Peça sobre Cora Coralina abre com entrada grátis

Amélia Bittencourt está em peça que conta a trajetória da poeta goiana Cora Coralina – Foto: Divulgação

Por MIGUEL ARCANJO PRADO

Doceira de mão cheia, foi na terceira idade que a goiana Cora Coralina (1889-1985) tornou-se uma das mais importantes poetas que o Brasil conheceu.

Para celebrar tão importante artista, estreia em São Paulo a peça Cora Coralina – Removendo Pedras e Plantando Flores, no Teatro do MuBE (av. Europa, 218).

A direção é de Lavínia Pannunzio, com texto de Mauro Hirdes que adaptou a biografia da autora, Cora Coragem, Cora Poesia, escrita por sua filha, Vicência Brêtas Tahan.

Nos dois primeiros dias, sábado (4), às 15h, e domingo (5), às 11h, as sessões terão entrada gratuita.

As outras apresentações que se sucederão até 30 de novembro, sempre nestes dias e horários, aos fins de semana, terão entrada a R$ 30 a inteira e R$ 15 a meia-entrada.

No elenco, estão Amélia Bittencourt, Anna Cecília Junqueira e Josué Torres.

Curta a nossa página no Facebook

Leia também:

Saiba o que os atores fazem nos palcos e nos bastidores

Descubra a cultura de uma maneira leve e inteligente

Todas as notícias que você quer saber em um só lugar

Você pode gostar...

1 Resultado

  1. Phillipe disse:

    1. Ah, Miguel, espero ver peças assim proliferando! O mundo necessita de suavidade, de poesia.
    2. Cada vez que leio qualquer poesia de Cora, eu me comovo. Com sua simplicidade, com seu lirismo, com sua grandiosidade espiritual, com sua sabedoria, com sua humanidade… A obra de pessoas como Cora é imortal.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *