Rapidinhas Teatrais

Claudia Ohana testa maquiagem de Uma Luz Cor de Luar - Foto: Divulgação

Claudia Ohana testa maquiagem de Uma Luz Cor de Luar – Foto: Divulgação

Por MIGUEL ARCANJO PRADO

Olha o passarinho!
Claudia Ohana vive um pássaro no musical Uma Luz Cor de Luar, que faz estreia VIP neste sábado (31), às 15h, no Teatro das Artes, em São Paulo. Quem faz a maquiagem da atriz é Anderson Bueno, queridinho nos bastidores dos musicais. O elenco tem ainda Simone Gutierrez.

Dose dupla
A peça 4.000 Dias ou Abra Seus Olhos estreia ao mesmo tempo em São Paulo e em Londres. O texto do premiado dramaturgo inglês Peter Quilter dirigido por Annamaria Dias estreia nesta sexta (29) no Teatro Alfa. Já em Londres, estreou no último 14 de janeiro no Park Theatre.

Juliana Perdigão faz show no Teat(r)o Oficina nesta sexta (29) - Foto: Divulgação

Juliana Perdigão faz show no Teat(r)o Oficina nesta sexta (29) – Foto: Divulgação

Noite do bem
Juliana Perdigão (cantora conterrânea e querida da coluna) e os Kurva fazem show no Teat(r)o Oficina nesta sexta (29), dentro do projeto Das Bandas do Oficina. Ela diz que “é jogar em casa”, já que trabalhou muito tempo com a trupe de Zé Celso.

Bloco Pau Brasil sai neste sábado (30), às 15h, no Oficina - Foto: Jennifer Glass/Divulgação

Bloco Pau Brasil sai neste sábado (30), às 15h, no Oficina – Foto: Jennifer Glass/Divulgação

Antropofagiando na folia
A noite desta sexta (29) ainda tem no Oficina ensaio do bloco Pau Brasil, que sai neste sábado (30), às 15h, em frente ao teatro que fica na rua Jaceguai, 520, no Bixiga, em São Paulo. Vai, gente.

Tony Reis e Sylvia Prado em cena de Navalha na Carne no Oficina - Foto: Jennifer Glass/Fotos do Ofício/Divulgação

Tony Reis e Sylvia Prado em cena de Navalha na Carne no Oficina – Foto: Jennifer Glass/Fotos do Ofício/Divulgação

Sucesso
A procura em janeiro foi tão grande pelo espetáculo Navalha na Carne no Teat(r)o Oficina que o diretor Marcelo Drummond resolveu prorrogar a temporada da obra de Plínio Marcos até 28 de fevereiro. Até o Carnaval, tem sessões de quarta a sexta, 21h. Depois da folia, de quarta a domingo (21h de quarta a sábado e 20h no domingo). Ingressos a R$ 30, quarta, quinta e sexta, e R$ 40, sábado e domingo.

Submundo
Nesta nova versão de Navalha na Carne, Neusa Sueli, a lendária prostituta, é vivida por Sylvia Prado. Já Marcelo Drummond é o cafetão e cafajeste Vado, enquanto Tony Reis dá vida ao gay Veludo. Vá ver.

Maria Carolina Dressler - Foto: Jonatas Marques/Divulgação

Maria Carolina Dressler – Foto: Jonatas Marques/Divulgação

Pasolini
A atriz Maria Carolina Dressler, sempre bela, foi na última sexta (22) à estreia da nova peça do Grupo XIX de Teatro, Teorema 21. Luiz Fernando Marques dirige o texto de Alexandre Dal Farra inspirado no cineasta italiano Pasolini. Veja mais fotos de quem foi.

O Retorno
Após o fim do programa CQC, que ele apresentava, Dan Stulbach volta a encenar a peça Morte Acidental de um Anarquista no dia 18 de fevereiro, no Auditório do Masp, em São Paulo.

A bailarina pernambucana Mariana Muniz está celebrando 40 anos nos palcos - Foto: Divulgação

A bailarina pernambucana Mariana Muniz está celebrando 40 anos nos palcos – Foto: Divulgação

Celebração
Mariana Muniz, que recentemente fez 40 anos de carreira, fará o projeto Trajetórias (s) Mariana  Muniz, entre 11 e 14 de fevereiro no Espaço Ghut e no Teatro Eva Herz. Terá encontro artístico e apresentação do espetáculo de dança D’Existir. Que chique.

Procura-se juventude
O grupo Satyros busca adolescentes entre 15 e 18 anos, com alguma experiência artística, para seu Projeto Vida Bruta. Haverá bolsa de R$ 600 para os selecionados, que precisam ser alunos da rede pública. Informações pelo telefone 11 3258-6345. Anotou?

Elenco de Pessoas Sublimes, a nova peça do Satyros - Foto: André Stefano/Divulgação

Elenco de Pessoas Sublimes, a nova peça do Satyros – Foto: André Stefano/Divulgação

Sublimando
Falando neles, o Satyros marcou para 10 de fevereiro a estreia de sua nova peça: Pessoas Sublimes, com direção de Rodolfo García Vázquez. Já está divulgando até foto do elenco nas redes sociais. Feita por André Stefano, é claro, o fotógrafo oficial da trupe da praça Roosevelt.

Diva
A cubana Phedra D. Córdoba, que havia ficado de fora do elenco de Pessoas Perfeitas, volta ao posto de diva absoluta do Satyros em Pessoas Sublimes. Ainda bem.

Reserva pra mim
Já tem gente se descabelando por uma entrada na estreia de Pessoas Sublimes. Dizem até que terá cambistas na porta do Satyros 1 na primeira sessão. Será?

Xará
Pessoas Sublimes tem um personagem xará deste vosso colunista: Arcanjo, interpretado por Henrique Mello. Olha só a carinha do rapaz na foto abaixo:

Henrique Mello viverá personagem Arcanjo na peça Pessoas Sublimes, nova montagem do grupo Os Satyros - Foto: Divulgação

Henrique Mello viverá personagem Arcanjo na peça Pessoas Sublimes, nova montagem do grupo Os Satyros – Foto: Divulgação

Ausência
Uma falta é sentida no elenco de Pessoas Sublimes: Cléo De Páris.

Mimado
E, depois de causar como Rui em Pessoas Perfeitas, em Pessoas Sublimes o ator Ivam Cabral será Desatino. Olha só que graça, na foto abaixo:

Ivam Cabral é Desatino em Pessoas Sublimes, nova peça do Satyros - Foto: André Stefano/Divulgação

Ivam Cabral é Desatino em Pessoas Sublimes, nova peça do Satyros – Foto: André Stefano/Divulgação

Versátil
Outro nome de peso em Pessoas Sublimes é Helena Ignez, a cineasta.

Casal da praça
Bel Friósi e Felipe Moretti também estão no elenco de Pessoas Sublimes. Eles são namorados na vida real.

Fotos em preto e branco de São Paulo feitas por André Stefano embelezam av. Paulista - Foto: André Stefano/Divulgação

Fotos em preto e branco de São Paulo feitas por André Stefano embelezam av. Paulista – Foto: André Stefano/Divulgação

Olhar para a metrópole
Quem caminha pela av. Paulista vê nos pontos de ônibus belas imagens de São Paulo em preto e branco. As fotos são de ninguém menos do que André Stefano. Poderoso.

Bomba e Brigitte Bardot
Bruna Thedy está na reta final dos ensaios de Com Amor, Brigitte, peça que ela protagoniza como a lendária atriz francesa Brigitte Bardot. Ela confessa que está com frio na barriga por representar uma das mulheres mais belas e famosas do século 20. O texto de Franz Keppler se passa quando a loira visitou o Brasil na década de 1960 e foi até parar na letra de Alegria, Alegria, de Caetano Veloso. A estreia está marcada para 26 de fevereiro, no Pequeno Auditório do Masp, em São Paulo. Fabio Ock dirige a produção da Morente Forte que vai dar o que falar. Olha aí o cartaz:
cartaz-brigitte

Você pode gostar...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *