Veja a lista dos indicados ao Prêmio Shell de Teatro no segundo semestre de 2013 em São Paulo

Flávia Strongolli, Michelle Boesche (indicada a melhor atriz) e Maura Hayas em Os Adultos Estão na Sala: duas indicações  – Foto: Ligiane Braga

Por Miguel Arcanjo Prado

Saiu nesta segunda (9) a lista dos indicados de São Paulo à 26ª edição do Prêmio Shell de Teatro. Eles concorem juntos dos espetáculos já indicados no primeiro semestre do ano.

Cantata para um Bastidor de Utopias levou o maior número de indicações em São Paulo no segundo semestre: concorrerá nas categorias direção, cenário e música.

O vitorioso de cada categoria receberá uma escultura em metal do artista plástico Domenico Calabroni, com a forma de uma concha dourada, inspirada no logotipo da Shell, e uma premiação individual de R$ 8.000 (oito mil reais). O júri de São Paulo é formado por Alexandre Mate, Carlos Colabone, Marici Salomão, Mario Bolognesi e Renata Melo.

Confira a relação completa dos indicados do segundo semestre de 2013 ao 26º Prêmio Shell de Teatro de São Paulo:

Autor:
Claudia Schapira por Antígona Recortada, Contos que Cantam sobre Pousospássaros
Hugo Possolo por Eu Cão Eu
Michelle Ferreira por Os Adultos Estão na Sala

Direção:
Antunes Filho por Nossa Cidade
Rogério Tarifa e Rodrigo Mercadante por Cantata para um Bastidor de Utopias

Ator:
Cassio Scapin por Eu Não Dava Praquilo
Chico Carvalho por Ricardo III

Atriz:
Cácia Goulart por A Morte de Ivan Ilitch
Michelle Boesche por Os Adultos Estão na Sala

Cenário:
Bira Nogueira por Folias Galileu
Rogério Tarifa por Cantata para um Bastidor de Utopias

Figurino:
Cassio Brasil por O Burguês Fidalgo
Miko Hashimoto por Operação Trem-Bala

Iluminação:
Fran Barros por Vestido de Noiva
Lucia Chediek por A Morte de Ivan Ilitch

Música:
Jonathan Silva e William Guedes por Cantata para um Bastidor de Utopias
Otávio Ortega e Lucas Santtana por O Duelo

Inovação:
Núcleo Bartolomeu de Depoimentos pela pesquisa e pelo resultado na criação de sonoridades e partituras corpomusicalizadas em Antígona Recortada, Contos que Cantam sobre Pousospássaros.

Os Satyros pela projeção, permanência e abrangência do evento “Satyrianas” na condição de fenômeno histórico-artístico e social.

Curta nossa página no Facebook!

Leia também:

Fique por dentro do que rola no mundo teatral

Descubra tudo o que as misses aprontam

Tudo que você quer ler está em um só lugar. Veja só!

Você pode gostar...

1 Resultado

  1. Felipe disse:

    Está difícil, não é verdade? Muito talento reunido.
    AUTOR: Torço por Michelle Ferreira.
    DIREÇÃO: Antunes Filho é um nome já consagrado. Então, torço por Rogério Tarifa e Rodrigo Mercadante.
    ATOR: Gostaria que desse empate. Tanto Cássio Scapin quanto Chico Carvalho merecem.
    ATRIZ: Aí deixo a cargo da crítica mesmo. Sem opinião formada.
    CENÁRIO: Já que estou torcendo por Rogério Tarifa ganhar a direção, vou torcer para Bira Nogueira em cenário.
    FIGURINO: Deixo a cargo da crítica. Idem para ILUMINAÇÃO e MÚSICA.
    INOVAÇÃO: Núcleo Bartolomeu de Depoimentos, porque Os Satyros já ganhou notoriedade midiática e tudo que os envolve já atrai “flashes”.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *