Dois ou Um com Lucas Allmeida

O ator Lucas Allmeida - Foto: Natalia Tavares

O ator Lucas Allmeida – Foto: Natalia Tavares

Por MIGUEL ARCANJO PRADO

O ator Lucas Allmeida se divide atualmente entre duas peças baseadas na obra de Marquês de Sade sob direção de Rodolfo García Vázquez com o grupo Satyros: Juliette, aos sábados às 21h, e Os 120 Dias de Sodoma, sexta, 21h, e sábado, 23h59. Ambas no Estação Satyros (praça Roosevelt, 134; R$ 40 inteira e R$ 20 meia). Paulista de Angatuba, ele começou no teatro estudando com Patricia Gifford, da Cia. São Jorge de Variedades. Depois, fez o Estúdio de Treinamento Artístico, o ETA, onde teve aula com Lilian Bites. De lá, aportou no Satyros, onde fez oficinas com Gustavo Ferreira, Henrique Mello e Suzana Muniz. O artista aceitou o convite para participar da coluna Dois ou Um. Dez perguntas cheias de possibilidades. Ou não.

Lacre ou liberdade?
Nem o lacre na latinha eu deixo. Liberdade sempre.

Amor ou ódio?
Amor! Muito amô.

Confusão ou tranquilidade?
Sou um Ariano Deboísta. Mas não tenho sangue vencido. Provoca o quanto quiser…  Só não ofende!

Noite ou dia?
Dia e metade da noite. Dou valor ao meu sono.

Calor ou frio?
Calor.

Sexo verbal não faz meu estilo ou De noite na cama eu fico pensando se você me ama?
Vênus em Peixes. Não tenho muita escolha: De noite na cama eu fico…

Amor bandido ou amor tranquilo?
Sofrer cansa e muita paz dá sono. O bom foi ter o coração roubado sem perceber. É tipo um ‘Amor furto’ (?)

Roosevelt ou Vila Madalena?
Eu nem sei chegar na Vila. A Roosevelt já é parte da minha vida. Mais do que muita coisa e muita gente.

Políticos ou bandidos?
Olha… está complicado.

Somos todos iguais esta noite ou Rapte-me, camaleoa, adapte-me ao seu ne me quitte pas?
Fino menino me inclino pro lado do sim.

Leia outras edições da coluna Dois ou Um

Você pode gostar...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *