Por trás do pano – Rapidinhas teatrais

Natimorto: após CIT-Ecum, peça vai para o Viga Espaço Cênico em São Paulo – Foto: Divulgação

Por Miguel Arcanjo Prado

Silêncio
Nilton Bicudo, nosso grande ator, está todo feliz. O motivo é o sucesso da volta do espetáculo O Natimorto – Um Musical Silencioso. A peça, que acaba de encerrar sua temporada no CIT-Ecum, já emplacou nova data para voltar ao cartaz em São Paulo. Volta no dia 16 no Viga Espaço Cênico, sempre quarta e quinta, às 21h. O texto é de Lourenço Mutarelli, com adaptação e direção de Mario Bortolotto. Além de Niltinho, estão no elenco Maria Manoella e Martha Nowill. Aparece lá, gente!

Agenda Cultural

É hoje o dia
Antunes Filho faz pré-estreia para convidados no Teatro Anchieta do Sesc Consolação nesta sexta (4) de sua nova peça, Nossa Cidade. A coluna vai. É a volta ao palco triunfal de Mateus Carrieri.

Frenético
O ator Celso Frateschi anda numa correria danada por conta da nova programação de seu Teatro Ágora e também da primeira Bienal Internacional de Teatro da USP, que acontecerá no Tusp, dirigido por ele. O tema será Realidades Incendiárias. O festival começa dia 31 de outubro e vai até 15 de dezembro.

Sujeira
As meninas da faxina do Sesc Consolação, em São Paulo, andam tendo um trabalho danado. Tudo para limpar a sujeira que as duas toneladas de terra vermelha da peça Holher Mumem deixam no Espaço Beta. A montagem de inusitado cenário natural tem no elenco Arieta Correa e João Paulo Lorenzon. Até o teto do local está vermelho. Não há pano molhado que dê jeito. Xi…

Performance Ginástica Selvagem ocupa o palco da Galeria Olido em São Paulo – Foto: Divulgação

Abraçaço
Estes dois rapazes atracados aí em cima são os bailarinos Robson Ferraz e Edson Calheiros, na performance Ginástica Selvagem. A obra será apresentada gratuitamente nesta sexta (4), às 20h30, no Centro da Cultura Judaica, e de 10 a 13 de outubro na Galeria Olido, quinta a sábado, às 20h, e domingo, às 19h, ambos em São Paulo. Em todos os dias também será apresentada a performance A Flor Boiando Além da Escuridão. Os dois espetáculos são criação da coreógrafa Andreia Yonashiro.

Internacional
Franz Klepper, nosso dramaturgo, está todo serelepe. Sua peça Divórcio ganhará montagem no Teatro Gaudí , emBarcelona, na Espanha. A estreia, com atores locais, está marcada para 1º de novembro. Chique.

Mandinga
Há quem diga que os meninos do Grupo Magiluth, de Recife, fizeram mandinga para parar de chover na apresentação de Luiz Lua Gonzaga que fizeram na praça Rotary, na Vila Buarque, em São Paulo, na Mostra Sesc de Teatro de Rua. A chuva só começou para valer depois que soaram os aplausos finais.

De volta
Falando nos meninos do Magiluth, eles negociam temporada de Viúva, porém Honesta em um importante espaço cultural de São Paulo. Pode ser que venham até o fim do ano. A peça causou furor no último Festival de Curitiba.

Rápida informação
Os garotos do Magiluth voam mais do que o cosmonauta Yuri Gagarin.

De volta
A peça Entre Ruínas e Quase Nada volta ao cartaz no dia 12 de outubro, na Casa do Povo, no Bom Retiro, em São Paulo. Sábado às 21h e domingo às 19h. Ficará por lá até 10 de novembro.

Ficou pra história: o registro de Bob Sousa para a já clássica montagem Luis Antonio – Gabriela

O fim de Gabi
Depois de 304 apresentações, a peça Luis Antonio – Gabriela chegou ao fim com uma sessão no Sesc Esplanada, de Porto Velho, Rondônia, no último dia 19 de setembro. Foram dois anos e meio de sucesso em todos os palcos nos quais foi apresentada a montagem dirigida por Nelson Baskerville com a Cia. Mugunzá de Teatro. O grupo fez discurso emocionado de despedida: “É com muita gratidão que encerramos esse ciclo e abrimos uma nova porta para o desconhecido. Certas coisas precisam nascer e terminar”.

Nova alcunha
Pedro Granato resolveu mudar o nome de seu teatro na rua Teodoro Baima, vizinho ao Arena. Agora não é mais Teatro Ivo 60, mas, sim, Teatro Pequeno Ato. Para celebrar o novo espaço, haverá duas apresentações da peça Navalha na Carne, que causou polêmica no Rio, neste sábado (5), às 21h, e domingo (6), às 20h. Chance de o público paulistano ver a peça que Claudio Botelho, aquele dos musicais, falou mal.

Abuso
Vindo de Brasília, o espetáculo Eros Impuro, escrito e dirigido por Sergio Maggio, estreia em São Paulo no dia 9 de outubro, às 21h, no mesmo Teatro Pequeno Ato de Pedro Granato. A montagem fala do espinhento tema do abuso sexual. Ficará em cartaz até 10 de novembro, de quarta a domingo, com entrada grátis às quartas. A produção é da Criatura Alaranjadas Cia. de Teatro. Eles pedem para todos irem lá prestigiar. O grupo ainda ministrará a oficina O Exercício da Crítica Teatral, nos dias 15, 22 e 29 de outubro, das 19h às 22h. São 20 vagas gratuitas. Inscrições no e-mail: [email protected] Boa Sorte!

O fantástico mundo de Ivam
Ivam Cabral, diretor da SP Escola de Teatro e fundador do grupo teatral Os Satyros, agora resolveu fazer chantagem na internet: só conta novidades de sua vida se tiver duas centenas de curtidas no Facebook. Pode?

Eric Lenate: em cartaz em Nosferatu, dirigindo Vestido de Noiva e arrepiando corações – Foto: Divulgação

Amor platônico
Eric Lenate conquistou o coração de uma inteligente estudante da USP. O ator e diretor não sai da cabeça da moça apaixonada…

Falando nisso…
Eric Lenate arrebenta como vampiro em Nosferatu, que encerra temporada no Sesc Consolação na próxima semana. O menino é bom até sem falar.

Dose dupla
Lembrando que Eric Lenate também exercita seu lado diretor em Vestido de Noiva, no Teatro do Núcleo Experimental, em São Paulo. A peça é a personificação de um conturbado delírio…

Projeto
Laerte Késsimos pode protagonizar a adaptação teatral de um fortíssimo romance da nova geração. No momento, ele lê o tal livro, que carrega por aí debaixo do braço…

Viva Molière
Sandra Corveloni, nossa atriz que ganhou Cannes, manda avisar que Doente, sua nova peça, estreia dia 25 de outubro no Teatro Aliança Francesa, em São Paulo. No dia 26, volta o sucesso L’Illustre Molière, também dirigido por ela, no mesmo palco. Ela merece que todos apareçam!

Cia. D’Alma, de Sandra Corveloni, estreia Doente no Teatro da Aliança Francesa, em SP – Foto: Divulgação

Curta nossa página no Facebook!

Leia também:

Fique por dentro do que rola no mundo teatral

Descubra tudo o que as misses aprontam

Tudo que você quer ler está em um só lugar. Veja só!

Você pode gostar...

1 Resultado

  1. Felipe disse:

    Há obras para todos os gostos e possibilidades de assistir a espetáculos gratuitos. Para quem aprecia a arte e dispõe dessa possibilidade, que aproveite a chance!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *