Rapidinhas Teatrais

A atriz cubana Vivian Acosta, da Compañia Galiano 108, de Cuba, que se apresenta na X Mostra Latino-Americana de Teatro de Grupo - Foto: Divulgação

A atriz cubana Vivian Acosta, da Compañia Galiano 108, de Cuba, que se apresenta na X Mostra Latino-Americana de Teatro de Grupo – Foto: Divulgação

Por MIGUEL ARCANJO PRADO

Soy loco por ti
A 10ª edição da Mostra Latino-Americana de Teatro de Grupo acontece em São Paulo entre 30 de outubro e 8 de novembro. Com realização da Cooperativa Paulista de Teatro, conta com 12 espetáculos: oito nacionais e quatro internacionais. No palco, haverá grupos de Natal, Ribeirão Preto, São Paulo, Cuba, Chile, Equador e Argentina. Coisa boa. Confira a programação completa e programe-se!

Paulinho Faria e Cléo De Páris no filme Hipóteses para o Amor e a Verdade - Foto: Divulgação

Paulinho Faria e Cléo De Páris no filme Hipóteses para o Amor e a Verdade – Foto: Divulgação

Mais uma chance
O filme Hipóteses para o Amor e a Verdade, primeiro longa do grupo Satyros, terá sessão especial neste sábado (24), às 23h, no Caixa Belas Artes, ali na esquina de rua da Consolação com av. Paulista. No elenco estão Cléo De Páris e Paulinho Faria.

Horror na Roosevelt
Um grupo de skinheads está tocando o terror na praça Roosevelt, reduto do teatro alternativo no centro de São Paulo. Nesta semana, um músico foi agredido e foi parar na Santa Casa. Segundo relato de Ivam Cabral, ator do Satyros, um artista do grupo também quase foi espancado. Ele foi salvo na hora porque estava com um grupo grande de amigos. O horror.

A pergunta que não quer calar…
Onde está a polícia nessas horas? Quando a violência se instaura em um dos endereços mais democráticos da cidade, é preciso que a polícia garanta a segurança da população. Afinal, todos pagamos nossos impostos em dia para isso.

Parklet em frente à SP Escola de Teatro da praça Roosevelt: espaço de convivência - Foto: SP Escola de Teatro/Divulgação

Parklet em frente à SP Escola de Teatro da praça Roosevelt: espaço de convivência – Foto: SP Escola de Teatro/Divulgação

Alegria na Roosevelt
Na contramão da violência, a fachada da SP Escola de Teatro, na praça Roosevelt, está bem mais aprazível. É que desde esta quinta (22) as duas vagas de garagem que ficavam frente ao prédio deram lugar a um Parklet, aquele espaço de convivência adorado pelos moderninhos da cidade.

Forinho
A Cia. Balagandança marcou para o dia 27 de outubro, a próxima terça, uma discussão sobre seus 18 anos. Será no Itaú Cultural da avenida Paulista, 149, a partir das 15h. Vão discutir brincadeiras, dança e improvisação. O nome do evento é 5º Forinho. Que graça.

Para que eu quero descer
A política atual inspirou o grupo Quatroloscinco – Teatro do Comum a criar sua nova peça, Ignorância. Estreou nesta semana, em Belo Horizonte. Necessária.

Gotas D'água sobre Pedras Escaldantes volta ao Capobianco até pertinho do Natal - Foto: Juju Photostudio/Divulgação

Luciano Chirolli, Gilda Nomacce e Felipe Aidar: Gotas D’água sobre Pedras Escaldantes volta ao Capobianco até pertinho do Natal – Foto: Juju Photostudio/Divulgação

Eu voltei
Artistas de peças que já passaram pelo Instituto Cabobianco voltarão ao espaço com suas peças neste fim de ano. É a terceira edição do projeto Terceira Margem. O objetivo é que peças apoiadas voltem em temporadas gratuitas. A primeira será Na Selva das Cidades – em Obras Ocupação #2, da mundana companhia, dirigida por Cibele Forjaz. Entre 28 de outubro e 1º de novembro. Depois, é a vez de Gotas D’água sobre Pedras Escaldantes, entre 6 de novembro e 20 de dezembro, com direção de Rafael Gomes. A programação ainda inclui encontros, oficinas e palestras. Programe-se.

Eu voltei 2
A peça Os Estranhos que Nos Habitam, de Wagner D’Ávilla, voltou ao cartaz. Dessa vez, ocupa o Espaço dos Parlapatões, na Roosevelt, com Bruno Narchi, Carina Gregório e Diego Antunes. Todos sob direção de Antônio Ranieri. Vai, gente.

Cidade Vodu tem atores brasileiros e haitianos no elenco - Foto: Christina Rufatto/Divulgação

Cidade Vodu tem atores brasileiros e haitianos no elenco – Foto: Christina Rufatto/Divulgação

O Haiti é aqui
O Teatro de Narradores apresenta seu próximo projeto teatral, que só estreia em 2016, na próxima terça (27), no Itaú Cultural, dentro do projeto Terça Tem Teatro, com entrada grátis. O nome é Cidade Vodu. No elenco, estão atores brasileiros e haitianos, discutindo a onda migratória atual dos caribenhos para o Brasil. A pesquisa é desenvolvida no bairro do Glicério, região central de São Paulo, onde os imigrantes se concentram.

O Haiti não é aqui
A peça chega em um momento de bastante tensão, após a fotografia de um haitiano tomando banho em um mictório, feita pelo fotógrafo Ronny Santos, do Grupo Folha, ganhar o Prêmio Vladimir Herzog de 2015. A Missão Paz, que acolhe os imigrantes e onde a imagem foi feita, sem autorização, soltou nota de repúdio, dizendo que “a foto degradante feita com um haitiano que tomava banho em condições precárias, emergenciais (…) não respeitou os direitos humanos nem do haitiano fotografado, nem da comunidade haitiana como um todo”. Questão mais do que polêmica.

Ao Pé do Ouvido: temporada nova no Núcleo Experimental - Foto: Leekung Kim/Divulgação

Ao Pé do Ouvido: temporada nova no Núcleo Experimental – Foto: Leekung Kim/Divulgação

Barulhinho bom
Após temporada de sucesso no Sesc Pinheiros, a peça Ao Pé do Ouvido, dirigida por Zé Henrique de Paula, aporta no charmoso Teatro do Núcleo Experimental, na rua Barra Funda, 637. Ficará por lá, dividindo espaço com Urinal, o Musical, até 10 de dezembro. A audiopeça conta a história de seis migrantes nordestinos que tentam a vida em São Paulo. As sessões serão terça, quarta e quinta, 21h. No elenco estão Bruna Thedy, Cy Teixeira, Fábio Redkowicz, Fernanda Maia, Herbert Bianchi, Hugo Picchi, Laerte Késsimos, Rita Batata, Rodrigo Caetano e Herbert Bianchi na montagem do audio. A turma toda.

Tem, mas acabou
A Máquina Tchekhov encerra temporada no Instituto Cultural Capobianco neste fim de semana.

Sartre
Ligia Cortez dirige o texto A Prostituta Respeitosa, do existencialista Jean-Paul Sartre, neste sábado (24), às 12h, no Ciclo de Leituras da Casa do Saber, em São Paulo.

Oscar Filho está na peça Caros Ouvintes, em São Paulo - Foto: Divulgação

Oscar Filho está na peça Caros Ouvintes, em São Paulo – Foto: Divulgação

Em todos os cantos
O ator Oscar Filho, que também é humorista, está feliz da vida. Além de fazer cinema e televisão, ele está em duas peças. Além de seu stand-up Putz Grill, sucesso há seis anos em São Paulo, ele dá vida ao personagem Eurico Mazarelli na peça Caros Ouvintes, dirigida por Otávio Martins. Versátil.

Reclame
Naum Alves de Souza, nosso grande dramaturgo, pede a coluna para avisar que sua peça Suburbano Coração fica em temporada no Teatro Cacilda Becker somente até 1º de novembro. Está esperando o que para ir?

Elisa Fingermann (ao centro, à frente), da Cia. Contraponto, posa com os atores do Grupo Subsuelo, de Buenos Aires: temporada na Argentina - Foto: Divulgação

Elisa Fingermann (ao centro, à frente), da Cia. Contraponto, posa com os atores do Grupo Subsuelo, de Buenos Aires: temporada na Argentina – Foto: Divulgação

Quase portenha
A diretora e atriz Elisa Fingermann, da Cia. Contraponto, passou os últimos dias em Buenos Aires, onde deu um treinamento especial aos atores do Grupo Subsuelo. É a cena portenha conversando com a cena paulistana. Ótima iniciativa.

Riso após a morte
A comédia Sexo dos Anjos já marcou data de estreia no Teatro Itália: será em 10 de novembro. O texto é de Flávio de Souza. O espetáculo fica em cartaz até 1º de dezembro, sempre às terças, às 21h. Estão no palco Kito Junqueira e Eduardo Martini, que também é o diretor. Anotou?

O ator Chico Carvalho em A Tempestade, de Shakespeare, no Tucarena - Foto: João Caldas/Divulgação

O ator Chico Carvalho em A Tempestade, de Shakespeare, no Tucarena – Foto: João Caldas/Divulgação

Boca a boca
A Tempestade, último texto de Shakespeare com direção de Gabriel Villela, está fazendo um sucesso danado no Tucarena. Só até 22 de novembro, tá?

Lauanda Varone e Liza Caetano em Hermanas Son las Tetas, de Juan Manuel Tellategui - Foto: Arô Ribeiro

Lauanda Varone e Liza Caetano em Hermanas Son las Tetas, de Juan Manuel Tellategui: fim da temporada de sucesso na SP Escola de Teatro com direito à comemoração na festa Gambiarra – Foto: Arô Ribeiro

Glória final
A peça Hermanas Son las Tetas, de Juan Manuel Tellategui, também encerra temporada neste fim de semana na SP Escola de Teatro da praça Roosevelt. Lauanda Varone e Liza Caetano vivem as irmãs Angustias e Magdalena em mais três sessões: nesta sexta (23) e sábado (24), às 21h30, e no domingo (25), às 18h. Depois, vão comemorar a temporada de sucesso na Gambiarra, a festa dos artistas. Veja, abaixo, um vídeo sobre a peça:

 

Você pode gostar...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *