Por trás do pano – Rapidinhas teatrais

Einstein, com Carlos Palma, conta a vida do famoso cientista do Teatro de Arena, em SP – Foto: Divulgação

Por MIGUEL ARCANJO PRADO

Viva o Arena
O emblemático Teatro de Arena, ali na esquina da rua Teodoro Baima com rua da Consolação, no centro de São Paulo, recebe neste mês de setembro a ocupação Núcleo Arte Ciência no Palco da Cooperativa Paulista de Teatro. Neste sábado (6), às 21h, reestreia A Dança do Universo, com direção de Soledad Yunge e texto de Oswaldo Mendes. Já às quartas  e quintas, às 21h, fica em cartaz Einstein, peça sobre o célebre cientista escrita por Gabriel Emanuel e dirigida por Sylvio Zilber. E tem opção para os pequeninos também: No Mundo de Artur, aos sábados e domingos, às 16h, dirigida por Carlos Palma.

Eu canto e danço
A turma do Colégio Rio Branco, em São Paulo, resolveu entrar na onda dos musicais. Os alunos da chiquérrima escola do bairro de Higienópolis montaram Grease: Nos Tempos da Brilhantina. As apresentações são nesta sexta (5), às 20h, e neste sábado (6), às 16h.

Multidão
A encenação, que tem 40 artistas no elenco, é inspirada no espetáculo da Broadway dos anos 1970 é focada no público adolescente. A idealização é de José Vinícius Toro, ex-aluno da escola que foi estudar musicais nos EUA. A entrada é grátis.

Prorrogou
Por conta do sucesso, o ator Nilton Bicudo prorrogou a temporada de seu monólogo Myrna sou Eu até 13 de dezembro. Sempre aos sábados, às 18h, no Teatro Eva Herz da Livraria Cultura do Conjunto Nacional, em São Paulo. O ingresso é R$ 40. Nova chance para quem ainda não apareceu por lá.

Laerte Késsimos fez teste na internet e deu que deveria votar em Luciana Genro – Foto: Angelica Dass

Eleições
O ator Laerte Késsimos fez um teste na internet para ver com qual candidato à Presidência tinha mais afinidades. Deu Luciana Genro. “É que sou comunista”, explica.

Miami Beach
Falando em Laerte Késsimos, o filme Eric, do qual é protagonista, foi selecionado para o Festival de Curtas de Miami, na Flórida, EUA.

Fundo do mar
Submarino, com direção de Pedro Granato, volta ao cartaz no dia 9 de setembro no Centro Cultural São Paulo. As sessões serão terças e quartas, às 20h. Estão todos convidados.

Baianidade
A Bahia invadiu o teatro paulistano no Festival do Teatro Brasileiro. As peças no CCBB-SP são de graça. Conheça a programação.

Teatro Mínimo
A peça A Hora Errada fica em cartaz no Sesc Ipiranga, em São Paulo, até 30 de setembro. Sempre terça e quarta, 21h30. O texto é de Lourenço Mutarelli e a direção, de Tomás Rezende. A peça mostra uma nova ordem mundial.

Os Gigantes da Montanha faz temporada no Sesc Pinheiros, em São Paulo – Foto: Guto Muniz

Pira no Pirandello
O Grupo Galpão já marcou as datas das apresentações do espetáculo Os Gigantes da Montanha no Sesc Pinheiros, em São Paulo. A trupe de Belo Horizonte sobe ao palco do Teatro Paulo Autran nos dias 12, 13 e 14 de setembro. Anotou?

Bob, o pesquisador
O fotógrafo Bob Sousa vai apresentar sua pesquisa sobre a fotografia do teatro no 12º Seminário Internacional de Estudos Literários da Unesp, onde faz mestrado. O evento acontece na Faculdade de Ciências e Letras de Assis, no interior paulista, entre os dias 9 e 11 de setembro. O nome da pesquisa de Bob é A Fotografia como Tradução da Cena Teatral. Coisa fina.

As Damas de Paus
Quatro mulheres tentam preservar as tradições familiares. Este é o enredo da comédia musical As Damas de Paus, de Mara Carvalho, que estreia dia 12 de setembro no Teatro Fernando Torres, no Tatuapé, em São Paulo.

Zé Celso e Camila Mota em cena de Walmor y Cacilda 64: Robogolpe – Foto: Jennifer Glass

Malas prontas
A numerosa turma do Teat(r)o Oficina vai descer a serra pela rodovia Anchieta na próxima segunda (8). É que eles vão apresentar no Mirada, o Festival Ibero-Americano de Artes Cênicas de Santos,  a peça Walmor y Cacilda 64: Robogolpe, de Zé Celso.

Novidades
A curtíssima temporada santista, nos dias 9 e 10 de setembro, às 20h, terá novidades no elenco. Fred Steffen está de volta ao Oficina para fazer o papel do Robocop-Robogolpe, antes era feito por Acauã Sol. Joana Medeiros, que está causando como Tonia Carrero em Cacilda!!!!! A Rainha Decapitada, também entrou para o coro, assim como os atores Beto Mettig e Ana Hertmann.

Charuto cubano
Outra novidade em Santos será o cubano Ariel Rocha, que anda causando faniquito no Bixiga como o cavalo da peça Cacilda!!!!! A Rainha Decapitada.

Mais um
Para completar, também está no elenco de Walmor y Cacilda 64: Robogolpe o ator Eduardo Pelizzari, que já fez Malhação e participou do reality A Fazenda, da Record. Ele agora é um novo homem no Oficina. Os tempos de playboy bad boy ficaram para trás. Quem o vê por lá diz que é um outro rapaz. E justiça seja feita: está excelente como ator na peça Cacilda!!!!! A Rainha Decapitada. A coluna viu.

O Teat(r)o Oficina original: em Santos foi feita uma cópia de sua estrutura – Foto: Divulgação

Causou
A apresentação de Walmor y Cacilda 64: Robogolpe no Mirada causou comoção na equipe de produção do festival. Tudo porque nenhum teatro de Santos se encaixava nos moldes do prédio do Oficina em São Paulo, projetado por Lina Bo Bardi e Edson Elito. Foi preciso construir um espaço com duas arquibancadas, uma de frente para a outra, e com uma passarela no meio, no Engenho do Samba. Zé Celso aprovou.

Padrinho
Danilo Santos de Miranda, diretor regional do Sesc São Paulo e curador do Mirada, foi quem indicou a peça. Ele viu a montagem no Oficina e deu a ordem: quero Robogolpe em Santos. Dito e feito.

Boca de urna
Os meninos do Oficina contaram à coluna que a peça ganhou novos significados nesta véspera de eleição. Dizem que vai abalar as estruturas. Vão botar pra quebrar.

Balneário
Os meninos e meninas do Oficina já colocaram biquíni e sunga na mala. Querem ver se conseguem pegar uma prainha entre uma apresentação e outra. Tomara.

Fachada do Palácio das Artes, em Belo Horizonte: edital de artes cênicas aberto – Foto: Paulo Lacerda

Edital 1
Saiu nesta semana o edital do Prêmio Fundação Clóvis Salgado de Estímulo às Artes Cênicas 2014/2015. É um dos mais importantes de Minas. Além de financiar propostas de teatro e dança nas categorias montagem e circulação no interior de Minas e temporada no Teatro João Ceschiatti, o prêmio agora tem a Categoria Marcello Castilho Avellar. O nome é uma homenagem ao importante crítico mineiro. Quem levar nesta categoria vai se apresentar no Grande Teatro do Palácio das Artes, a principal sala teatral de Minas Gerais. Fique por dentro.

Edital 2
O Centro Cultural São Paulo também está com edital aberto. É a 1ª Mostra de Dramaturgia em Pequenos Formatos Cênicos. Como explica o curador de teatro da instituição, Kil Abreu, “é um edital para autores, mas não é apenas um concurso de textos, já que será finalizado com até três montagens a serem estreadas no CCSP no primeiro semestre de 2015”. As inscrições vão até 11 de outubro. Saiba mais.

Centro Cultural São Paulo está com edital aberto para novas peças – Foto: Carlos Rennó

Curta nossa página no Facebook!

Leia também:

Saiba o que os atores fazem nos bastidores

Descubra tudo o que as misses aprontam

Tudo que você quer está num só lugar: veja!

Você pode gostar...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *