O Retrato do Bob: Maria Alice Vergueiro, a pantera imortal

A atriz e diretora Maria Alice Vergueiro - Foto: Bob Sousa

A atriz e diretora Maria Alice Vergueiro – Foto: Bob Sousa

Foto BOB SOUSA
Por MIGUEL ARCANJO PRADO

Aos 80 anos e encenando a própria morte no palco, na peça Why the Horse?, a pantera Maria Alice Vergueiro está mais viva do que nunca. Porque sabe que sua arte é imortal. Nome fundamental dos palcos brasileiros, ela sempre trouxe frescor e irreverência para a cena. Seu destino é mesmo ser underground, polêmica, criativa, sem fazer concessões com sua arte. Maria Alice não tem medo do novo e nele se joga de forma visceral. Sorte a nossa.

*BOB SOUSA é fotógrafo e mestre em Artes Cênicas pela Unesp. Autor do livro Retratos do Teatro, ele publica sua coluna O Retrato do Bob toda segunda-feira.

Você pode gostar...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *