Armazém lança duas peças recentes em livro

Onde está a ética? Cena da peça O Dia em Que Sam Morreu, agora em livro – Foto: Divulgação

Por MIGUEL ARCANJO PRADO

Desde 2002, a Armazém Cia. de Teatro, faz questão de publicar suas peças inéditas no Projeto Memória. O grupo acaba de lançar dois livros com as duas recentes obras da trupe: A Marca da Água e O Dia em Que Sam Morreu, ambos pela Editora Kan.

O primeiro traz em 104 páginas o histórico da peça sobre uma mulher quarentona que se depara com um peixe no quintal. O segundo, com 136 páginas, apresenta a obra sobre um hospital mergulhado na falta de ética.

Os dois textos são de Maurício Arruda Mendonça e Paulo de Moraes, que dirigiu os dois premiados espetáculos.

A Marca da Água teve elenco formado por Patrícia Selonk, Ricardo Martins, Marcos Martins, Marcelo Guerra e Lisa Eiras. Já O Dia em Que Sam Morreu contou com os atores Jopa Moraes, Lisa Eiras, Marcos Martins, Otto Jr., Patrícia Selonk e Ricardo Martins.

A memoria do teatro brasileiro agradece a iniciativa.

Curta a nossa página no Facebook

Leia também:

Saiba o que os atores fazem nos palcos e nos bastidores

Descubra a cultura de uma maneira leve e inteligente

Todas as notícias que você quer saber em um só lugar

Você pode gostar...

1 Resultado

  1. Phillipe disse:

    Aplaudo a iniciativa!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *