Por trás do pano – Rapidinhas teatrais

Jovem faz selfie com Willem Dafoe após estreia de The Old Woman – A Velha – Foto: Marcelo Brammer e Thiago Duran/AgNews

Por MIGUEL ARCANJO PRADO

Faz uma selfie comigo?
Nem o ator estadunidense Willem Dafoe se livrou da nova moda. Assim que surgiu no saguão do Teatro Paulo Autran, em São Paulo, teve de tirar uma selfie com um jovem fã. Havia acabado de estrear em solo brasileiro a peça The Old Woman – A Velha, nesta quinta (24), no Sesc Pinheiro. Ele e Mikhail Baryshnikov, estrelas da peça de Bob Wilson, ficaram no coquetel com os convidados. Foram assediados até não poder mais…

Soneca
Um senhor idoso dormiu na primeira fila na estreia de The Old Woman – A Velha.

A beleza de Bruna Lombardi chamou a atenção na estreia – Foto: Marcelo Brammer e Thiago Duran/AgNews

Culturete
Bruna Lombardi também foi ver a peça. Aliás, ela está mergulhada na cultura. No dia 17, foi ver Rei Lear, com Juca de Oliveira, no Teatro Eva Herz. Na segunda (21), foi ver o show de Gil no Theatro NET São Paulo. É beleza com conteúdo.

O convite
Willem Dafoe passou por uma situação constrangedora no encontro com a imprensa (leia o que eles falaram ao R7), na última terça (22). Um idoso cineasta, infiltrado entre os jornalistas, pegou o microfone e disparou: “Sou cineasta e estou captando recursos para um filme que terá cenas em inglês. Gostaria muito de ter o Willem Dafoe no elenco, mas não sei como funcionam essas coisas de contrato em Hollywood…” Não conseguiu terminar a frase. O microfone foi retirado de sua mão, sob a declaração: “Aqui não é o lugar para você fazer isso”. Tadinho.

Provocação
Já que muita gente está em frenesi por conta da presença de Baryshnikov e Dafoe em São Paulo, Zé Celso, que não perde tempo, fará uma paródia da obra de Bob Wilson em seu novo espetáculo, Cacilda 5, que estreia no Oficina deste sábado (26). Ele é mesmo genial.

Zé Celso vai fazer uma provocação a Bob Wilson em Cacilda 5 – Foto: Bob Sousa

Entrevista de Quinta
Falando nisso, causou furor a Entrevista de Quinta que Zé Celso deu a este colunista, com fotografias de Bob Sousa, no banheiro de seu apartamento. Todo mundo só fala nisso. Leia também.

Contagem regressiva
Falta só um dia para a estreia de Cacilda!!!!! A Rainha Decapitada. É neste sábado (26), às 19h. Um monte de gente vai.

Agenda Cultural da Record News

Zebrinhas na cena de sexo na peça Não Fornicarás: mudança na temporada – Foto: André Stéfano

Troca-troca
A Cia. Os Satyros, que não tem sossego, resolveu mexer outra vez no serviço das peças E Se Fez a Humanidade Ciborgue em 7 Dias. A partir de 4 de agosto, as sete peças serão apresentadas de segunda a sexta, sempre às 19h. Cada dia da semana terá uma. Anote aí para não se confundir: Não Vencerás (segunda); Não Permanecerás (terça); Não Saberás (quarta); Não Salvarás (quinta); Não Amarás (sexta); Não Morrerás (sábado) e Não Fornicarás (domingo).

Tome nota
O ingresso para as peças dos Satyros custa R$ 20 a inteira e R$ 10 a meia. Se alguém ainda não sabe, o Espaço dos Satyros Um fica na praça Roosevelt, 214, no centro de São Paulo. A nova temporada vai até 28 de setembro. Ah, a quem interessar possa, a peça com Phedra D. Córdoba cantando Beatles é Não Morrerás. E a do sexo explícito é Não Fornicarás.

Última chance
Adormecidos, também dos Satyros, encerra temporada neste fim de semana, no Satyros Um. Só tem nesta sexta (25) e sábado (26), às 19h. Depois, acaba. E pronto.

Novidade no ar
A nova peça dos Satyros, Pessoas Perfeitas, estreia em 14 de agosto. O texto é de Ivam Cabral e Rodolfo García Vázquez, que dirige. No elenco estão Henrique Mello, Julia Bobrow, Marta Baião, Eduardo Chagas, Adriana Capparelli, Fábio Penna e Ivam Cabral. Cadê a Cléo De Páris?

Com direção de Pedro Granato, Submarino estreia no Teatro Cultura Inglesa de SP – Foto: Divulgação

Mergulho profundo
Direto de Nova York, onde faz curso com outros diretores de diversas partes do mundo, Pedro Granato manda avisar que sua nova peça, Submarino, estreia no dia 2 de agosto no Teatro da Cultura Inglesa de São Paulo. O tema da obra é a morte.

Repeteco
Submarino tem texto de Leo Moreira, aquele que ficou importante depois de ganhar muitos prêmios. Tudo se passa em uma piscina, onde adolescentes praticam natação. Curioso notar que outra peça de Moreira, Escuro, com a Cia. Hiato, também se passava em uma piscina com torneio de natação. É obsessão?

Juliana Galdino não gostou da lista dos indicados ao Prêmio Shell em SP – Foto: Divulgação

Cadê meu troféu?
A atriz Juliana Galdino ficou revoltada porque a peça Tríptico Samuel Beckett, que tinha ela no elenco ao lado de Nathalia Timberg no CCBB de São Paulo, não recebeu nenhuma indicação ao Prêmio Shell de Teatro de SP. A lista dos indicados do primeiro semestre saiu na última terça (22) e causou rebuliço na classe teatral. Quem foi nomeado comemorou. Já quem foi esquecido ficou irritado. Galdino resolveu dar um apelido ao famoso prêmio. Para ela, agora é “Prêmio Hell”, uma referência à palavra inferno, em inglês. Eita!

Manual da Bisca: comédia faz nova temporada no Teatro Maria Della Costa – Foto: Divulgação

Comédia
Está de volta a São Paulo a peça Manual da Bisca. No palco, Janaina Maranhão, Thiago Tavares e Guy D’vallis contam a história de uma “mulher-biscate”. A temporada é no Teatro Maria Della Costa, na Bela Vista (r. Paim, 72). Toda quinta, 21h. Ingresso a R$ 40 a inteira e R$ 20 a meia-entrada.

Noveleiro
Charles Möeller, o famoso diretor de musicais, está assistindo Império, de Aguinaldo Silva. Está empolgado: “Finalmente um novelão”, afirmou. Também gosta de ver O Rebu. Já quando o assunto é Em Família, de Manoel Carlos, ele resume, simplesmente: “Helenas, adeus”. Então, tá.

Nathalia Timberg inaugurou o Teatro J. Safra com o monólogo Paixão, que fica até domingo – Foto: Caio Duran/AgNews

Dama
Nathalia Timberg inaugurou nesta quinta (24) o Teatro J. Safra, na Barra Funda, em São Paulo. Apresentou seu monólogo Paixão. Ao fim, recebeu flores dos produtores Maurício Machado (de azul) Eduardo Figueiredo. Foi aplaudidíssima por nomes como Eduardo Suplicy, Klara Castanho e Ana Lúcia Torre.

A pergunta que não quer calar
O que será que Ezequiel Neves, o Zeca, que era amigo da coluna, acharia do musical sobre Cazuza? Que pena que não dá mais para perguntar, já que ele está, lá em cima, com Caju, tomando mais uma dose…

Sergio Maciel, o Serginho, acompanhou a estreia em São Paulo do musical sobre seu ex-namorado, o cantor Cazuza, na primeira fila – Foto: Caio Duran e Thiago Duran/AgNews

O amor de Caju
Causou frisson nos fotógrafos a presença de Sergio Maciel, o Serginho, na sessão para convidados do musical Cazuza – Pro Dia Nascer Feliz, na última segunda (21), no Teatro Procópio Ferreira. Todo mundo só queria clicar o ex-namorado de Cazuza. Até porque, desde a partida de nosso roqueiro, quase ninguém da classe artística teve coragem de sair do armário. O mundo sem Cazuza ficou bem mais careta. Como ele faz falta com suas mentiras sinceras e suas verdades desconcertantes.

Como ela consegue?
Corajosa como sempre, Lucinha Araújo viu a estreia de Cazuza – Pro Dia Nascer Feliz do começo ao fim. Sentadinha e concentrada. E se emocionou muito, sobretudo nos momentos em que a obra mostra a luta de Cazuza para sobreviver à Aids. A mãe de Cazuza é uma verdadeira rocha. Afinal, perdeu há pouco também seu marido, João Araújo. E viu, representados no palco, os dois homens de sua vida que se foram. Como diria o poeta, só as mães são felizes.

A intelectual norte americana Susan Sontag é o novo amor do fotógrafo Bob Sousa – Foto: Divulgação

Romance
O fotógrafo Bob Sousa anda apaixonado por Susan Sontag. Aos curiosos de plantão, a coluna faz questão de esclarecer: é platônico.

E a gente de teatro?
Tem gente que não entendeu por que a SP Escola de Teatro chamou Fábio Porchat para dar a aula inaugural deste segundo semestre…

Balancê
Quem assistir à peça Toc Toc neste sábado (26), às 21h, no Teatro APCD, em Santana, São Paulo, receberá um presente. Ganhará entrada gratuita na Festa Julina da APCD, que acontece no mesmo dia, após a montagem, na sede da associação, ao lado do teatro.

Tacy de Campos vive a cantora Cassia Eller no musical que circula o Brasil – Foto: Divulgação

Fazendo as malas
Após fazer muito rock no Rio, o espetáculo Cássia Eller – O Musical (leia a crítica de Átila Moreno)faz turnê pelo Brasil. Entre 8 de agosto e 1º, fica em cartaz no CCBB da praça da Liberdade, em Belo Horizonte. No dai 19 de setembro, chegam ao CCBB da Sé, em São Paulo, onde fica até 10 de novembro. Eles ainda terão fôlego para ir a Brasília, onde se apresentam no CCBB do Distrito Federal entre 5 e 22 de dezembro, depois fazem uma miniférias, e voltam, ainda na capital federal, entre 9 e 26 de janeiro. Anotou?

Quer virar dramaturgo?
Acontece neste sábado (26), no Sesc Pompeia (r. Clelia, 93), em São Paulo, a oficina de dramaturgia com Priscila Gontijo. Custa R$ 10 a inteira, mas comerciário e dependente paga R$ 2. É preciso ter pelo menos 18 anos. Será dada entre 14h e 18h. Em pauta: exercício de criação, roteiro e escrita dramatúrgica. A ação encerra o mês de julho do projeto Cinco X Dramaturgia, ligado à peça C+a+t+r+a+c+a, que termina temporada no domingo (27). Informações pelo telefone 0/x/11 3871-7700.

Cléo De Páris nem liga que a achem pessimista: “Não vou fingir comercial de margarina” – Foto: Reprodução

Pequeno prazer
Na noite do último domigo (20), enquanto muitos paulistanos tremiam de frio, a atriz gaúcha Cléo De Páris tomava cerveja com gelo. “Sou bem louca”, definiu.

Comercial de margarina
Outro dia, ao lamentar a situação do mundo, sobretudo após o abatimento do avião na Ucrânia, cheio de pesquisadores sobre a Aids, Cléo De Páris contou que há quem fique nervoso com suas opiniões: “Perco amigos pela fama de pessimista”, confessou. Mas, nem liga. “Não vou fingir comercial de margarina”, vociferou.

Pequeninos
Avise a criançada: está de volta A Bela e a Fera. Desta vez, a obra tem direção de Andresa Gavioli e Mauro Pucca, no Teatro das Artes, do Shopping Eldorado. De 2 de agosto a 16 de novembro, sábado, 16h, domingo, 15h. Quer viver no mundo da fantasia? Então, vá.

Peça do povo
A Cia. do Miolo encena a peça Relampião no próximo dia 31 de julho, quinta, no Largo da Penha, na zona leste paulistana. Começa às 16h. Ninguém paga nada. Vai, gente!

Peça Relampião terá nova sessão gratuita no largo da Penha, em São Paulo – Foto: Joca Duarte

Curta nossa página no Facebook!

Leia também:

Saiba o que os atores fazem nos bastidores

Descubra tudo o que as misses aprontam

Tudo que você quer está num só lugar: veja!

Você pode gostar...

2 Resultados

  1. Phillipe disse:

    Miguel, o nome da atriz mirim é Klara Castanho. Que bom que ela, ainda nova, já tem bom gosto!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *