Mendigo bêbado grita em peça e vira destaque em Curitiba

No palco e na plateia também: peça paulista Spon Spoff Spend mostra o cotidiano de mendigos – Foto: Lina Sumizono/Clix

Por MIGUEL ARCANJO PRADO
Enviado especial do R7 a Curitiba*
Fotos LINA SUMIZONO/Clix

Um grupo inusitado de pessoas na plateia chamou mais atenção do que o próprio espetáculo Spon Spoff Spend, que estreou no Teatro Bom Jesus, na noite desta quarta (25), no Festival de Teatro de Curitiba.

A estudante de artes cênicas Júlia de Campos Moura resolveu, em parceria com a produção da peça, levar 14 moradores de rua para ver a sessão da peça que retrata justamente esta temática.

Muita gente na plateia, ao ver os mendigos entrarem no teatro, fez cara de nojo.

Cerca de dez espectadores não suportaram ocupar o mesmo espaço que os moradores de rua e se retiraram da peça, revoltados.

Contudo, quem ficou pode ver um espetáculo à parte. Quem realmente roubou a cena foi um dos moradores de rua.

Bêbado, ele interagiu o tempo todo com a peça. Gritava alto e respondia aos diálogos dos atores, todo desinibido.

A peça é da Cia. Maracujá Laboratório de Artes, de São Paulo, com o diretor convidado Fernando Escrich.

O tema da obra é justamente a convivência em uma comunidade de mendigos, que vira tema de um filme.

Ao fim da encenação no palco curitibano, os mendigos do palco e da plateia foram fortemente aplaudidos.

*O jornalista Miguel Arcanjo Prado viajou a convite do Festival de Teatro de Curitiba.

Acompanhe em tempo real o R7 no Festival de Teatro de Curitiba 2015!

Curta a nossa página no Facebook

Leia também:

Saiba o que os atores fazem nos palcos e nos bastidores

Descubra a cultura de uma maneira leve e inteligente

Todas as notícias que você quer saber em um só lugar

Você pode gostar...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *