Por trás do pano – Rapidinhas teatrais

Bárbara Salomé vive prostituta de Plínio Marcos: Neusa Sueli – Foto: Ronaldo Dimer

Por MIGUEL ARCANJO PRADO

Plínio 1
Uma das musas da coluna, Bárbara Salomé está no elenco da peça Por Acaso, Navalha, uma adaptação para o texto Navalha na Carne, de Plínio Marcos. Será a prostituta Neusa Sueli, papel que já foi de Vera Fischer. A peça da Cia. Caixote ocupa o Espaço Mínimo, um charmoso casarão no bairro Pompeia, em São Paulo, e é apresentada para apenas 20 pessoas por sessão. Ainda estão no elenco Murilo Inforsato e Humberto Caligari. Fernando Aveiro dirige a montagem. A estreia está marcada para este sábado (3). Os ingressos já estão sendo disputados.

Plínio 2
Aveiro conta que o espetáculo é uma verdadeira instalação. Tanto que não quer saber de divisão entre palco e plateia. Um dos charmes serão espelhos trabalhados em serigrafia com rostos vazios, que serão espalhados pelo ambiente, além de bonecos em tamanho de seres humanos reais. A produção de Camila Biodan tem direção de arte de Rosângela Ribeiro e obras do artista plástico Pedro Farled. Cada espectador vai poder escolher a perspectiva para acompanhar a obra. Eita.

Plínio 3
A temporada de Por Acaso, Navalha vai até 4 de agosto, sempre sábado e segunda, 21h; e domingo, 19h. O endereço é rua Barão do Bananal, 854. Custa R$ 30 a inteira e R$ 15 a meia-entrada. Anotou direitinho?

Agenda Cultural

Gestante
Angela Ribeiro, atriz querida da coluna, aparece gravidíssima, no filme Do Lado de Fora, nos cinemas neste feriadão. A coluna viu a cena. Quem pensa que a barrigona é de Joaquim, seu filho, se engana. Quando ela filmou, o menino já havia nascido. Tanto que o próprio Joaquim estreia nos cinemas neste filme. O longa de Alexandre Carvalho é uma comédia com fundo dramático: conta a história de dois jovens gays que vão à Parada de São Paulo e acabam presenciando uma agressão homofóbica. Angela faz a mulher grávida do homem agredido. Com certeza, vai ter muita confusão, mas com direito a risos também.

Pequeno susto
Após ficar doentinha, a atriz e cantora Laila Garin volta a protagonizar Elis, a Musical no próximo dia 6 de maio. Ela não faz as sessões deste fim de semana no Teatro Alfa, em São Paulo.

Menino Maluquinho: após sucesso nas livrarias e bibliotecas, história criada por Ziraldo também está no palco – Foto: Divulgação

Maluquinho 1
A criançada se diverte no musical infantil O Menino Maluquinho, baseado na obra de Ziraldo. A superprodução está em cartaz no Teatro Bradesco, em São Paulo, onde fica até o dia 25 de maio com ingressos entre R$ 30 e R$ 100. Está lotando.

Maluquinho 2
A diretora Daniela Stirbulov comanda 14 crianças em cena entre 8 de 11 anos. A orquestra tem 12 músicos adultos e cinco mirins. João Lucas Martins vive o personagem-título. A peça ainda tem Jean Paulo Campos, o Cirilo de Carrossel, como o amiguinho Lúcio. Uma graça.

Maluquinho 3
Escrito há mais de 30 anos, o livro O Menino Maluquinho já teve mais de 100 edições e 3 milhões de exemplares vendidos. Números para deixar qualquer um de queixo caído.

Maluquinho 4
O grande mérito de O Menino Maluquinho foi ter eternizado na literatura uma infância que se perdeu no tempo e no avanço do mundo pós-moderno. Uma pena.

Reino: nova peça do Grupo Gattu inaugura Teatro do Sol em Santana, São Paulo – Foto: Amanda Semerjion

Casa do Gattu
Grupo Gattu inaugurou seu novo espaço, o Teatro do Sol, neste 1º de maio. Com 14 anos de história, eles agora apresentam a comédia policial Reino, com direção de Eloisa Vitz. Ela conta que fez questão de abrir os horizontes do grupo para a zona norte da cidade, lugar onde nasceu e foi criada. “A zona horte tem um público adorável e se mostra como um novo ambiente de vivências culturais. Esse potencial pode ser visto com a reforma do teatro Alfredo Mesquita e a abertura da biblioteca municipal do Parque do Povo e do próprio parque”, diz. Reino fica em cartaz sexta, 21h30, sábado, 21h, e domingo, 20h. O Teatro do Sol fica na rua Damiana da Cunha, 413, em Santana. Sua visita é bem-vinda.

Teatro vem aí
O FIT-BH começa na próxima terça (6), com a apresentação de Prazer no Teatro Francisco Nunes, recém reformado ao custo de R$ 11 milhões. Leia a Entrevista de Quinta sobre o Festival Internacional de Palco & Rua de Belo Horizonte, que compelta 20 anos.

Carolina Splendore, em cena de Hotel Trombose: agora no ABC – Foto: Tathy Yazigi

Novidade na praça
Enquanto se prepara para a estreia em setembro de sua nova peça, Mamute, de Dione Carlos, a Cia. do Mofo segue com a turnê do espetáculo Hotel Trombose. O grupo até está parecendo uma estrela de rock. Depois de circular sete cidades do interior paulista, aporta em Santo André, na região do ABC, nos domingos de maio, sempre às 20h, com entrada gratuita, no Espaço Cia. do Nó (r. Regente Feijó, 359A, Vila Assunção, tel. 0/xx/11 4436-7789). Vai, gente!

Fotografei você na minha Rolleiflex…
Parece que fotografar (e publicar) foto de pelo pubiano entrou na moda dos atores mais saidinhos. James Franco, astro de Hollywood, acaba de mostrar os seus em uma selfie. Já por aqui no Brasil, Laerte Késsimos registrou em foto um pelinho que ficou em seu sabonete. Então, tá.

Namorinho no palco 1
Claudia Raia e Jarbas Homem de Mello pedem para avisar que estreiam no Rio o musical Crazy for You no próximo dia 16 de maio. Vai ficar no Teatro Bradesco carioca até 1º de junho, com direção de José Possi Neto. Tem gente por aí dizendo que desta vez Claudia emplaca o namorado na Globo.

Namorinho no palco 2
José Possi Neto contou à coluna que já está tudo acertado para a próxima produção da dupla de namorados mais badalada do teatro musical brasileiro: Cantando na Chuva, que ele também vai dirigir.

Cena da peça A Hora Errada, com Magali Biff e Zémanuel Piñero, no Sesc Consolação – Foto: Divulgação

Fora da nova ordem mundial
O escritor paulistano Lourenço Mutarelli escreveu a peça A Hora Errada, que ganha direção de Tomás Rezende, no Sesc Consolação. A estreia está marcada para 8 de maio, no Espaço Beta, onde fica toda quinta e sexta, às 20h, até 13 de junho, com entrada a R$ 10. O elenco, de peso, traz Magali Biff e Zémanuel Piñero. A peça discute uma nova ordem mundial. Mais que pertinente.

Eu sou homem com H
Juan Alba encabeça a peça Tudo sobre os Homens, que cumpre temporada até 1º de junho no Teatro Bibi Ferreira, em São Paulo. Sexta e sábado, 21h, e domingo, 19h, com entrada a R$ 40. Também estão no elenco Denis Victorazo e Flávio Faustinoni, que dirige a peça. No palco, a crise masculina. Ai, ai.

Não tem explicação…
O ator Valmir Martins anda sem paciência para os amigos que não entendem nada nas redes sociais. “Em plena era do Google tem gente que pede pra explicar as coisas no Facebook”, declarou. Tomou, papudo?

Pra gringo ver
Ivam Cabral, que não consegue guardar nenhuma novidade, espalhou: tem gente querendo fazer uma versão do festival Satyrianas na Europa. Mistura fina.

Dark Room
Estreia nesta sexta (2), no Teatro do Ator, na praça Roosevelt, em São Paulo, a peça Dark Room. O texto é do dramaturgo Mário Viana. Estão falando por aí que a peça “é quase um thriller”.

Olha a bruxa!
O clássico infantil João e Maria, dos Irmãos Grimm, ganha versão teatral com música da Orquestra Filarmônica Infanto-Juvenil de São Paulo, regida por Daniel Cornejo. E ainda ambienta a história na cultura nordestina. A estreia é neste sábado (3), no Teatro João Caetano, em São Paulo. Márcio Araújo dirige a montagem. Todo sábado e domingo, 16h, até 15 de junho. O ingresso é baratinho: R$ 10 a inteira e R$ 5 a meia-entrada. Não tem desculpa para não ir.

Cena de Esparrama pela Janela: poesia em meio ao concreto do Minhocão – Foto: Sissy Eiko

Outra vez
Após sucesso retumbante o espetáculo Esparrama pela Janela volta a ser apresentado no Minhocão, em São Paulo, neste domingo (4), às 16h. Coisa boa.

Aulas internacionais
Ícone do teatro em seu país, o italiano Enrico Bonavera estará em São Paulo entre 12 e 23 de maio, quando ministrará uma oficina de Commedia Dell Arte no Teatro Commune. São 15 vagas. O valor é R$ 550 por 18 horas de aula. Informações pelo telefone: 0/xx/11 3476-0792. Vai ser concorrido.

Repeteco
Paulo Goulart Filho sobe ao palco do Teatro Itália sob direção da irmã, Bárbara Bruno, na peça 13. A estreia está marcada para 7 de maio. Ele divide cena com Roberto Arduin. A peça é uma remontagem do sucesso de 1979 com Paulo Goulart e Rubens de Falco. O texto de Sérgio Jockimann conta a história de um empresário, seu motorista e um bilhete de loteria. Claro que vai ter polêmica.

Nova Viúva
Após o Grupo Magiluth causar furor em São Paulo em abril com sua montagem debochada para Viúva, porém Honesta, a Cia. Loucos do Tarô apresenta sua versão para o mesmo texto de Nelson Rodrigues. Ficam em cartaz entre 3 e 18 de maio. Sábado, 21h, e domingo, no Teatro Macunaíma (r. Adolfo Gordo, 238, Barra Funda, tel. 0/xx/11 3217-3400, R$ 20). Na farsa irresponsável de Nelson, Ivonete fica viúva e decide não mais sentar-se. Zé Aires dirige a versão.

Stella Portieri em Viúva, porém Honesta da Cia. Loucos do Tarô – Foto: Divulgação

Curta nossa página no Facebook!

Leia também:

Fique por dentro do que rola no mundo teatral

Descubra tudo o que as misses aprontam

Tudo que você quer ler está em um só lugar. Veja só!

Você pode gostar...

1 Resultado

  1. Phillipe disse:

    Certamente ESPARRAMA PELA JANELA deve fazer sucesso! Felizmente! Em meio ao excesso de temas sexuais – banalizadíssimos, por sinal -, ver algo ainda puro é um refresco!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *