Após norte-americanos cancelarem vinda, Balé Teatro Guaíra abre Festival de Teatro de Curitiba

Cena de Cinderela, com Balé do Teatro Guaíra: abre do Festival de Curitiba – Foto: Karin Vander Broocke

Por MIGUEL ARCANJO PRADO

Reza o ditado que santo de casa não faz milagre. Pois o Festival de Teatro de Curitiba resolveu contrariá-lo ao convidar seu conterrâneo, o Balé Teatro Guaíra, o mais importante do Paraná e um dos principais do Brasil, para abrir sua 24ª edição, no próximo dia 24 de março. O festival vai até o dia 5 de abril com o melhor das artes cênicas brasileiras e terá cobertura do R7, como já é tradição.

O espetáculo de dança contemporânea Cinderela, criado para os 45 anos da companhia e com coreografia do espanhol Gustavo Sansano, fica no lugar do norte-americano Forces, que deixou a programação de última hora. Além da apresentação para convidados no dia 24, repetirá a dose para o grande público no dia 25.

Segundo a comunicação do Festival de Teatro de Curitiba informou a o R7, Forces precisou cancelar a vinda a Curitiba porque teve problemas para despachar os cenários de Nova York, por conta das fortes nevascas recentes.

Arte do Paraná em destaque

É a primeira vez que o Balé Teatro Guaíra abre o Festival de Teatro Curitiba. O comando do evento vê uma maneira de reaproximação com as raízes artísticas em seu entorno: “É uma boa oportunidade de valorizar a produção local ocupando lugar de destaque dentro da programação”, diz Leandro Knopfholz, diretor geral do evento.

Ele lembra que o espetáculo teve apenas quatro apresentações no ano passado. “O público merece mais duas oportunidades para assistir essa grande produção do Balé Teatro Guaíra que abrirá o festival com chave de ouro”, afirma. As apresentações serão no próprio Teatro Guaíra, o mais tradicional do Estado paranaense.

Sansano, diretor de Cinderela, diz que a produção “é um presente para o público”, por “agradar adultos e crianças” em um “espetáculo que valoriza a criatividade, unindo diversas linguagens”. A obra tem coordenação de Cintia Napoli, figurinos de Gerson Amaral e cenografia de Luis Crespo.

Acompanhe a cobertura do R7 no Festival de Teatro de Curitiba!

Curta a nossa página no Facebook

Leia também:

Saiba o que os atores fazem nos palcos e nos bastidores

Descubra a cultura de uma maneira leve e inteligente

Todas as notícias que você quer saber em um só lugar

 

Você pode gostar...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *