Dois ou Um com Erivaldo Oliveira

Erivaldo Oliveira em cena da peça O Ano em Que Vivemos Perigosamente - Foto: Divulgação

Erivaldo Oliveira em cena da peça O Ano em Que Sonhamos Perigosamente – Foto: Renata Pires/Divulgação

Por MIGUEL ARCANJO PRADO

O pernambucano Erivaldo Oliveira curte nova temporada paulistana. Entre 12 e 29 de novembro, se apresenta com seu Grupo Magiluth na peça O Ano em Que Sonhamos Perigosamente, no Sesc Belenzinho. Nos preparativos para a estreia, o ator topou o convite para participar da coluna Dois ou Um. Dez perguntas cheias de possibilidades. Ou não.

Mineradora ou mineiros?
Mineiros… Gerais.

Laico ou religioso?
Já fui religioso, quase padre, e não é legal. Hoje sou Laica, como a cachorra… Melhor ter todas as possibilidades na sua frente e cuidar das pessoas que estão ao lado. Laico!

Karina Buhr ou Anitta?
Karina, porque ela é Selvática.

Cinema ou teatro?
O teatro. Espaço de vida, aumentada. Cinema, uma paixão, pouco explorada. Suspensão entre o ação e o corta e a próxima ação.

Frio ou calor?
Aiiiiii. Com roupa ou sem roupa!?!

Careta ou doidão?
Doidão fica mais bonito; louca, como a Shakira.

Natal ou Carnaval?
Família é tudo. São lindos. Mas o Carnaval somos muitos!!!

Academia da Berlinda ou Luan Santana?
Academia…. com uma cachaça Axé na cabeça e um D***

São Paulo ou Recife?
Recife é incrível. Quando passei por lá sabia que era uma lugar pra ficar! Mas São Paulo e suas possibilidades… Talvez, em breve…

Acabou Chorare ou Cinema Transcendental?
Essas últimas perguntas me deixam em cima do muro… Fico em trânsito entre os dois lados. Acho que eles cabem em lugares separados. E às vezes juntos também!

Leia outras edições da coluna Dois ou Um

Você pode gostar...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *