Por trás do pano – Rapidinhas teatrais

Esplêndidos - Foto: Ronaldo Gutierrez/Divulgação

Esplêndidos estreia no Teatro Aliança Francesa – Foto: Ronaldo Gutierrez/Divulgação

O cerco está fechado

O espetáculo Esplêndidos, dirigido por Eduardo Tolentino, traz sete mafiosos que estão cercados no sétimo andar de um hotel de luxo em Paris, na França. O grupo mantém um jovem policial e a filha de um milionário como reféns. A polícia fica sem ação, enquanto a cidade inteira parou querendo saber o que vai acontecer. Luxúria, traição, morte, os célebres bandidos agem em meio ao caos em que tudo é possível para se salvar, até mesmo travestir-se. A peça entra em cartaz nesta sexta-feira (22), no Teatro Aliança Francesa, em São Paulo, e fica em cartaz até o dia 12 de julho. Apresentações de quinta a sábado, às 20h30, e domingo, às 19h. Ingressos R$ 20 e classificação 14 anos. Informações: 0/xx/11 3017-5699.

Lerê, lerê

Em 2016, a Marcenaria Cultural pretende produzir Escrava Isaura – O Musical. Baseado na obra clássica de Bernardo Guimarães, um dos romances mais conhecidos no mundo, o espetáculo tem estreia prevista já para o primeiro semestre. O projeto é uma coprodução Brasil-EUA, mirando temporada na Broadway (que chique!). A versão terá roteiro adaptado pelos dramaturgos norte-americanos Daniel Bort e Shawn Northrip. O compositor brasileiro Carlos Bauzys será o responsável por conceber as 23 músicas. A direção será de Jeff Whting e os figurinos do incansável Fause Haten. O elenco ainda não foi confirmado.

Lucas Domso e Charles Paraventi dividem o palco - Foto: Divulgação

Lucas Domso e Charles Paraventi dividem o palco – Foto: Divulgação

Profissional do sexo

O sexo ainda é tabu? Essa é a questão mote da comédia de esquetes dirigida por Claudio Torres Gonzaga, Congresso Nacional de Sexologia, que estreia neste sábado (23), às 19h, no Teatro Bibi Ferreira, em São Paulo. Com texto de Lucas Domso, que divide os palcos com Charles Paraventi e Daniela Brescianini, o espetáculo apresenta um grupo de especialistas em sexo que pesquisa a fundo a vida sexual de pessoas normais, colocando câmeras em suas casas e participando dos seus cotidianos. A montagem segue em cartaz até 26 de junho. Ingressos: R$ 60. Classificação: 16 anos. Informações: 0/xx/11 3105-3129.

Prorrogado

A Hora e Vez prorrogou temporada no Parlapatões, em São Paulo. Durante o mês de junho, o teatro ganha quatro sessões extras, às sextas-feiras, 19 e 26, às 21h, e aos domingos, 21 e 28, às 19h. O monólogo é inspirado na obra A Hora e a Vez de Augusto Matraga, de João Guimarães Rosa, com Rui Ricardo Ruiz, que também adaptou o texto. A direção é de Antonio Januzelli. Ingressos R$ 30 e classificação 16 anos. Informações: 0/xx/ 3061-9799.

Noitadas em Paris

Mario Bortolotto estreia adaptação do romance Tanto Faz, de Reinaldo Moraes, nesta sexta-feira (22), no Teatro Cemitério de Automóveis, em São Paulo. Bortolotto estará entre os 21 atores do elenco além de assinar direção, sonoplastia e iluminação. A história de concentra nas aventuras etílicas e sexuais do economista Ricardo Mello, durante o período em que esteve em Paris, na França, para cumprir uma bolsa de estudos, no final dos anos 70. Ele não realiza nada, mas se joga numa vida regada a Lou Reed, Burowski, bebidas, mulheres e drogas. A temporada vai até o início de julho. Sextas e sábados, às 21h30, domingos, às 20h30. Ingressos R$ 30 e classificação 16 anos. Informações: 0/xx/11 2371-5744.

Suzy Rego divide o palco com Eduardo Martini - Foto: Erick Almeida

Suzy Rego divide o palco com Eduardo Martini – Foto: Erick Almeida

Coisa de casal

Em Até que o Casamento Nos Separe, o público conhece um pouco da intimidade de Maria Eduarda (Suzy Rego) e Otávio (Eduardo Martini), durante 20 anos de história. Durante a peça eles falam com muito bom humor sobre assuntos pertinentes a qualquer casal: TPM, almoço em família, dia dos namorados, a lua de mel, o cotidiano da casa, a divisão de tarefas, as brigas, o balanço da relação e, claro, de amor. O espetáculo estreia nesta sexta-feira (22), no Teatro União, em São Paulo, e fica em cartaz até o dia 31 de julho. Apresentações às sextas, 21h30, ingressos a R$ 60. Classificação 14 anos. Informações: 0/xx/ 11 2104-2908.

Inscrições abertas
Termina no dia 30 de maio as inscrições para a 1ª Mostra de Teatro de Heliópolis, que selecionará espetáculos produzidos em comunidades populares e periferias do Estado de São Paulo. Realizada pela Associação Ação Comunitária Nova Heliópolis, Cia. de Teatro Heliópolis e MUK, a Mostra acontecerá no período de 1º a 9 de agosto. A programação será composta por oito apresentações de espetáculos teatrais (adultos e infantis), 6 intervenções artísticas, workshop de teatro físico, oficina de produção cultural, rodas de conversas, sarau e debates. A curadoria fica a cargo do crítico e pesquisador Alexandre Mate. Os grupos, entidades ou artistas independentes que se enquadrarem no perfil do evento poderão fazer suas inscrições por meio de uma ficha de inscrição disponível no site (www.ciadeteatroheliopolis.com.br/mostra) do projeto. Os grupos selecionados receberão cachês por suas apresentações. A direção artística fica a cargo de Miguel Rocha e Daniel Gaggini será responsável pela produção do evento.

Curta a nossa página no Facebook

Leia também:

Saiba o que os atores fazem nos palcos e nos bastidores

Descubra a cultura de uma maneira leve e inteligente

Todas as notícias que você quer saber em um só lugar

Você pode gostar...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *