Por trás do pano – Rapidinhas teatrais

Arllete Montenegro em cena da comédia De Artista e Louco Todo Mundo Tem um Pouco: até 28 de junho – Foto: Divulgação

Por MIGUEL ARCANJO PRADO

Reta final
A turma da comédia De Artista e Louco Todo Mundo Tem um Pouco pede para a coluna avisar a seus ávidos leitores que a obra está em suas últimas semanas de apresentação. Portanto, é bom ter atenção e se programar logo. O espetáculo fica em cartaz até o dia 19 de julho no Teatro Bibi Ferreira, em São Paulo. As apresentações acontecem sempre às sextas e sábados, às 21h, e domingo, às 20h. No elenco, está Arllete Montenegro, uma das divas da história da televisão brasileira. Poderosa.

Performance
O ator carioca Diogo Liberano apresenta a performance O Narrador em São Paulo. Entre esta sexta (12) e 1º de agosto, no Sesc Ipiranga. É inspirada no filósofo alemão Walter Benjamin (1892-1940), aquele que todo mundo de ciências humanas precisa ler.

Quem fala demais…
Um ator com farta carreira no teatro underground paulistano, na época da polêmica sobre a peça do grupo Os Fofos Encenam, aquela que continha blackface e foi acusada de racismo, resolveu fazer uma convocação em rede social. Conclamou os defensores do grupo para um suposto protesto em defesa da trupe teatral no qual os atores (brancos?) fossem à porta do Itaú Cultural com a cara pintada de preto. Sim, em uma espécie de movimento de massa blackface. Como não tivemos notícia do tal protesto, pelo jeito ninguém deu muita bola. Só faltou o moço sugerir que o figurino da marcha fosse inspirado nas vestes da Ku Klus Kan, né?

Mestre
Nosso Bob Sousa, o fotógrafo do teatro, é o novo mestre em artes cênicas da praça. Defendeu dissertação de mestrado sobre seus Retratos do Teatro nesta quinta (11), na Unesp, e foi aprovado com louvor. A coluna manda os parabéns.

Zé Celso está contente por ter vencido processo na Justiça – Foto: Bob Sousa

Só alegria
Nem a forte gripe (esse ar de São Paulo está cada vez mais seco e irrespirável) consegue tirar a alegria de Zé Celso, nosso grande diretor, por ter vencido o processo movido por um padre goiano contra o Oficina. O padre queria ver Zé e os atores Mariano Mattos Martins e Tony Reis atrás das grades. Mas, não conseguiu. Ah, Mariano e Tony falaram ao blog sobre como se sentiram com tudo isso. Leia a Entrevista de Quinta com os dois.

Festa no Bixiga
Por conta da vitória, o fim de semana vai ser de festa no Oficina no sábado e no domingo. Estão todos convidados.

Arraiá
A Gambiarra, a Festa marcou sua comemoração junina para o próximo dia 19 de junho, sexta-feira, no Via Matarazzo (av. Francisco Matarazzo, 764, Água Branca). Começa às 23h e a entrada é R$ 50, mas atores com DRT pagam só R$ 25. Vai ter carne louca, cachorro-quente e até maçã do amor. Eita!

Baby
Silvia Gomez, a dramaturga mineira mais linda de São Paulo, está feliz da vida. Estreia nesta sexta (12), no Centro Cultural São Paulo (CCSP), sua peça Mantenha Fora do Alcance do Bebê. A montagem abre a 1ª Mostra de Dramaturgia em Pequenos Formatos Cênicos do CCSP, cuja curadoria teatral está nas mãos do inquieto Kil Abrel. Além de Débora Falabella, o elenco da peça traz Anapaula Cseernik e Jorge Emil. Merda.

De volta: as mineiras Débora Falabella e Yara de Novaes foram escolhidas as melhores atrizes de 2013 pela APCA pelo espetáculo Contrações – Foto: João Caldas

Chefe maldita
Contrações, a premiada peça com Yara de Novaes e Débora Falabella, volta ao cartaz em São Paulo no Teatro Porto Seguro na próxima quarta (17). A peça mostra uma chefe inescrupulosa e desvenda o horror do mundo corporativo.

De volta para o futuro
Florilégio Musical II – Nas Ondas do Rádio reestreia neste sábado (13) no Teatro Viradalata (r. Apinajés, 1387), em São Paulo. A peça tem no elenco Carlos Moreno, o eterno Garoto Bombril.

Sessão de autógrafos
Paula Autran lançou o livro Teoria e Prática do Seminário de Dramaturgia do Teatro de Arena (Dobra Editorial) na última quarta (10), na Casa das Rosas, em São Paulo. A mesa de debates contou com Lauro César Muniz e Sérgio de Carvalho.

Elenco poderoso: Loucas por Eles estreia no dia 19 no Teatro Augusta, em SP – Foto: Divulgação

Mulheres à beira de um ataque de nervos
As atrizes Suely Franco, Ellen Rocche, Cynthia Fallabela, Vera Mancini e Fafá Rennó e o diretor Fernando Cardoso vão receber a imprensa no Teatro Augusta na próxima segunda (15) para um cafezinho e bate-papo sobre a peça Loucas Por Eles. Estreia na sexta (19), às 21h30. O texto é do argentino Marcos Carnevale, traduzido por ninguém menos do que Walcyr Carrasco.

Monólogos na Maria Antônia
A Cia. Hiato volta a fazer seu espetáculo Ficção em São Paulo, desta vez no Tusp da rua Maria Antônia. De 29 de julho a 21 de agosto, sempre de quarta a sexta, às 20h30, com ingresso a R$ 20 a inteira. A coluna descobriu o cronograma. Às quartas, apresentam-se Luciana Paes e Paula Picarelli. Já às quintas, é a vez de Maria Amélia Farah e Thiago Amaral subirem ao palco. Já às sextas, Aline Filócomo e Fernanda Stefanski são as estrelas. Nos dias 5, 6 e 7 de agosto também haverá bate-papo. Anotou?

Grupo Esparrama: da janela que dá para o Minhocão eles espalham poesia para SP – Foto: Divulgação

Poesia concreta
O grupo Esparrama estreia sua nova peça em uma janela do Edifício Benedito, em frente para o Minhocão, em São Paulo. A obra se chama Minhoca na Cabeça. Será neste domingo (14), às 10h. A peça reflete sobre o medo que as cidades grandes geram em seus moradores.

E agora, que faço eu da vida sem você?
O musical Lisbela e o Prisioneiro passa a ser encenado no Teatro APCD, em Santana, a partir deste sábado (13). No elenco, estão Ligia Paula Machado, Luiz Araújo e Beto Marden. A direção é de Dan Rosseto e Ligia Paula Machado. A nova temporada tem a estreia de Millene Ramalho, que substitui Marilice Cosenza, que precisou deixar a produção. No repertório, músicas que vão mexer com seu coração.

Clássico
A peça de Jorge Andrade Os Ossos do Barão, já adaptada para a TV, ganha versão para os palcos em São Paulo no Espaço Cultural Encena (r. Sargento Estanislau Custódio, 130, Vila Sônia). Todo sábado deste mês, às 20h30. Cada um paga quanto puder. Não vale ser pão duro.

A partir da esquerda: o francês Olivier Nakache, autor do filme Intocáveis, Marcella Guttmann, produtora e idealizadora do espetáculo no Brasil, Iacov Hillel, diretor teatral e Éric Toledano, também autor do longa francês – Foto: Divulgação

Visita ilustre
Os autores do filme francês Intocáveis, Olivier Nakache e Éric Toledano, conferiram em São Paulo a adaptação para os palcos de sua obra, produzida por Marcella Guttman e dirigida por Iacov Hillel. Eles viram uma sessão especial realizada nesta quarta (10) e gostaram muito da adaptação, cujo texto foi assinado por José Rubens Siqueira. No elenco, estão Aílton Graça, Marcello Airoldi, Eliana Guttman, Bruna Miglioranza, Livia La Gatto (que já foi Musa do Teatro R7), Ricardo Ripa e Fernando Oliveira. A peça ainda tem participação em vídeo de Zézé Motta. Fica até 30 de agosto no Teatro Renaissance, em São Paulo.

Trabalho nas férias
Rodolfo García Vázquez parece mesmo incansável. Depois de retomar a saga do Marquês de Sade com elenco fresco e renovado no Satyros, vai dar um cursinho de férias de direção na SP Escola de Teatro, dentro da área de Extensão Cultural da instituição. As inscrições são abertas e gratuitas.

Mudado
Um jovem diretor paulistano, que tinha subido o ego na cabeça, agora, dizem, está mais humilde. Vamos ver até quando dura.

O ator Marcello Serrado: duas sessões de seu solo no Tatuapé, em SP – Foto: Divulgação

Solo de humor
O ator Marcello Serrado apresenta seu monólogo E o Que Temos pra Hoje nos dias 20 e 27 de junho, às 23h30, no Teatro Fernando Torres, no Tatuapé, em São Paulo. Depois, vai começar a ensaiar o próximo musical de Miguel Falabella. Faz muito bem.

Curta a nossa página no Facebook

Leia também:

Saiba o que os atores fazem nos palcos e nos bastidores

Descubra a cultura de uma maneira leve e inteligente

Todas as notícias que você quer saber em um só lugar

Você pode gostar...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *