Oficina faz jantar forte para desfilar com a Nenê

Com Elisete Jeremias à frente, ala do Oficina na Nenê ensaia no Anhembi – Foto: Guilherme Godoy

Por MIGUEL ARCANJO PRADO

Já está tudo pronto para o desfile do Teat(r)o Oficina na ala Um Povo que Sorri, que vai encerrar o carnaval da Nenê de Vila Matilde, na primeira noite do Carnaval de São Paulo, na madrugada deste sábado (14).

Para que os 80 atores estejam bem dispostos no sambódromo do Anhembi, haverá um jantar com comidas típicas de Moçambique na sede do Oficina, no Bixiga, a partir das 23h deste sexta (13). De lá, já devidamente alimentados, os atores partirão para o sambódromo.

Os pratos serão preparados pelo ator e chef oficial do Oficina, Alessandro Ubirajara, que também é artista plástico e faz pratos cheios de conceito. Ao R7, ele revela o cardápio: “Xima e Caril de Amendoim com Galinhas. Shima ou Xima é uma massa de milho cozida com água e sal, alimento forte que salvou a vida de muitas famílias em época de guerra ou seca”.

Alessandro Ubirajara é o chef responsável pela comida moçambicana – Foto: Bob Sousa

A parceria do Oficina com a escola já dura cinco anos. O diretor José Celso Martinez Corrêa e a atriz e modelo Vera Valdez serão destaques da ala. Não custa nada lembrar que Vera foi a modelo queridinha de ninguém menos do que Coco Chanel. A cantora Célia Nascimento também estará no desfile.

O enredo da Nenê, sob comando do carnavalesco Magoo, é Moçambique – A Lendária Terra do Baobá Sagrado. Quando esteve no exílio, Zé Celso participou da revolução socialista no país africano. Zé aproveitou a deixa para exibir aos foliões o documentário 25, feito por ele e Celso Lucas em 1975 sobre a Revolução de Moçambique.

Ala Um Povo que Sorri ensaia no palco do Oficina – Foto: Ricardo Martins

A Nenê de Vila Matilde já conquistou 11 títulos de campeã do Carnaval de São Paulo. A ala Um Povo que Sorri é dirigida por Elisete Jeremias, e conta com o apoio de Marcio Telles, diretor de harmonia da Nenê, que também coreografou a ala ao lado de Uilson Alves. Victor Gally assina a produção executiva, e Marcelo. Drummond, a encenação.

Rodrigo Fidelis, Carlota Joaquina e Camila Mota vão garantir a boa evolução da ala na avenida, enquanto Bernardo Cruz ficará de olho na harmonia.

Curta a nossa página no Facebook

Leia também:

Saiba o que os atores fazem nos palcos e nos bastidores

Descubra a cultura de uma maneira leve e inteligente

Todas as notícias que você quer saber em um só lugar

Você pode gostar...

1 Resultado

  1. Phillipe disse:

    Gostaria de provar a comida do Chef Ubirajara. Deve ser boa!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *