Phedra D. Córdoba está fora da Satyrianas 2015: saiba o porquê

Diva maior da praça Roosevelt: Phedra D. Córdoba não vai participar da Satyrianas 2015 - Foto: Bob Sousa

Diva maior da praça Roosevelt: Phedra D. Córdoba não vai participar da Satyrianas 2015 – Foto: Bob Sousa

Por MIGUEL ARCANJO PRADO
Fotos BOB SOUSA e ANDRÉ STÉFANO

O Festival Satyrianas 2015, que começou às 18h desta quinta (19) e vai até meia-noite de domingo (22), com 78 horas ininterruptas de arte em São Paulo, tem uma ausência sentida por todos: Phedra D. Córdoba, diva maior da praça Roosevelt, não participa desta edição.

Como o burburinho é grande, o site procurou saber o motivo. Phedra explicou que não brigou com ninguém. E que sua ausência tem motivo nobre.

“Fui convidada para ir a Recife mostrar meu filme”, conta, toda satisfeita.

Phedra embarcou nesta quinta rumo à capital pernambucana, onde é presença nobre no 3º Recifest, o festival de cinema dedicado à diversidade sexual e de gênero de Recife.

O documentário Cuba Libre, de Evaldo Mocarzel, que narra o retorno de Phedra a Havana, onde ela nasceu, vai encerrar o evento, no sábado (21). A sessão está marcada para as 19h30, no Cinema São Luiz. “Vou cantar após a exibição do filme”, adianta Phedra com exclusividade ao site.

Na mesma noite também serão entregue as premiações. “Quando voltar de Recife eu te conto tudo em detalhes”, promete Phedrita.

Phedra D. Córdoba e Evaldo Mocarzel, diretor do documentário sobre ela, Cuba Libre: sessão nobre em Recife - Foto: André Stéfano

Phedra D. Córdoba e Evaldo Mocarzel, diretor do documentário sobre ela, Cuba Libre: sessão nobre em Recife – Foto: André Stéfano

Você pode gostar...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *