Zé Celso ressuscita Cacilda em musical do Oficina

Camila Mota e Zé Celso Martinez Corrêa em cena da nova peça do Oficina – Foto: Jennifer Glass

Por Miguel Arcanjo Prado

José Celso Martinez Corrêa, o nosso Zé Celso, está em polvorosa, junto de seus artistas que compõem o Teatro Oficina.

O motivo é que nesta sexta (16), o grupo estreia seu novo espetáculo: o musical Cacilda!!! Glória no TBC – Capítulo 1. A montagem chega à capital após curta turnê pelo interior paulista.

Zé define a obra como uma “Ópera de Carnaval Eletrokandomblaica Tragicomicorgiástica” e lembra que “as montagens do Oficina Uzyna Uzona trabalham com a transversalidade de todas as artes: audiovisual se mistura à música, à dança e às artes-plásticas para criar e difundir uma ‘Obra de Arte Total’”.

Marcelo Drummond codirige o espetáculo. Nele, o mito teatral chamado Cacilda Becker (1921-1969) é ressuscitado.

A apresentação começa no início da carreira da atriz, no Teatro Brasileiro de Comédia, em 1949.

No segundo ato, dá um salto a 1968, o ano que o jornalista Zuenir Ventura chamou como aquele “que nunca terminou”, auge da ditadura militar no Brasil.

Foi neste fatídico ano que Cacilda Becker assumiu a Secretaria do Conselho Estadual de Teatro. No posto, cheia de coragem, defendeu a classe teatral da censura e da violência militar da qual era vítima naquele então.

Claro que a montagem é cheia de referências aos dias atuais. Mergulhado nas novas tecnologias, o Oficina transmitirá todas as sessões, ao vivo, pela internet.

Cacilda!!! Glória no TBC – Capítulo 1
Quando: Sexta, 19h; sábado e domingo, 18h. 4h30 (com intervalo de 20 minutos). Até 1/9/2013
Onde: Teat(r)o Oficina (r. Jaceguai, 520, São Paulo, tel. 0/xx/11 3106-2818)
Quanto: R$ 20,00 (valor da inteira, às sextas-feiras), R$ 40,00 (valor da inteira, aos sábados e domingos) e R$ 5,00 (todos os dias, para moradores do Bixiga, mediante comprovação de residência). Meia-entrada válida para estudantes, idosos, artistas e cartão Petrobras. Venda na bilheteria do Teatro Oficina, uma hora antes de cada sessão
Classificação etária: 14 anos

Luta de artistas contra a censura da ditadura militar é pano de fundo da nova peça do Oficina – Foto: Jennifer Glass

Curta nossa página no Facebook!

Leia também:

Fique por dentro do que rola no mundo teatral

Descubra tudo o que as misses aprontam

Tudo que você quer ler está em um só lugar. Veja só!

Você pode gostar...

3 Resultados

  1. Felipe disse:

    Muito correto que a Cacilda seja relembrada por sua importância histórica para o teatro brasileiro. Deveriam fazer o mesmo com Cleyde Yáconis, figura maravilhosa e doce, que ficou um pouco apagada por conta da luminosidade da irmã.

  2. Felipe disse:

    Miguel, hoje pus comentários em vários “posts”. Afinal, meu blog predileto do R7 merece essa deferência, principalmente quando o blogueiro é alguém de notório saber acerca do tema e que EFETIVAMENTE repercute na mídia o que há no momento em termos de Teatro Brasileiro.

  1. agosto 16, 2013

    […] – Capítulo 1, estreia nesta sexta. E todo mundo sabe que Zé Celso adora ver seu elenco despido. Veja mais fotos da montagem! Em tempo, nesta sexta (16), o Oficina completa 52 anos. A coluna manda o mais fraterno voto de […]

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *