Após conquistar 14 milhões com TV de qualidade, canal Arte 1 aposta em novidades

A apresentadora Gisele Kato durante a Bienal de Veneza: Arte 1 aposta em público inteligente e sofisticado - Foto: Divulgação

A apresentadora Gisele Kato durante a Bienal de Veneza: Arte 1 aposta em público inteligente e sofisticado – Foto: Divulgação

Por MIGUEL ARCANJO PRADO

Ele chegou de mansinho, mas logo foi conquistando não só o telespectador inteligente, como também a classe artística nacional. Tudo por conta de seu estilo e sofisticação. O canal pago Arte 1 celebra dois anos de vida com praticamente 14 milhões de assinantes.

Para comemorar o feito, estreia neste mês de agosto 380 horas de conteúdo especial, em parceria com grandes distribuidores mundiais, como a BBC e a Imovision.

Em conversa com o site durante a Feira e Congresso ABTA 2015, em São Paulo, Caio Luiz de Carvalho, diretor executivo do Arte 1, qualifica o canal como “uma vitória” do Grupo Bandeirantes.

“Temos um público altamente qualificado. E os artistas são apaixonados pelo Arte 1”, afirma o executivo, antes de revelar que o canal tem 11 séries nacionais em andamento.

O diretor executivo do Arte 1, Caio Luiz de Carvalho - Foto: Carol Gherandi/Divulgação

O diretor executivo do Arte 1, Caio Luiz de Carvalho – Foto: Carol Gherandi/Divulgação

Grandes coberturas

Entre as últimas grandes coberturas feitas pela equipe de jornalismo do canal, sob comando da editora-chefe Gisele Kato, Carvalho aponta as reportagens feitas na Feira Literária Internacional de Paraty e também a cobertura da Bienal de Veneza e lembra que o canal aposta em um modelo diferenciado de relação com o mercado. “Fazemos entregas inteligentes, duradouras e diferenciadas para nossos anunciantes”, afirma.

Diretor de conteúdo do Arte 1, Luciano Cury conta que o canal aposta em coproduções com grandes produtoras nacional, sem perder sua identidade visual, espécie de xodó do canal.

“De uns tempos para cá começamos a utilizar recursos do cinema, como várias lentes na hora de gravar. Isso acrescenta muito na percepção que o público tem do canal. No Arte 1 a gente é mais chato com isso. Assim, nossa produção jornalística fica com cara de cinema, de documentário”, afirma.

Cena do espetáculo Dança Sinfônica, do Grupo Corpo, cujos direitos de exibição em TV foram adquiridos pelo Arte 1 - Foto: José Luiz Pederneiras/Divulgação

Cena do espetáculo Dança Sinfônica, do Grupo Corpo, cujos direitos de exibição em TV foram adquiridos pelo Arte 1 – Foto: José Luiz Pederneiras/Divulgação

Grupo Corpo

Entre os destaques do pacote de novidades do Arte 1 está a atenção especial, por exemplo, aos 40 anos do Grupo Corpo, sediado em Belo Horizonte e uma das principais companhias de dança do mundo e que estreou nesta semana duas novas montagens: Suíte Branca e Dança Sinfônica.

A reportagem apurou que o Arte 1 vai exibir com exclusividade na TV os espetáculos inéditos do Corpo, além de apresentar pílulas em sua programação contando a trajetória dos mineiros, já que o Arte 1 tem os direitos do acervo de imagem do grupo.

Filme belga O Garoto da Bicicleta é uma das apostas do Arte 1 - Foto: Divulgação

Filme belga O Garoto da Bicicleta é uma das apostas do Arte 1 – Foto: Divulgação

Séries e filmes de sucesso

Outro charme do pacote são a série Sherlock, que ganhou o Emmy 2014, e os filmes No, de Pablo Larraín, com Gael García Bernal, o vencedor do Oscar Amour,  de Michael Haneke, e Tetro, de Francis Ford Coppola.

Outros também chamam a atenção na grade: O Garoto da Bicicleta, dos irmãos Jean-Pierre e Luc Dardenne, e Coco Chanel e Igor Stravinsky, de Jan Kounen, além do nacional A Festa da Menina Morta, de Matheus Nachtergaele.

O Arte 1 também investiu em documentários. Um deles é Twiggy – The Face of 60’s, sobre a modelo mais requisitada da década que revolucionou o mundo, e também Pina Bausch, filme em 3D de Wim Wenders, sobre a famosa coreógrafa alemã.

Um dos carros-chefes da produção própria do Arte 1, além dos programas semanais Arte 1 em Movimento, Estilo Arte 1 e o Arte 1 ComTexto, é o Especial Arte 1, uma série de 26 documentários já produzidos nos quais grandes nomes da arte falam sobre suas trajetórias.

O canal conseguiu, por exemplo, o depoimento exclusivo da artista visual Tomie Ohtake, pouco antes de sua morte. Outros nomes fortes da série foram o diretor teatral Zé Celso, o músico Tom Zé e o diretor de fotografia Walter Carvalho. A programação robusta e elegante faz o canal ser queridinho do presidente do Grupo Bandeirantes, Johnny Saad.

Tanta qualidade já rende reconhecimento. O Arte 1 recebeu Menção Honrosa da APCA (Associação Paulista de Críticos de Artes), entidade da qual este jornalista é membro, e também o Prêmio ABCA, na categoria Difusão das Artes Visuais na Mídia. Mais que merecido.

Documentário no Arte 1 vai contar a história de Twiggy, a modelo que é a cara dos anos 60 - Foto: Divulgação

Documentário no Arte 1 vai contar a história de Twiggy, a modelo que é a cara dos anos 60 – Foto: Divulgação

Você pode gostar...

1 Resultado

  1. agosto 7, 2015

    […] Saiba mais sobre as novidades do Arte 1 […]

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *