Banda Redonda agita o pré-Carnaval paulistano e promete reunir artistas e jornalistas no centro

Banda Redonda reúne multidão no centro de SP: desfile é nesta segunda (24) – Foto: Divulgação

Por MIGUEL ARCANJO PRADO

A turma do teatro tem programação antecipada de Carnaval na noite desta segunda-feira (24): o desfile da Banda Redonda, que se concentra em frente ao Teatro de Arena, na rua Teodoro Baima com avenida Ipiranga, no centro de São Paulo, a partir das 19h.

A folia será em ritmo de marchinhas tradicionais. Dramaturgos, atores, diretores, jornalistas e até os filhos de Plínio Marcos, um dos fundadores do bloco, confirmaram presença no desfile.

Imagem histórica da Banda Bandalha, o primeiro nome da Banda Redonda, no desfile de 1972 – Foto: Divulgação

Celebridades como a atriz Nicole Puzzi, estrela da pornochancada paulistana, marcaram presença, assim como o Rei Momo da cidade.

O bloco foi criado por artistas e jornalistas que frequentavam o Arena nos anos barra-pesada da ditadura milutar e completa 40 anos de folia.

Atualmente, a festa é comandada por Carlos Costa, conhecido como Carlão, parceiro na criação da banda com o jornalista e dramaturgo Plínio Marcos (1935-1999).

O grupo saiu pela primeira vez, ainda com o nome Bandalha, em 1972. Como sofreu muita repressão dos militares, só voltou à ativa em 1974, com o nome de Banda Redonda – em referência ao bar Redondo, que ficava em frente ao Arena e era frequentado pela boemia artística dos anos 1970.

O Sindicato dos Jornalistas, que fica na vizinha rua Rego de Freitas, também estará representado por Audálio Dantas, que foi presidente da instituição nos anos 1970, e pelo atual presidente, José Augusto Camargo, o Guto. Eles, assim como outras personalidades, ganharão troféus ao longo do desfile que promete reunir 20 mil pessoas.

Curta nossa página no Facebook!

Leia também:

Fique por dentro do que rola no mundo teatral

Descubra tudo o que as misses aprontam

Tudo que você quer ler está em um só lugar. Veja só!

Você pode gostar...

1 Resultado

  1. Felipe disse:

    Significativo esse encontro. Teoricamente, Imprensa e Teatro deveriam andar de mãos dadas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *