Por trás do pano – Rapidinhas teatrais

Teatro do Kaos encena Os Sapatos que Deixei pelo Caminho em São Paulo – Foto: Sander Newton

Por MIGUEL ARCANJO PRADO

Andança
O Teatro do Kaos, principal grupo de Cubatão, subiu a serra para fazer temporada no Viga Espaço Cênico, ali pertinho o metrô Sumaré, em São Paulo. A turma apresenta a peça Os Sapatos que Deixei pelo Caminho, com direção de Marcos Felipe, da Mugunzá Cia. de Teatro, e argumento de Lourimar Vieira, que comanda o grupo com 17 anos de história na Baixada Santista.  A temporada vai até 26 de outubro, sexta e sábado, 21h, domingo, 19h, com entrada a R$ 20 a inteira. Conta a história de Poim, um migrante nordestino que tenta realizar seus sonhos em São Paulo. Poesia não vai faltar. Estão todos convidados.

Dança da chuva
Ao ver a chuva que voltou a cair, mesmo que timidamente, por São Paulo, a atriz Cléo De Páris declarou: “Ainda bem que voltou a chover. Já estava pensando que teríamos que explicar para as gerações futuras o que é um guarda-chuva: ‘isso a gente usava no tempo em que caía água do céu’.”

Gravidez
Phedra D. Córdoba não se conteve e fez uma revelação no último dia da peça Não Morrerás, com texto de Dráuzio Varella, no último domingo (28), no Satyros 1, em São Paulo. A atriz Katia Calsavara está grávida. De uma menina. Atuou a temporada já com a bebezinha em seu ventre. A coluna manda os parabéns à nova mamãe do pedaço. Que, por sinal, é também ótima atriz!

Cena da peça Pequeno Casaco Solitário, do Grupo Bagaceira, no Ceará – Foto: Divulgação

Criança feliz
Os cearenses estão rindo à toa. E não é só porque é deles o título de Miss Brasil. É que começa na próxima quinta (9) quarta edição do TIC 2014, o Festival Internacional de Teatro Infantil do Ceará. A programação, gratuita, acontece em oito locais de Fortaleza e Sobral. O tema? Solte a sua Imaginação. Eita!

Noite de gala
A entrega do 2º Prêmio Bibi Ferreira, dedicado ao teatro musical, já tem data marcada. Será em 13 de outubro, às 19h30, no Theatro São Pedro, na Barra Funda, São Paulo. A nata teatral paulistana já está convidada. O traje black tie é obrigatório. Chiquérrimo.

Mais um
São Paulo ganha novo teatro nesta sexta (3). É o Armazém Cultural SP, na rua dos Cariris, 48, em Pinheiros. Pertinho da estação do metrô Faria Lima. O comando do espaço é de Eduardo Peixoto e Lucas Lentini. A temporada será aberta com uma apresentação de Kabarett, da Cia. da Revista. Venham todos para o cabaret!

Deto Montenegro, com atores autistas da Oficina dos Menestréis: exemplo de cidadania – Foto: Divulgação

Teatro para todos
Depois de participar da novela O Rebu na Globo, o ator Deto Montenegro voltou com tudo aos trabalhos na Oficina dos Menestreis, em São Paulo. Ele reúne 27 atores no musical Aut 2, feito com crianças e adolescentes autistas. Todos os domingos de outubro, às 16h30, no Teatro Dias Gomes. Belo exemplo.

Patrimônios paulistanos
Vinte e dois grupos de teatro de São Paulo foram declarados patrimônio imaterial pelo Conpresp, o Conselho Municipal do Patrimônio Histórico, Cultural e Ambiental de São Paulo: Centro Internacional de Teatro Ecum (Cit Ecum); Teatro Oficina Uzyna Uzona; Teatro da Vertigem; Espaço Satyros; Galpão do Folias; Núcleo Bartolomeu de Depoimentos; Espaço Os Fofos Encenam; Casa Laboratório para as Artes do Teatro (Cacá Carvalho); Sede Luz Do Faroeste; Casa Livre (Cia Livre); Casarão da Escola Paulista de Restauro (antigo Redimunho de Teatro); Teatro Heleny Guariba (antigo Studio 184); Teatro Commune; Club Noir; Teatro do Incêndio; Espaço da Cia do Feijão; Espaço Maquinaria; Teatro do Ator; Casa Balagan e Café Concerto Uranus. Parabéns a todos pela vitória.

Maternal
Stella Freitas e Cassia Linhares estão na montagem Querida Mamãe, de Maria Adelaide Amaral, que estreia nesta sexta (3), no Teatro J. Safra, em São Paulo. A direção é do casal Susana Garcia e Herson Capri.

Nome gigante: Paula Cohen embarca em espetáculo solo sob direção de Pedro Granato – Foto: Priscila Prade

Reta final
Paula Cohen está concentrada para a estreia de seu espetáculo solo  neste sábado (4), às 20h30, no Teatro MuBE Nova Cultural, no Jardim Europa, em São Paulo. Prepare-se que o nome da peça é enorme mesmo: As Lágrimas Quentes de Amor que Só o Meu Secador Sabe Enxugar. O texto é da própria atriz junto do diretor Pedro Granato. Demorou três anos para ficar pronto. Vai, gente.

Nova casa
Ex-pupilo de Antunes Filho, o ator Lee Taylor já se sente em casa no Instituto de Artes da Unesp, na Barra Funda, em São Paulo. Levou para lá o NAC, seu Núcleo de Artes Cênicas. Agora é curso de extensão na Universidade Estadual Paulista “Júlio de Mesquita Filho”, a convite do professor doutor Alexandre Mate.

A Menina e o Pássaro Encantado leva a obra de Rubem Alves para as crianças – Foto: Divulgação

Viva Rubem Braga!
O grande escritor e educador Rubem Alves, que nos deixou este ano, certamente ficaria feliz ao saber da estreia do espetáculo A Menina e o Pássaro Encantado. Em cena, a atriz Mariana Castilho, fã do autor, interage com projeções e canções, o que deixa as crianças hipnotizadas diante de tanta beleza. A direção é de Adriane Gomes, que idealizou o projeto ao lado da atriz. A peça fica em cartaz de 4 a 26 de outubro, aos sábados e domingos, às 15h, no Teatro da Livraria da Vila do shopping JK Iguatemi. O ingresso sai R$ 30 inteira e R$ 15 a meia-entrada.

Largadas no mundo
Diogo Spinelli está fazendo os últimos preparativos para a estreia da peça A Idade da Ameixa, que vai dirigir com a Cia. Alô, Doçura, no Teatro Comunne, em São Paulo. A primeira sessão é neste sábado (4). Fará temporada até 25 de outubro, sábado, 21h30, e domingo, 20h30, com entrada a R$ 30. O texto é do argentino Aristides Vargas. Conta a história de duas irmãs que se veem sozinhas no mundo com a morte da mãe.

Enquanto tiver água: peça paulistana acontece às margens da represa Billings – Foto: Divulgação

Beira
Em tempos de anúncio de falta de água na torneira, a represa Billings, na zona sul de São Paulo, é o cenário da nova peça da Cia. Humbalada, À Margem. A montage tem entrada gratuita e conta a história de três nômades que chegam em um barco e contam causos de sua trajetória pelas ruas do bairro Jardim Gaivotas. O escritor mineiro Guimarães Rosa também serviu de inspiração. A temporada é de sexta a domingo, às 16h, até 26 de outubro. A peça dura 120 minutos e pode ser vista por 60 pessoas em cada sessão. A entrada é gratuita. Coisa bonita de se ver.

Curta nossa página no Facebook!

Leia também:

Saiba o que os atores fazem nos bastidores

Tudo que você quer está num só lugar: veja!

Você pode gostar...

2 Resultados

  1. Phillipe disse:

    1. Que a Katia Calsavara tenha um bom parto! Tudo de bom para ela e para a criança!
    2. A Miss Ceará não era minha favorita, mas, se ganhou, torcerei muito por ela, pois é ela quem representará o Brasil no Miss Universo! Boa sorte para ela!
    3. Muitíssimo feliz de ver o Espaço Os Fofos Encenam ser declarado patrimônio imaterial. Aquele pessoal já passou por vários percalços (quem lê o blog sabe) e essa notícia me deixou feliz por aquele espaço!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *