Crítica: Juca de Oliveira encara sozinho Rei Lear para mostrar que amor de verdade não se compra

Sozinho no palco: Juca de Oliveira vive oito personagens em Rei Lear – Foto: João Caldas

Por MIGUEL ARCANJO PRADO

Fazer Rei Lear, de William Shakespeare, é um para qualquer ator com algum grau de consciência. E isto não falta a Juca de Oliveira, que completa 60 anos de carreira e 80 anos de vida em 16 de março de 2015.

Amante do desafio, o ator assumiu a peça inteira. O feito é inédito, até então ninguém tinha tido tal coragem de aceitar o desafio de transformar Rei Lear em um monólogo. Neste, o ator dá vida a oito diferentes personagens da história do rei vaidoso que descobre que duas de suas filhas não lhe querem tanto quanto pensava e sucumbe à loucura.

A adaptação do texto feita pelo poeta Geraldo Carneiro, que picotou o texto e colocou tudo em linguagem coloquial. Tal qual na polêmica dos clássicos da literatura adaptados para estudantes da rede pública, é perceptível um reducionismo em cima do texto shakespeariano. Sinal dos tempos?

A direção de Elias Andreato deixa Juca praticamente voando sozinho com seu talento: o ator surge diante de um fundo preto, com figurino simplório e sem arroubos na luz ou na trilha — um tanto quanto melodramática.

Isso tudo torna a montagem cansativa em alguns momentos não só para o público como também para o ator: é nítido o esforço de Juca ao fazer tantas vozes ao mesmo tempo.

Talento Juca de Oliveira tem de sobra. Isto todos nós sabemos, mas talvez tenha sido um exagero colocá-lo para abarcar tantos personagens ao mesmo tempo. Mesmo diante de um profissionalismo ímpar, é perceptível o cansaço vocal do ator ao longo da peça.

Apesar disso, o texto passa um recado mais do que atual, em um mundo onde vemos filhos matando pais a torto e a direito: afeto não deve ser misturado com poder ou dinheiro. Até porque amor, de verdade, não se compra.

Rei Lear
Avaliação: Bom
Quando: Sexta e sábado, 21h; domingo, 19h. 60 min. Até 12/10/2014
Onde: Teatro Eva Herz da Livraria Cultura do Conjunto Nacional (av. Paulista, 2073, Cerqueira César, São Paulo, tel. 0/xx/11 3170-4059)
Quanto: R$ 60 (inteira) e R$ 30 (meia-entrada)
Classificação etária: 14 anos

Curta nossa página no Facebook!

Leia também:

Saiba o que os atores fazem nos bastidores

Descubra tudo o que as misses aprontam

Tudo que você quer está num só lugar: veja

Você pode gostar...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *