O Retrato do Bob: Juan Manuel Tellategui, diálogo hermano

O ator, diretor e dramaturgo Juan Manuel Tellategui - Foto: Bob Sousa

O ator, diretor e dramaturgo Juan Manuel Tellategui – Foto: Bob Sousa

Foto BOB SOUSA
Por MIGUEL ARCANJO PRADO

Juan Manuel Tellategui viu o sucesso da temporada de estreia de seu espetáculo escrito e dirigido no Brasil: Hermanas Son las Tetas, protagonizado por Lauanda Varone e Liza Caetano. Nele, fez conversar sua trajetória de 20 anos nos palcos com um olhar para o teatro contemporâneo brasileiro. Nascido em Zárate, Província de Buenos Aires, começou no Teatro Municipal de sua cidade, sob direção do cubano Luis Enrique Pacheco, com o grupo Teatro Del Son. Em 2000, transferiu-se para a capital, Buenos Aires, onde conquistou lugar na vigorosa cena portenha, trabalhando com diretores como Galo Ontivero, Martín Otero e Miguel Forza de Paul. Convocado pelo cinema argentino, foi protagonista do ousado Puto, de Pablo Oliverio, e ainda ganhou papéis de destaque no autóctono Las Pistas, de Sebastián Lingiardi, e no sangrento Pompeya, de Tamae Garateguy. No Brasil desde 2011, fez a SP Escola de Teatro e terminou a licenciatura em Teatro começada no Instituto Universitário Nacional de Artes de Buenos Aires na Faculdade Paulista de Artes. Fez participação especial no filme brasileiro Divã a Dois e ainda subiu ao palco nos musicais Cabaret e Hairspray, além de ter dado vida ao conterrâneo Carlos Gardel na peça América Vizinha, até dar vida às Hermanas. Porque quando o assunto é intercâmbio cultural, o nosso hermano é ele mesmo um vigoroso diálogo.

*BOB SOUSA é fotógrafo e mestre em Artes Cênicas pela Unesp. Autor do livro Retratos do Teatro, ele publica sua coluna O Retrato do Bob toda segunda-feira.

Você pode gostar...

1 Resultado

  1. Will Nygma disse:

    Então isso explica muito a qualidade do espetáculo Hermanas Son Las Tetas, com um texto e intervenções cênicas tão rigorosas e conflitantes. Ótimo trabalho!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *