Brasil perde Odete Lara: veja a bela atriz em 7 fotos

Odete Lara foi uma das atrizes mais bonitas que o Brasil conheceu – Foto: Divulgação

Por MIGUEL ARCANJO PRADO

O Brasil perdeu nesta quarta (4) a grande atriz Odete Lara, aos 85 anos, no Rio. O velório acontece no Parque Lage, e o corpo será cremado nesta quinta (5), em Nova Friburgo, região serrana fluminense.

Com quatro dezenas de filmes no currículo, Odete foi um dos principais rostos de nosso cinema nas décadas de 1950, 1960 e 1970. Sua beleza encantou não só diretores de televisão, teatro e cinema como também a medalhões da música popular brasileira, já que a atriz também cantava. E bem.

Paulistana, era filha de imigrantes italianos, de quem puxou os olhos claros e profundos. Trabalhou nas extintas TVs Tupi e Excelsior e encantou grandes nomes como Chico Buarque e Vinícius de Moraes. Fez shows ao lado de ambos e ainda gravou o disco Vinicius e Odete Lara, em 1963, com composições do Poetinha e Baden Powell, pela gravadora Elenco.

Mas os felizardos que tiveram o prazer de chamá-la de minha mulher foram só três: o dramaturgo e diretor Oduvaldo Vianna Filho, o novelista Euclydes Marinho e o cineasta Antonio Carlos Fontoura. Ela não teve filhos.

Como uma grande diva misteriosa, Odete resolveu abandonar a carreira de atriz no auge, quando se converteu ao budismo e se isolou na região serrana fluminense. O público jamais entendeu sua ausência, mas soube respeitar sua escolha. Ela recusou fazer a personagem Odete Roitman na novela Vale Tudo, de 1988, papel que marcaria para sempre a trajetória de sua substituta, Beatriz Segall, e a história da televisão.

Sua última aparição em novela foi em Pátria Minha, em 1994. Depois, não quis saber mais dos holofotes.

O Atores & Bastidores do R7 presta uma última homenagem à atriz com sete fotos que explicitam sua enorme beleza e sua trajetória ímpar em nossa cultura.

Ao lado de Jece Valadão, no clássico filme Boca de Ouro, de Nelson Pereira dos Santos, baseado na peça de Nelson Rodrigues, em 1963 – Foto: Divulgação

Odete Lara no filme Antonio das Mortes, dirigido por Glauber Rocha, em 1969 – Foto: Divulgação

Odete Lara em cena do filme Rainha Diaba, de 1974 – Foto: Divulgação

Odete Lara contracena com Cláudio Marzo, no filme Copacabana me Engana, de 1968, dirigido por Antonio Carlos da Fontoura – Foto: Divulgação

Politizada à esquerda, Odete Lara participa com coragem de passeata contra a ditadura militar (quinta da esq. p/a dir.) na década de 1960, ao lado das colegas Eva Todor, Tonia Carrero, Eva Wilma, Leila Diniz e Norma Bengell – Foto: Divulgação

Odete Lara no filme Rainha Diaba, de Antonio Carlos da Fontoura, de 1974 – Foto: Divulgação

Você pode gostar...

13 Resultados

  1. orivaldo domingosgonalves disse:

    eu nâo a conheci, nem a vi atuando,mas pelas fotos alem de bonita acho que era uma grande atris.

  2. Solange disse:

    A foto: “Odete Lara no começo de sua carreira, nos anos 1950” na verdade é a atriz italiana Monica Vitti.

    • Miguel Arcanjo Prado disse:

      Solange, obrigado pelo aviso. O erro foi corrigido. Um forte abraço e volte sempre aqui no blog com sua leitura tão atenta!

  3. Lafa Villela disse:

    Cessa tudo quando a antiga musa se ausenta. Odete Lara, a maior estrela do cinema brasileiro em sua época, a que mais marcou por sua beleza, seu grande talento, sua versatilidade (gravou cantando com Vinicius e sozinha no LP “Contrastes”, escreveu sua própria biografia no livro “Eu Nua”) – uma lembrança indelével que fica para os que como eu a amaram. Paz e Descanso.

  4. Lafa Villela disse:

    Cessa tudo quando a antiga musa se ausenta. Odete Lara, a maior estrela do cinema brasileiro em sua época, a que mais marcou por sua beleza, seu grande talento, sua versatilidade (gravou cantando com Vinicius e sozinha no LP “Contrastes”, escreveu sua própria biografia no livro “Eu Nua”) – uma lembrança indelével que fica para os que como eu a amaram. Paz e Descanso.

  5. Newde Caruso disse:

    A foto com a legenda “Odete Lara no começo de sua carreira, nos anos 1950 – Foto: Divulgação” não de Odete Lara, mas da atriz italiana Monica Vitti.

  6. Phillipe disse:

    Odete era belíssima e também muito misteriosa. No final da vida, estava bem esotérica. Como tenho um lado esotérico, soube porque vi o nome dela vinculado ao esoterismo. Ela era uma pessoa que buscava muito o lado espiritualizado da vida.

  7. Fernando Mousinho disse:

    Morre uma grande brasileira. Odete Lara pertenceu a uma geração de homens e mulheres comprometidos com a cultura e com o povo brasileiro; que acreditou e lutou com ternura pela plenitude da liberdade. Menino adolescente, na minha cidade Natal, ouvi muito os LP’s dessa bossanovista inesquecível. O Brasil necessita resgatar sua obra -e de tantos outros-, para iluminar a retomada da trilha da utopia realizável.
    Esteja em Paz, companheira.
    Fernando Mousinho

  8. Carlos Alberto disse:

    A quarta foto é da atriz italiana Monica Vitti.

  9. Elizabeth disse:

    É muito bom ver a Odete Lara ser lembrada depois de tanto tempo fora das telas. Eu só queria observar que alguém da divulgação fez alguma confusão e colocou uma foto da Monica Vitti, atriz italiana, como se fosse Odete Lara. Até que são um pouco parecidas, mas não são a mesma pessoa. Basta ver no link http://theredlist.com/wiki-2-24-224-523-view-hollywood-cinecitta-stars-profile-monica-vitti-michelangelo-antonioni.html

    • Miguel Arcanjo Prado disse:

      Elizabeth, obrigado pelo aviso. O erro foi corrigido. Continue conosco sempre com sua leitura tão atenta. Forte abraço!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *