Com força da grana que destroi coisas belas, Quanto Custa? de Brecht e Pedro Granato volta ao cartaz

O poder do dinheiro, que intimida tudo ao seu redor, é o mote de Quanto Custa? – Foto: Ding Musa

Por MIGUEL ARCANJO PRADO

O texto do alemão Bertold Brecht (1898-1956) encontrou nas mãos de Pedro Granato acolhida perfeita. Em Quanto Custa?, o diretor conseguiu explicitar o poder e o temor que o dinheiro provoca, em uma dura crítica à sociedade contemporânea.

Quem perdeu um dos melhores espetáculos de 2013 tem a chance de rever a obra, que reestreia nesta terça (20), às 21h30, no Teatro Pequeno Ato, na República, vizinho ao histórico Teatro de Arena.

Vale a pena conferir a montagem, que tem cenário de encher os olhos, excelentes atuações, texto ferino de Brecht e direção segura de Granato.

Um programão.

Quanto Custa?
Avaliação: Muito bom (leia a crítica)
Quando: Terça e quarta, 21h30. 60 min. Até 11/6/2014
Onde: Teatro Pequeno Ato (r. Dr. Teodoro Baima, 78, metrô República, São Paulo, tel. 0/xx/11 99642-8350)
Quanto: R$ 30 (inteira) e R$ 15 (meia-entrada: estudantes, idosos, classe teatral e professores)
Classificação etária: 12 anos

Curta nossa página no Facebook!

Leia também:

Fique por dentro do que rola no mundo teatral

Descubra tudo o que as misses aprontam

Tudo que você quer ler está em um só lugar. Veja só!

Você pode gostar...

1 Resultado

  1. Phillipe disse:

    Certamente o dinheiro traz poder, causa temor e, até por conta disso, pode trazer também corrupção. O dinheiro, em si considerado, não é mau. As notas são meros objetos. O perigo reside no poder que o dinheiro exerce sobre o homem.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *