Com quase 400 peças, Fringe movimenta Curitiba; veja 20 fotos

Amanda Amaral na comédia O 8º Andar, dirigida por Roger Batista no Fringe, no Festival de Curitiba – Foto: Jorge Mariano

Por MIGUEL ARCANJO PRADO
Enviado especial do R7 a Curitiba*

Não existe lugar mais democrático do que o palco do Fringe, a mostra paralela do Festival de Teatro de Curitiba. Em espaços espalhados por toda a cidade, artistas vindos de todo o Brasil tentam um lugar ao sol na cena teatral brasileira. Há de tudo. Mas, cada peça acaba encontrando seu público no Festival, que chega ao fim neste domingo (5). O Fringe em 2015 teve mais de 400 montagens exibidas e a participação de cerca de 2.700 artistas. O Atores & Bastidores do R7 separou algumas imagens feitas pelos fotógrafos da brava equipe da Clix. Veja só quanta coisa diferente:

Cena do show Amira Massabki e Quebrada Trio – Freakmusic Tupiniquim dos Tempos Atuais de Agora – Foto: Jorge Mariano/Clix

 

Cena do infantil A Banca Tribus Apresenta Pararatimbu – Foto: Solomon/Clix

Abel e a Fera encantou as crianças nas ruas de Curitiba – Foto: Lina Sumizono/Clix

Os pequeninos se divertiram com o infantil paranaense A Busca de Tu-Hu – Foto: Lina Sumizono/Clix

Irreverente, A Vaca Pródiga misturou parábola bíblica com o mundo teatral – Foto: Annelize Tozetto/Clix

E teve outra vaca no Fringe: cena da peça A Vaca Lelé – Foto: Ester Gehlen/Clix

Peça carioca Beleza Negra celebrou a cultura afro-brasileira nas ruas curitibanas – Foto: Virginia Benevenuto/Clix

Peça catarinense Baú do Tesouro hipnotizou o público no largo da Ordem – Foto: Annelize Tozetto/Clix

O Coletivo Lambe Lambe, de Pernambuco, instigou o público paranaense com seu teatro de miniaturas – Foto: Virginia Benevenuto/Clix

Performance Fissura envolveu o público com véu nas ruas curitibanas – Foto: Solomon/Clix

Cena da performance Encruzilhada, que falou sobre o encontro com o outro – Foto: Lina Sumizono/Clix

“Permitir-se ao outro é estar em uma encruzilhada”, perguntou o espetáculo Encruzihada – Foto: Lina Sumizono/Clix

Cena de Iliada Canto XIV, com Eliane Campelli, na Sala Londrina – Foto: Annelize Tozetto/Clix

A comédia catarinense O Jumento e a Moça divertiu o público com muita irreverência – Foto: Ester Gehlen/Clix

O Jumento e a Moça apostou na irreverência para quebrar tabus sexuais – Foto: Ester Gehlen/Clix

A banda Pakitos Cuecacuela animou o centro de Curitiba – Foto: Solomon/Clix

Público assiste à peça Vizinhos em frente à UFPR – Foto: Jorge Mariano/Clix

Peça Tennessee celebrou o grande autor norte-americano – Foto: Annelize Tozetto/Clix

Fagner Zadra se apresenta no espetáculo Tesão Piá, sucesso em Curitiba – Foto: Ester Gehlen/Clix

*O jornalista Miguel Arcanjo Prado viajou a convite do Festival de Teatro de Curitiba.

Acompanhe em tempo real o R7 no Festival de Teatro de Curitiba 2015!

Curta a nossa página no Facebook

Leia também:

Saiba o que os atores fazem nos palcos e nos bastidores

Descubra a cultura de uma maneira leve e inteligente

Todas as notícias que você quer saber em um só lugar

 

Você pode gostar...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *