Grupo de SP investe R$ 3.000 para estar no Festival de Curitiba com peça inspirada em Marisa Monte

Disco de Marisa Monte foi o mote criativo do espetáculo do Grupo Atocontínuo – Foto: João Hannuch

Por MIGUEL ARCANJO PRADO
Enviado especial do R7 a Curitiba*
Foto JOÃO HANNUCH

O Grupo Atocontínuo, que trabalha desde 2007 em São Paulo, está no Festival de Teatro de Curitiba com a peça Memórias, Crônicas e Declarações de Amor.

A peça foi inspirada no álbum homônimo da cantora carioca Marisa Monte, lançado em 2000 e que faz a cabeça da trupe. No palco, falam de relações de amor vividas pelos atores.

A peça será apresentada neste sábado (4), 20h, e no domingo (5), 14h, no Teatro Cleon Jacques (r. Mateus Leme, 4777).

Esta é a segunda vez que o grupo participa do Fringe, a mostra paralela do Festival. Eles já estiveram no evento em 2011. O texto é de Danilo Dal Lago, com direção de Rafael Truffaut. No elenco, estão Eder Bastos, Fernanda Hebe, Fernanda Otaviano, Simone Pierri, Tom Paranhos e Vanessa Ouros.

O grupo tem artistas egressos da SP Escola de Teatro, do Incenna, ECA-USO e de outras instituições paulistanas. “Estamos estreando a peça no Festival de Curitiba, pretendemos estrear em São Paulo no segundo semestre. Vai ser uma aquecida e um começo de diálogo com o público”, afirma Tom Paranhos.

Ele revela que a companhia investiu R$ 3.000 de suas economias para estar com oito artistas no Festival. Simone Pierri ressalta o fato de em Curitiba o grupo se apresentar “para um público desconhecido”.

“Muitas vezes em estreia em São Paulo, sempre temos conhecidos na plateia. A previsibilidade de reação é maior, já em um Festival você encara uma interação direta com o público que ainda não nos conhece nem nossa proposta”.

Vanessa Ouros concorda. “É arriscado, então você não sabe o que esperar. “É um desafio bom para o artista estar fora de casa”, finaliza.

*O jornalista Miguel Arcanjo Prado viajou a convite do Festival de Teatro de Curitiba.

Acompanhe em tempo real o R7 no Festival de Teatro de Curitiba 2015!

Curta a nossa página no Facebook

Leia também:

Saiba o que os atores fazem nos palcos e nos bastidores

Descubra a cultura de uma maneira leve e inteligente

Todas as notícias que você quer saber em um só lugar

Você pode gostar...

1 Resultado

  1. Phillipe disse:

    Certamente a apresentação para um público desconhecido é um desafio. Boa sorte ao povo da peça!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *