Por trás do pano – Rapidinhas teatrais

Bilac vê Estrelas - Foto: Divulgação

Bilac vê Estrelas estreia no Espaço Promon – Foto: Divulgação

Do R7

Viagem no tempo

A história se passa no início do século XX e apresenta personagens históricos como o poeta Olavo Bilac (André Dias) e o jornalista José do Patrocínio (Sergio Menezes), em uma trama cômica que mistura ficção e realidade, onde os dois amigos têm que enfrentar a cobiça de uma espiã portuguesa (Amanda Acosta), que se alia ao Padre Maximiliano (Caike Luna), interessados no projeto de um dirigível, criado por Patrocínio. Para acompanhar as aventuras dos personagens pelas ruas do Rio e por cenários clássicos da cidade, como a Confeitaria Colombo, Nei Lopes compôs xotes, valsas, lundus, quadrilhas francesas, maxixes, fados, modinhas e até ária de ópera. Baseado em obra de Ruy Castro, o musical Bilac vê Estrelas estreia nesta sexta (29), no Espaço Promon, no bairro do Itaim, em São Paulo. Informações: 0/xx/11 4003-1212. A peça fica em cartaz até 26 de julho. Ingresso: R$ 60. Classificação 12 anos.

Últimas chances

O espetáculo Abnegação II – O Começo do Fim, do grupo Tablado de Arruar, faz duas apresentações extras nos dias 3 e10 de junho, quarta-feira, às 20 horas, na Oficina Cultural Oswald de Andrade, em São Paulo. Com texto de Alexandre Dal Farra, a peça expõe com violência a trajetória contraditória de um partido de esquerda que, em um momento de ampliação de seu alcance, ao mesmo tempo em que galga novas posições ampliando o seu horizonte político, cede mais e mais à dinâmica criminosa e cínica que organiza e estrutura o poder no capitalismo em geral, e de forma ainda mais clara na sua versão marginal e periférica. Classificação 16 anos. Grátis. Informações 0/xx/11 3222-2662.

Foto: Divulgação

Uma entrevista inusitada

Uma rádio anuncia que uma companhia de teatro de São Paulo chega para entrevistar o poeta Patativa do Assaré. O que seria uma entrevista costumeira se transforma num diálogo entre o popular e o erudito, o urbano e o rural e culmina com a denúncia de um dos primeiros ataques aéreos contra civis dentro do território brasileiro, que não consta nos livros oficiais da história do Brasil. Eis o ponto de partida para o espetáculo Concerto de Ispinho e Fulô, da Cia do Tijolo, que se reapresenta no TUSP, após cinco anos, às quartas e quintas, 20h. A montagem conta também sobre o massacre no Sítio Santa Cruz do Deserto, em que mais de mil camponeses de uma recém-criada comunidade-modelo foram assassinados em 1937 pelo Exército, que temia uma nova Canudos. Em cartaz até o dia 18/6/2015. Ingressos a R$ 20. Informações: 0/xx/11 3123-5233.

A Praça no palco

O humorístico A Praça é Nossa  completou 50 anos no ar, sem nunca ter levado  seu formato da TV para apresentações ao vivo. Esta história começou a  mudar no dia 31 de março último,  quando Matheus Martone, que interpreta o personagem Matheus Ceará, armou uma apresentação em sua casa em Campinas. O Proibidão da Praça chega agora a São Paulo para cinco apresentações no Pikadeiro Fun House. A apresentação será de Marcelo de Nóbrega, com o elenco de atores em apresentações rotativas. Entre eles: Saulo Laranjeira, Paulinho Gogó, Paulo Pioli, Giovani Braz e Matheus Martone, entre outros. Estreia dia 2 de junho e fica em cartaz até o dia 30 de junho, toda terça, às 22h. Classificação 18 anos. Ingresso a R$ 50. Informações: 0/xx/11 4003-1212.

Tragédia do poder

Oleanna chega ao Sesc Pompeia encenado pela Cia Teatro Epigenia, depois de três temporadas no Rio de Janeiro, turnês e festivais em todo Brasil. O texto é considerado um dos mais polêmicos das últimas décadas, no qual Mamet cria um cenário em que encontros e desencontros são levados ao extremo, quando origens e processos de raciocínio distintos não são superados. Citada pelo próprio Mamet como uma tragédia do poder e da incomunicabilidade, o espetáculo oferece ao público um grande trunfo para o jogo teatral: a livre interpretação, proporcionando uma reflexão pessoal sobre os acontecimentos após o término da peça. Estreia dia 30 de maio e se estende até 5 de julho, no Espaço Cênico, de sexta a domingo. Classificação 16 anos. Ingressos a R$ 25. Informações: 0/xx/11 3871-7700.

Curta a nossa página no Facebook

Leia também:

Saiba o que os atores fazem nos palcos e nos bastidores

Descubra a cultura de uma maneira leve e inteligente

Todas as notícias que você quer saber em um só lugar

 

 

Você pode gostar...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *