Arnaldo Jabor usa celular durante peça de teatro

O cineasta e comentarista Arnaldo Jabor fez um telefonema durante a peça – Foto: Reprodução

Por MIGUEL ARCANJO PRADO

O cineasta e comentarista da Globo Arnaldo Jabor foi assistir à peça Um Bonde Chamado Desejo, no Tucarena, em São Paulo, na noite deste sábado (20).

Inquieto, ele mexeu em seu celular várias vezes durante a sessão, incomodando quem estava próximo, com a luzinha do aparelho acesa.

Contudo, Jabor, para espanto dos espectadores e artistas no palco, resolveu, com a peça em andamento, fazer uma ligação.

Atores e público puderam ouvi-lo dizer: “Alô, João Pedro? Estou numa peça de teatro, posso te ligar depois?”.

Eduardo Moscovis, ator que estava em cena naquele momento, fuzilou Jabor com os olhos.

Antes de a peça começar, a produção emite aviso sonoro, pedindo a todos os espectadores que desliguem seus celulares.

Curta a nossa página no Facebook

Leia também:

Saiba o que os atores fazem nos palcos e nos bastidores

Descubra a cultura de uma maneira leve e inteligente

Você pode gostar...

3 Resultados

  1. Alice disse:

    Que tremenda grosseria! Até parece que ele é um analfabeto que nunca entrou em um teatro! Decepcionante, Arnaldo.

  2. Phillipe disse:

    Eduardo Moscovis parece ser do tipo boa-praça. Não ouço falar dele que seja do tipo entojado ou que namore gente que ostente acessórios que valem o valor equivalente a um carro, o que, convenhamos, é até agressivo com quem ganha o salário mínimo com tanto esforço.

  3. Edson Gomes disse:

    Além de reacionário é um mal educado que sequer respeita o trabalho de um ator, bem como incomoda seus vizinhos de platéia. É, ele, assim como dizia o Bozó (do Chico Anysio): “Eu também trabalho na Globo”.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *