rola no mundo teatral

Descubra tudo o que as misses aprontam

Tudo que você quer ler está em um só lugar. Veja só!

Você pode gostar...

6 Resultados

  1. Valdeci disse:

    Cantora fria e calculista, não consigo me emocionar com ela, sua voz era potente e linda, nada demais, sabia cantar, é verdade, mas adorava um palco, uma luz. Tradução: elogios. Sua maior emoção era o ego, que conseguia ser bem maior que sua voz.

  2. Felipe disse:

    Os jogos de fotos da saudosa Elis (que descanse em paz!) com a Elis personagem ficaram charmosíssimos. Certamente Mª Rita deve estar muito contente com a bela homenagem a sua genitora.

    • Miguel Arcanjo Prado disse:

      Obrigado, Felipe. Seu café e chocolate estavam deliciosos. Logo mais, vai sua remessa. Obrigado!!! E viva Elis!!!

  3. Felipe disse:

    Que bom que gostou! Achei simples. Gostaria de enviar algo mais elaborado. De qualquer forma, é uma forma de divulgar um pouco o meu Estado, tão pouco conhecido. O chocolate não foi grande novidade, pois a marca Garoto é conhecida e respeitada. Talvez o café é que não fosse muito conhecido em virtude da marca. O Espírito Santo é produtor de dois tipos de café, basicamente, o Conilon, de clima quente, e o Arábica, de clima frio. Enviei o Arábica porque acho que tem mais relação com o clima de São Paulo e também porque acho o sabor do Arábica não tão seco quanto o do Conilon.

  1. agosto 18, 2013

    […] Veja o ensaio que o blog fez em homenagem a Elis! […]

  2. dezembro 10, 2013

    […] Veja a homenagem do R7 a Elis Regina com a atriz Bruna de Moraes! […]

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *