Satyrianas tem peça em carro, bicicleta e guindaste

Carros estacionados na praça Roosevelt, em São Paulo, viram cenário das Autopeças – Foto: Eduardo Enomoto

Por MIGUEL ARCANJO PRADO
Fotos EDUARDO ENOMOTO

Experiência de teatro intimista não faltam na Satyrianas 2014. O evento chega ao fim à meia-noite deste domingo (23), tendo exibido mais de 600 atrações com participação de 2.500 artistas.

Um dos projetos de teatro exclusivo é o Autopeças. Nele, após pegar ingresso para as disputadas sessões na bilheteria da praça Roosevelt, ao preço de pague quanto puder, os espectadores têm a chance de vivenciar uma experiência única: ver peças encenadas dentro de um automóvel ou ainda na garupa de uma bicicleta, como acontece na peça Volume Morto, escrita por Zen Salles. Na obra, o ator Adriano Carmona levará apenas um espectador em sua bicicleta pelas ciclovias do centro paulistano, tudo devidamente filmado e depois disponibilizado pela internet. Tem sessão única neste domingo (23), às 19h.

Em A Inevitável Seita do Vazio, os atores Marcio Tito Pellegrini, Lívia Carvalheiro e Malu Rodrigues, também autores e diretores da obra, abordam o desconforto que muitos sentem quando chega o fim do ano e surge aquele enorme vazio no peito. A apresentação é neste domingo (23), às 21h.

Corpos, peça escrita pelo dramaturgo Afonso Jr. de Lima, questiona o lugar do homem no mundo contemporâneo a partir do corpo em experiência, com atuação e direção de Léo Kildare Louback e Juan Manuel Tellategui. Tem sessões neste domingo (23), às 18h30, 19h, 19h30 e 20h.

Também foram apresentadas nas Satyrianas 2014 as autopeças Alfred, com texto e direção de Danilo Dal Lago e Fábio Melo, com atuação de Camilo Schaden, Leonardo Oliveira e Felipe Ferracioli; e também De Quem Você Ri, com texto de Célia Regina Forte e direção de Henrique Mello e Thiago Mendonça, com Dani Moreno e Julia Bobrow no elenco.

Guindaste do Grupo Sensus é atração concorrida na Satyrianas – Foto: Eduardo Enomoto

15 metros de altura

Além de carro e bicicleta, um guindaste com dois artistas do Grupo Sensus chamou a atenção do público na praça Roosevelt.

Ele elevou um espectador de cada vez, vendado, a 15 metros de altura, enquanto ouvia um texto exclusivo. A exclusividade fez dela uma das atrações mais concorridas da Satyrianas 2014.

Guindaste eleva público a 15 metros de altura: Grupo Sensus na Satyrianas 2014 – Foto: Eduardo Enomoto

Veja a cobertura completa do R7 na Satyrianas

Curta nossa página no Facebook!

Leia também:

Saiba o que os atores fazem nos bastidores

Descubra tudo o que as misses aprontam

Tudo que você quer está num só lugar: veja!

Você pode gostar...

2 Resultados

  1. Phillipe disse:

    Aplaudo as Satyrianas, ainda que não concorde com certos enredos e determinados posicionamentos de certas companhias. Mas jamais desqualificaria o evento, até porque seria burrice de minha parte não reconhecer a magnitude do evento. É importante, sim! É notável, sim! Mas, obviamente, não concordo com tudo o que é proposto. Concordo, sim, com a visão da maioria das peças, mas não com a visão disseminada por todas.

  2. Paula disse:

    Boa tarde, Miguel,
    Tudo bom?
    Não, não nos conhecemos, apesar de ser jornalista e também acompanhar a cena cultural de São Paulo.
    Na verdade, estou escrevendo para elogiar a cobertura de vocês das Satyrianas 2014.
    Não, também não sou assessora de imprensa do evento ou algo parecido, mas sou amante de teatro e achei bacana o espaço que foi dado ao festival – acho que o maior do que vi por aqui.
    As fotos também ficaram excelentes.
    Parabéns a todos os envolvidos e ótima semana!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *