Clássico de Machado de Assis, Memórias Póstumas de Brás Cubas vira peça de teatro em São Paulo

Memórias Póstumas de Brás Cubas tem numeroso elenco no Teatro Commune – Foto: Sergio Massa

Por Miguel Arcanjo Prado

O carioca Joaquim Maria Machado de Assis (1839-1908) é considerados por muitos o maior escritor brasileiro de todos os tempos. Uma de suas mais importantes obras, Memórias Póstumas de Brás Cubas, ganha adaptação no palco do Teatro Commune, em São Paulo, a partir deste sábado (5).

Jair Aguiar dirige a produção feita a partir do clássico que inaugurou o realismo no Brasil, misturando tempos cronológico e psicológico. Ele conta com os assistentes Henrique Marques e André Romin.

Assim como o livro, a peça é narrada pelo autor-defunto, que começa a obra já morto e conta sua vida na elite carioca do século 19 com muita ironia.

Linei Hirsh e Záira Barbosa Alves tomaram para si a difícil tarefa de adaptar o erudito romance. Will Damas assume a luz; já Márcio Tadeu, além da preparação de atores, fez também o cenário e o figurino da produção sob comando de Giullia Galli.

No numeroso elenco, estão Antonio Netto, Isaac Medeiros, Alexandre Iagobucci, Samira Brito, Natália Borges, Carol Maziviero, Débora Ramos, Adriana Costa, Beatriz Nascimento, Cauê Alves, Denilson José, Diogo Seixas, Edivaldo Gomes, Eliriane Silva, Fernanda Freitas, Gabriella Oliveira, Ivanilde Gomes, Jéssica Renata, Leandro Marques, Luana Damiana, Glória Mmenezes, Michelle Chebra, Pâmela Neres, Pedro Naski, Priscila Beralda, Priscila Romin, Raphael Leopoldino, Simone Passos e Val Soares.

Memórias Póstumas de Brás Cubas
Quando:
sábado, 21h; domingo, 19h. 60 min. Até 3/11/2013
Onde: Teatro Commune (Rua da Consolação, 1.218, São Paulo, tel. 0/xx/11 3807-0792)
Quanto: R$ 20
Classificação etária: livre

Cena do espetáculo Memórias Póstumas de Brás Cubas: livro é marco no Brasil – Foto: Sergio Massa

Curta nossa página no Facebook!

Leia também:

Fique por dentro do que rola no mundo teatral

Descubra tudo o que as misses aprontam

Tudo que você quer ler está em um só lugar. Veja só!

Você pode gostar...

1 Resultado

  1. Felipe disse:

    Machado de Assis é, sem dúvida, uma das grandes pratas da casa em se tratando de literatura brasileira. Correto que se prestigie sua obra!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *