Vovó larga família para ver teatro em Curitiba

Marli Pereira da Silva: R$ 1600 investidos só para ver teatro – Foto: Ernesto Vasconcelos/Clix

Por MIGUEL ARCANJO PRADO
Enviado especial do R7 a Curitiba*
Fotos de ERNESTO VASCONCELOS/Clix

Ela tem 63 anos, é funcionária pública aposentada, mora no bairro Parque São Domingos, em São Paulo. Tem quatro filhos, uma netinha e apenas uma obsessão nesta época do ano: ver o máximo de peças no Fringe, a mostra paralela do Festival de Teatro de Curitiba que tem mais de 400 espetáculos.

Para realizar tal aventura, Marli Pereira da Silva conta ao Atores & Bastidores do R7 que gasta R$ 1.600 aproximadamente. Mas não reclama do valor investido. Ama teatro.

– Via notícias do festival e tinha este sonho há muito tempo. Vim a primeira vez em 2013, e vi 40 peças; este é meu segundo ano. Já vi 22 peças.

Marli conta que viu a primeira peça na vida aos 15 anos de idade, ainda na escola. Sentiu uma emoção tão grande que nunca mais parou de ir ao teatro. Em Curitiba, se hospedou em um hostel, pra deixar os custos mais baixos de sua aventura teatral. Não vê obras da Mostra Oficial, que têm ingresoss a R$ 60, porque “consegue ver as mesmas peças em São Paulo a R$ 8 no Sesc”. Prefere as do Fringe, que são grátis ou bem baratinhas.

Em meio a tanta euforia, ela só lamenta não ter a companhia dos familiares em seu sonho.

– Meus filhos não gostam de teatro. Eles até fizeram uma camiseta que diz “vá ao teatro, mas não me chame”.


*O jornalista Miguel Arcanjo Prado viajou a convite do Festival de Teatro de Curitiba.

Leia a cobertura completa do R7 no Festival de Teatro de Curitiba!

Curta nossa página no Facebook!

Leia também:

Fique por dentro do que rola no mundo teatral

Descubra tudo o que as misses aprontam

Tudo que você quer ler está em um só lugar. Veja só!

Você pode gostar...

2 Resultados

  1. Phillipe disse:

    Talvez seja por conta dessa alegria que ela está tão bem! É uma pessoa energética, graciosa, com uma alegria que extravasa. Será que os familiares que fizeram a tal camisa, quando estiverem com a idade dela, terão o mesmo pique? Palmas efusivas para ela, por sua coragem, por seu despojamento, por seu foco e por sua alegria generosa!

  2. Gilson Reis disse:

    Essa mulher é demais!!!! Não vejo a hora de vê-la para curti-la com todas as novidades do festival e das travessuras dela!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *