Crítica: Encerramento supera abertura da Copa, mas ainda fica devendo

Festa de encerramento da Copa do Brasil 2014: Shakira, com o filho, Alexandre Pires, Carlinhos Brown e Ivete Sangalo no palco do Maracanã – Foto: Getty Images

Por MIGUEL ARCANJO PRADO

A festa de encerramento da Copa do Brasil 2014, neste domingo (13), no Maracanã, foi um pouco melhor do que a fraquíssima abertura no Itaquerão, em São Paulo.

Mesmo assim, passou longe da grandeza das festas populares que o Brasil sabe fazer tão bem e pelas quais é conhecido no mundo inteiro.

Ainda prevaleceu um ar de apresentação de alunos de escola primária, com evoluções fracas e buracos gigantescos no gramado do estádio.

Enxuto, o encerramento foi calcado sobretudo no carisma da colombiana Shakira e da baiana Ivete Sangalo: a primeira, que levou seu bebê para o palco, entoou seu hit extra-oficial da Copa, a segunda, seus velhos sucessos do tipo “tira o pé do chão”.

A Acadêmicos da Grande Rio representou o samba, mas sem nenhuma evolução marcante, a não ser as baianas empunhando bandeiras das nações participantes do Mundial. O resto foi o básico que se vê em qualquer destes shows turísticos para gringo ver.

Carlinhos Brown aproveitou bem a exposição ao lado de Shakira e bradou seu “la la la”. Alexandre Pires também fez uma apresentação correta, mas nada empolgante.

As coreografias apresentadas foram simples, algo bem longe do excessivo gingado costumeiro do brasileiro.

E, claro, se houvesse o quesito evolução em um possível julgamento da abertura e do encerramento da Copa, certamente haveria eliminação, tamanhos os buracos evidentes. A impressão seria como ver a maioria da escola que ensaiou faltar ao desfile.

Ver a Fifa fazer duas festas com tanta pobreza cênica e falta de criatividade contrasta com o País que sediou a Copa, no qual parte da população já nasce requebrando e até existe um Estado onde ninguém nasce, mas estreia. Mas já foi. Tem gente que não aprende com os erros. Fazer o quê?

Festa de Encerramento da Copa do Mundo do Brasil 2014
Avaliação: Regular

Gramado do Maracanã ficou repleto de buracos durante a festa – Foto: Wagner Carmo/STR/Gazeta Press

Curta nossa página no Facebook!

Leia também:

Fique por dentro do que rola no mundo teatral

Descubra tudo o que as misses aprontam

Tudo que você quer ler está em um só lugar. Veja só!

Você pode gostar...

5 Resultados

  1. pietra disse:

    Ivete pra onde vai com aquele vestido jesuuuuus

    • Janinha disse:

      Bonita estava a Claudia leite com uma roupa horrorosa,rebolando até o chão querendo aparecer a todo custo com sempre faz , indecente e não canta nada pelo menos tivemos qualidades vocais !!!!

  2. tairine disse:

    pois não vi superar nada da abertura…..axo que a abertura foi linda e digna de respeito agora se vcs chamam isso de encerramento eu pensei que tivesse sido um ensaio repetorios pobre musicas antigas e e sem nenlhuma alegria.

  3. Christian disse:

    O SHOW DE ENCERRAMENTO, FOI MELHOR COM O REBOLADO DA SHAKIRA,E O REFRÃO DO LALAA” O RESTO, FICOU DEVENDO IGUAL A SELEÇÃO BRASILEIRA.

  4. Phillipe disse:

    Achei gracioso, da parte de Shakira, levar seu filhinho para o espetáculo.
    Realmente nada muito empolgante. Um pouco melhor do que a abertura, mas ainda assim bem mixuruca para um evento de tal magnitude.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *