Artistas ocupam Secretaria de Cultura de Santo André em protesto pela Escola Livre de Teatro

Cenas da ocupação da Secretaria de Cultura de Santo André por artistas da Escola Livre de Teatro (ELT); eles querem que a escola não seja sucateada; Prefeitura ainda não se manifestou sobre o caso – Fotos: Reprodução

Por Miguel Arcanjo Prado

Um grupo de cerca de 50 artistas ocupa desde a manhã desta segunda-feira (18) a Secretaria Municipal de Cultura de Santo André, na região do ABC, em São Paulo, no protesto chamado de ELT no Ocupaço. São aprendizes da Escola Livre de Teatro (ELT), que vive a maior crise em seus mais de 20 anos de história, em um impasse entre governo de Santo André, capitaneado pelo prefeito Carlos Grana (PT), e artistas da instituição ligada ao município e que é modelo em todo o País.

Os atores Cacá Carvalho (acima) e Phedra D. Córdoba (abaixo) divulgaram imagens na internet apoiando a ocupação da Secretaria de Cultura de Santo André por artistas da ELT – Fotos: Reprodução

O R7 conversou com os ocupantes, que preferiram não se identificar. Eles contaram que a Prefeitura fechou os diálogos com o grupo e que deseja sucatear a escola e seu projeto artístico-pedagógico.

Ainda segundo os manifestantes, a diretora de cultura Silvia Costa, que havia prometido realizar reuniões para ouvi-los, faltou a vários encontro, além de cancelar outros. Uma aprendiz da escola afirmou que “está avançando o processo de desmanche da ELT” e por isso o grupo “optou por esta atividade mais contundente”, a ocupação.

O grupo de protestantes foi bem recebido pelos funcionários da secretaria, que se simpatizaram com os números de música e de teatro que estão sendo realizados no local. A ocupação começou por volta das 9h30 e conta com presença de atores de grupos teatrais que apoiam a causa da ELT.

Ainda segundo os manifestantes, a Prefeitura ainda não se manifestou. Uma das aprendizes, que falou pelo grupo, fez questão de enfatizar que o movimento é pacífico e afirmou “que não é interesse causar nenhum distúrbio interno”. A mesma estudante afirmou que eles pretende ocupar a secretaria “até que as pautas que reivindicam sejam atendidas”. O grupo ainda diz contar com o apoio de moradores do município.

Um dos principais impasses é que a Prefeitura quer reformar a ELT e transferir os alunos para outro local ainda não definido. Os artistas desconfiam que isso seja uma manobra para tirá-los do local e acabar de vez com a escola.

Prefeitura estuda a ocupação

O R7 apurou que a Prefeitura de Santo André está estudando o movimento e que não pretende tomar nenhuma atitude violenta contra os manifestantes.

A Prefeitura propôs uma reunião ao grupo com o prefeito Celso Grana para o fim da tarde, para que cheguem a um consenso.

O secretário de Cultura, Raimundo Salles, não deve mais tomar frente ao diálogo com os artistas da ELT, visto que a relação entre eles está desgastada. O processo deve ser assumido por Tiago Nogueira, secretário de gabinete do prefeito Carlos Grana, que no momento está em viagem a Cuba e deve assumir a questão apenas em sua volta.

Procurada pelo R7, a Prefeitura de Santo André não se manifestou oficialmente sobre o caso. Na internet, centenas de artistas se manifestam a favor da ELT.

Grupos teatrais renomados de São Paulo, a Cia. Os Satyros (à esq.) e o Grupo XIX (à dir.) também colocaram fotos na internet apoiando a causa da Escola Livre de Teatro, a ELT – Fotos: Reprodução

Saiba mais sobre a confusão na ELT!

Curta nossa página no Facebook!

Leia também:

Fique por dentro do que rola no mundo teatral

Descubra tudo o que as misses aprontam

Tudo que você quer ler está em um só lugar. Veja só!

Você pode gostar...

1 Resultado

  1. novembro 18, 2013

    […] Artistas ocupam Secretaria de Cultura de Santo André em protesto pela Escola Livre de Teatro […]

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *