Dois ou Um com Cal Titanero

O ator Cal Titanero - Foto: Divulgação

O ator Cal Titanero – Foto: Divulgação

Por MIGUEL ARCANJO PRADO

O ator Cal Titanero tem a missão de ser Arandir, um dos mais emblemáticos personagens criados por Nelson Rodrigues, na peça O Beijo no Asfalto. A obra dirigida por Marco Antonio Braz está em cartaz até 27 de setembro no Teatro Augusta (r. Augusta 943), em São Paulo, com sessão sexta, 21h30, sábado, 21h, e domingo, 19h, com entrada a R$ 40. Arandir tem sua vida virada do avesso a partir do momento em que beija outro homem na boca, no caso, um moribundo que pediu o ósculo como seu último desejo. Também produtor teatral, ator formado pelo Teatro Escola Macunaíma e Escola de Atores Wolf Maya, com mais de 20 peças no currículo, Cal aceitou o desafio de participar da coluna Dois ou Um. Dez perguntas cheias de possibilidades. Ou não.

Palco ou bastidor?
Palco para viver, bastidores para sobreviver.

Vida calma ou vida corrida?
Férias de duas semanas por ano, já está bom!

Um de cada vez ou tudo junto e misturado?
Pega a senha e entra.

Nelson Rodrigues ou Plínio Marcos?
Perdão, Plínio, mas sou rodriguiano todos os dias…

Jornalismo cultural ou imprensa sensacionalista?
Viva Boeachat e Miguel Arcanjo Prado.

Doce ou salgado?
Bolacha bono de morango com café preto.

Inverno ou verão?
Outono e primavera, tudo que é extremo não curto não…

Chuva ou sol?
Sou devoto de São Pedro, mas odeio guarda-chuva.

Bossa nova ou rock’n’roll?
O filho de minha amiga Carminha Manfredini: Renato Russo.

Tenho andando distraído ou O show de todo artista tem de continuar?
Só que agora é diferente. Estou tão tranquilo e tão contente…

Leia outras edições da coluna Dois ou Um

 

Você pode gostar...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *